11 serviços estranhos oferecidos no Japão

Serviços estranhos no Japão

O Japão é um país único, não somente referindo-se a sua cultura e seu estilo de vida como em relação à certas peculiaridades que podem ser encontradas por lá. Um exemplo que podemos citar são alguns serviços, pra lá de inusitados, oferecidos na terra do sol nascente.

Resolvemos reunir neste artigo alguns desses serviços onde você só poderá usufruir se estiver no Japão pois provavelmente não devem existir em nenhuma outra parte do mundo.

1. Quarto das lágrimas exclusivo para mulheres

Serviços estranhos no Japão

Um hotel no Japão resolveu oferecer alguns de seus quartos para mulheres que querem chorar copiosamente. Isso mesmo que você leu. O Mitsui Garden Yotsuya Hotel, em Tóquio resolveu disponibilizar 12 “crying room” com uma coleção de histórias em quadrinhos e uma seleção de filmes tristes, dramáticos e terrivelmente românticos exclusivamente para mulheres.

As mulheres dispostas a caírem em lágrimas, terão lencinhos luxuosos para secá-las. Os quartos têm todo o conforto para quem quiser chorar até não poder mais, incluindo tecidos de alta qualidade, cremes, vapores e máscaras para curar os olhos inchados na manhã seguinte.

Segundo o hotel, chorar ajuda as pessoas a combaterem o estresse e com isso as mulheres tem a oportunidade de desabafar e superar todos os problemas emocionais que as afligem. Cada quarto custa 10.000 ienes por noite, o equivalente a pouco mais de 280 reais.

2. Receber um cafuné na hora de dormir

Soine-ya Prime é um serviço oferecido por uma empresa em Tóquio que promete aliviar um pouco a carência dos solteiros de plantão. Nesse serviço, tanto homens como mulheres podem contratar uma pessoa para fazer-lhes companhia durante a noite. Mas atenção! Não se trata de serviços sexuais. No máximo, poderá receber um abraço, um chamego, um cafuné.

Segundo a empresa, a principal fonte de inspiração foi um dorama da tv japonesa chamado Shima Shima, que conta a história de uma mulher que tinha problemas para dormir após se divorciar do marido e acabou abrindo seu próprio Soine-ya dedicado às mulheres solitárias.

Além de “dormir” junto com o (a) cliente, os serviços do namorado (a) de aluguel pode incluir outras atividades como sair para um encontro (desde que seja por conta do cliente), limpar a casa ou preparar uma refeição. Os preços variam de 30.000 ienes (cerca de 850 reais) até 48.000 ienes (cerca de 1360 reais). Será que esse serviço faria sucesso no Brasil?

3. Tomando um café com um bicho de pelúcia

Outra empresa que oferece serviço tanto para pessoas solitárias ou em grupo é o Moomin House Cafe, em Tóquio. Nesta cafeteria, os “forever alone” tem a oportunidade de degustar um café na companhia de formidáveis Moomins brancos de pelúcia, um personagem parecido com um hipopótamo, criados pela ilustradora e escritora finlandesa Tove Jansson.

A cafeteria também serve doces e salgados no formato dos personagens e pães fabricados com centeio finlandês. Na Finlândia, seu país de origem, os Moomins são tão queridos que ganharam até um parque temático, que deve abrir uma unidade no Japão em 2019.

4. Amigos de aluguel

Nem todas as pessoas tem facilidade em fazer amizades, o que pode causar muita frustração. Na verdade, o mundo moderno de hoje tem feito muitas pessoas solitárias e no Japão não é diferente. Por este motivo, muitos serviços são voltados para esse segmento.

A empresa japonesa “Client Partner”, com sede em Tóquio, criou um serviço inédito de aluguel de amigos, o ‘Rental Friends’ onde os solitários podem contratar uma companhia para diversas atividades. As pessoas que costumam solicitar o serviço normalmente tem baixa auto-estima e alguns têm muitos amigos online, mas praticamente nenhum na vida real.

Além da “Client Partner”, outras empresas resolveram investir nessa modalidade de serviço, como a “Real Appeal” que oferece amigos de mentira para tirar fotos com os clientes para postar nas redes sociais. como facebook e instagram. Bom, sai mais barato fazer amigos à moda tradicional, uma vez que duas horas do serviço custam em torno de 3.000 ienes.

5. Salão de limpeza de orelha

No Japão existe um serviço de limpeza de ouvidos chamado Mimikaki (耳かき). É um serviço voltado especialmente para homens, cujo o objetivo é relaxar e dar um trato em seus ouvidos.

O serviço básico de Yamamoto Mimikaki-10 dura 30 minutos e custa ¥ 2.700 (cerca 52 reais). Mas como funciona?

Ao chegar no salão, o cliente é atendido por uma mulher vestida de quimono. Ao som de uma música relaxante, a profissional serve chá e os dois conversam sobre amenidades.

Em seguida, ela coloca a cabeça do cliente em seu colo, cobrindo seu rosto com um lenço e inicia o procedimento de limpeza em seus ouvidos com seu kit “mimikaki”.

Dentre as ferramentas que ela utiliza estão uma espécie de cotonete feito de bambu e uma colherinha de metal ou plástico. Ao final do procedimento, ela massageia o pescoço e ombros do cliente e muitos chegam a dormir neste momento, de tão relaxante que é essa massagem. Por último, o cliente é servido com mais chá, antes de pagar pelo serviço e ir embora.

6. Serviço de lição de casa durante o verão

No Japão, muitas crianças costumam acumular tarefas de casa entre um semestre e outro, especialmente durante o verão e início do outono. Por esta razão, muitos pais contratam o serviço de lição de verão, onde um profissional é chamado para fazer a lição da criança imitando até mesmo uma caligrafia infantil e livrando-as de tirar notas baixas na escola.

O valor cobrado pode variar dependendo da quantidade de tarefas, mas as empresas costumam cobrar entre 500 ienes e 3.000 ienes. Esse tipo de serviço tem crescido entre os estudantes como forma de melhorar suas notas na escola, no entanto, o uso regular desta prática não é bem visto pelos educadores pois interfere negativamente no rendimento do aluno.

7. Aluguel de convidados para casamento

Para os japoneses, casamento é algo sagrado e precisa contar com a presença de muitos amigos e familiares. E quem não tem muitos amigos e parentes? Essas pessoas podem contratar o Serviço de convidados para seu casamento. Uma empresa aluga convidados falsos para animar um pouco mais esse grande dia, com direito até a discurso.

O Office Agents, uma empresa do ramo situada em Tóquio, cobra cerca de 20.000 ienes para “alugar convidados”. Pagando uma taxa a mais de 5.000 a 10.000 ienes, o convidado poderá cantar, dançar e até fazer um discurso de felicitações aos recém-casados.

8. Serviço de “Casamento Solo”

Serviços estranhos no Japão

Muitas mulheres tem dificuldade de encontrar sua cara metade e o mesmo tempo tem o desejo de vivenciar uma cerimônia de casamento. Pensando nisso, surgiu o serviço de “casamento Solo”, onde essas mulheres tem a oportunidade de ter uma dia de noiva, com direito a vestido, maquiagem, buquê, festa e até lua de mel, como qualquer casamento convencional.

E tudo isso, sem estar compromissada com ninguém. Pode parecer estranho, mas muitas mulheres se sentem realizadas com esse serviço. No entanto, o serviço custa bem caro. O pacote mais barato custa cerca de 300.000 ienes (cerca de 8.500 reais).

9. Aluguel de estrangeiro

Como deu pra perceber, há muitos serviços de aluguel de pessoas no Japão e agora você vai conhecer mais um nesta lista. O Gaikokujin Rental, significa literalmente “Aluguel de estrangeiro” e custa entre 2000 a 4500 ienes. Você deve estar pensando: Como assim? Pode parecer estranho, mas a finalidade desse serviço é puramente educacional.

O Gaikokujin Rental oferece uma série de serviços, mas que basicamente é enviar um de seus funcionários estrangeiros com o intuito de ajudar o contratante nipônico a melhorar suas habilidades de conversação em inglês. A empresa afirma que com isso, ajuda na interação entre estrangeiros e japoneses, proporcionando oportunidade de comunicação entre eles.

10. Publicidade em corpos femininos

Uma empresa japonesa chamada Absolute Territory PR oferece um serviço bastante inusitado especialmente para o público feminino. Trata-se de um serviço de publicidade que contrata mulheres para colar adesivos de propaganda em alguma parte do corpo, especialmente na área “Zettai ryōiki” (絶対領域) que em tradução literal significa “Território Absoluto”.

Essa área consiste na parte da coxa que fica à mostra em mulheres que usam minissaia e meias que cobrem o joelho e podem chegar até o meio da coxa. A idade mínima para as meninas se candidatarem a esse bizarro serviço é de 18 anos e curiosamente, muitas garotas se candidatam para ter suas coxas marcadas com os adesivos publicitários.

Para receber o pagamento, basta que a moça caminhe pelas ruas com o adesivo em suas coxas por pelo menos 8 horas por dia e que também divulgue as fotos do adesivo anúncio em suas redes sociais, que obrigatoriamente devem ter no mínimo 20 contatos.

11. Guardando lembranças de ex-namorados (as)

Bem, quase todo mundo já deve ter passado por essa saia justa. Você está em um relacionamento novo e ao mostrar-lhe alguns de seus álbuns antigos, depara-se com fotos de algum ex, que você nem lembrava que estavam ali. Ou então imagine seu novo amor, encontrar aquela caixa bem guardada, mas repleta de lembrancinhas e cartas românticas antigas.

Pensando nas consequências que isso pode trazer a um novo relacionamento, a empresa Terrada Warehouse criou o serviço MinikuLOVE, que promete guardar suas memórias amorosas longe de olhos curiosos. Você só precisa comprar uma caixa de papelão de 250 ienes, com capacidade para 30 itens e pagar uma taxa mensal de 250 ienes para armazena-lo.

12. Serviço de desculpas

Se você estiver envergonhado ou relutante em pedir desculpas à alguém, saiba que no Japão existe um serviço especialmente dedicado a isso. Basta que você contrate o serviço e uma pessoa encarregada da empresa vai pessoalmente pedir desculpas em seu lugar.

O preço do serviço pode variar dependendo do tipo de desculpas. A agência Shazaiya Aiga Pro por exemplo, cobra 25.000 ienes (cerca de 716 reais) para desculpas presenciais e 10.000 ienes (cerca de 286 reais) se for um pedido de desculpas via e-mail ou telefone.

Já outra empresa, a Yokohama Benriya Natchan, oferece um serviço especial para se desculpar com gritos e lágrimas para comover pessoas que estejam muito irritadas. Por outro lado, a empresa Nihon Shazai Daikokao cobra 3.500 ienes (cerca de 100 reais) por hora.

E aí? O que achou desses serviços inusitados encontrados no Japão? Será que algum deles seria útil no Brasil? Deixe sua opinião nos comentários abaixo. 🙂

Quer Aprender Japonês?

2 Comentários

  1. Carlos Abreu

    Muito bom o post com “serviços estranhos”. O do serviço de desculpas eu já conhecia, a Shazai começou com “telegramas teatrais” e emprestam gente para figuração, como torcidas (vimos durante a Copa de 2002) e público para eventos (rsrsrs).

  2. Sibele Rodrigues Tanaka

    Acho td isso triste!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *