10 maneiras diferentes de comer mochi no Japão

Mochi

Mochi (もち) é um bolinho feito de arroz glutinoso moído em pasta, muito consumido no Japão. Esse alimento é amplamente consumido durante o Ano Novo, devido a um festival chamado Mochitsuki (餅つき) no qual o mochi é preparado e distribuído para o público. No entanto, o mochi está presente em diversas receitas, tais como doces, sorvetes, sopas e cozidos.

Portanto, os japoneses tem o costume de comer mochi durante o ano todo graças à sua versatilidade que permite ser incorporado em uma gama de receitas tanto doces quanto salgadas. Isobeyaki (磯辺焼き), por exemplo, talvez seja uma das maneiras mais simples de comer mochi, com açúcar e shoyu (molho de soja), envolto em nori (folha de alga).

Outro mochi muito tradicional entre os japoneses é o Anko Mochi (あんこもち), que consiste em bolinho de mochi recheado ou coberto com anko (doce de feijão azuki). Mas existem outros pratos com mochi igualmente populares e deliciosos. Vamos conhecer alguns deles?

1. Dango (団子)

Dango é um bolinho japonês feito de mochiko (farinha de arroz), relacionado ao mochi. É geralmente servido com chá verde. Existe diferentes variedades e são consumidos durante o ano todo. Normalmente são vendidos quatro unidades em um palito. O Hanami dango (花見団子) é uma variedade de três cores encontrada especialmente na primavera.

2. Zoni (雑煮)

Zoni, ou Ozoni, é uma sopa japonesa tradicional servida especialmente no Ano Novo. Mochi é o ingrediente principal dessa sopa que possui muitas variações regionais. Além de mochi, outros ingredientes são usados como legumes e frutos do mar. Segundo dizem, essa sopa tem raízes na cozinha da classe samurai, onde era consumida nos campos de batalha.

3. Daifuku (大福餅)

Mochi

Daifuku mochi, ou simplesmente Daifuku, significa literalmente “grande sorte”. Trata-se de um bolo de mochi recheado geralmente com pasta de feijão vermelho ou branco) e coberto muitas vezes com cobertos com açúcar de confeiteiro ou cacau em pó. O bolinho geralmente é branco, verde claro ou rosa claro. Daifuku é um dos doces mais populares no Japão.

4. Chikara Udon (力うどん)

Chikara Udon é um prato quente que consiste em udon (macarrão japonês feito com farinha de trigo) coberto com mochi e outros ingredientes como alga, Kamaboko (massa de peixe prensada), cebolinha, tempura, carne, entre outros. Chikara udon significa de forma literal “Udon da força” e se caracteriza por ter um sabor forte, marcante e reconfortante.

5. Ichigo Daifuku (いちご大福餅)

Ichigo Daifuku é uma variação de daifuku que se caracteriza por ser recheado com um morango inteiro, anko ou outro creme doce! Uma incrível e deliciosa combinação. Ele foi inventado na década de 1980. Muitas docerias alegam ter inventado o confeito, portanto sua origem exata é incerta. Como ele contém morango, geralmente é feito na primavera.

6. Kinako Mochi (きなこもち)

Kinako Mochi é outro alimento associado com o Ano Novo Japonês. Se caracteriza por bolo de arroz Mochi coberto com kinako (soja torrada em pó frequentemente misturado com açúcar. Muitas vezes referido como “farinha de soja torrada”, Kinako é um ingrediente muito presente em receitas da cozinha japonesa desde o final de período Muromachi (1336-1573).

7. Sakuramochi (桜餅)

Sakuramochi é o nome dado ao mochi aromatizados e coloridos com flores de cerejeira. Existe variações regionais, mas geralmente é recheado com pasta de feijão vermelho (anko) e envolto em uma folha de cerejeira (sakura) em conserva levemente salgada. O contraste entre o salgado da folha e o doce do anko resulta em um sabor interessante e apreciado.

8. Mochi Ice Cream (もちアイス)

Mochi Aisu consiste em pequenas bolas coloridas de mochi recheadas com sorvete de vários sabores tais como baunilha, chocolate, morango, entre outros. O recheio dá o sabor ao confeito, enquanto o mochi adoça e dá textura. O sorvete de mochi foi criado pela empresária e ativista nipo-americana Frances Hashimoto. Trata-se de combinação mais que perfeita!

9. Oshiruko (汁粉)

Oshiruko ou simplesmente Shiruko é uma especialidade da culinária japonesa. Trata-se de uma sopa de sobremesa feita com feijão azuki cozido em água, açúcar e pedaços de mochi. Há um prato semelhante chamado zenzai (ぜんざい) no qual os grãos de feijão azuki são prensados. Segundo algumas fontes, essa receita tem raízes budistas.

10. Kirimochi (切り餅)

Kirimochi ou Kakumochi, como também é chamado, refere-se a blocos ou tabletes de mochi que são amplamente utilizados como ingrediente básico na culinária japonesa. Versátil, o Kirimochi é assado na grelha ou forno e em seguida usado tanto em receitas doces como salgadas, muitas vezes como topping (cobertura) em sopas, cozidos, entre outros

Como deu pra perceber, existe uma infinidade de maneiras de degustar mochi. Esses que foram citados nessa matéria são apenas alguns exemplos. Você já teve oportunidade de experimentar algum deles? Qual o seu preferido? Compartilhe sua opinião nos comentários. 🙂

Quer Aprender Japonês?

1 Comentário

  1. Thiago M

    Quero comer todos principalmente o Hanami dango, Sakuramochi, Mochi Aisu e Shiruko
    Seu portal é o melhor sempre recomendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *