17 Atrações Imperdíveis em Nikko que Você Não Pode Perder!

Atrações Imperdíveis em Nikko

Nikko é, sem dúvidas nenhuma, um dos locais que não pode faltar a um roteiro de viagem ao Japão. Muitas de suas atrações estão listadas como patrimônio mundial da UNESCO. Além dos belos santuários, Nikko possui belas paisagens naturais que são de cair o queixo.

Cercado por cachoeiras, lagos e montanhas, Nikko é também um lugar de grande valor histórico. Além disso, Nikko é bastante acessível, distante apenas a uma hora e meia a duas horas de Tóquio. Confira as principais atrações que você não pode perder em Nikko.

1. Santuário Nikko Toshogu

Atrações Imperdíveis em Nikko

Nikko Toshogu (東照宮) é um santuário dedicado a Tokugawa Ieyasu, o fundador e o primeiro xogun do Xogunato Tokugawa. Construído em 1617 por Tokugawa Ieyasu como um lugar de descanso, o santuário possui um longo caminho cercado por cedros que se estende por 37 quilômetros, sendo considerado a avenida arborizada mais longa do mundo.

Uma das coisas que impressiona nesse santuário é a sua decoração, com muitos detalhes religiosos e filosóficos em ouro e prata. Dizem que mais de 15.000 artesãos deixaram sua marca na estrutura. O santuário e suas imediações foram registrados como Patrimônio da Humanidade em 1999 e é uma parada obrigatória para quem visita Nikko.

Endereço: 2301 Sannai, Nikko, Tochigi 321-1431, Japão [Mapa]
Telefone: 288-54-0560
Preço: ¥ 1,300 (santuário), ¥ 1,000 (museu)
Site: toshogu.jp

2. Templo Rinnoji

Rinnoji (輪王寺) é o templo mais importante de Nikko. Foi fundado por Shodo Shonin, o monge budista que introduziu o budismo em Nikko no século VIII. O prédio principal do templo, o Sanbutsudo, abriga grandes estátuas de madeira, lacadas em ouro: Amida, Senju-Kannon (“Kannon com mil braços”) e Bato-Kannon (“Kannon com cabeça de cavalo”).

No lado oposto de Sanbutsudo, encontra-se o Treasure House, uma espécie de museu com exposições budistas e de Tokugawa. No local também encontramos o Shoyoen, um pequeno jardim de estilo japonês com uma lagoa central, muito popular durante o outono (meados de novembro) por causa das muitas árvores de bordo que ficam ao redor da lagoa.

Endereço: 2300 Yamauchi Nikko-shi Tochigi 321-1431, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-54-0531
Preço: ¥ 400 (Sanbutsudo), ¥ 300 (Treasure House e Shoyoen Garden)
Site: rinnoji.or.jp

3. Templo Taiyuin

Taiyuin (大猷院) é o mausoléu do terceiro xogun Tokugawa Iemitsu, neto de Ieyasu. O mausoléu de Iemitsu assemelha-se ao Santuário Toshogu, mas sua arquitetura é um pouco mais modesta que Toshogu, devido ao profundo respeito de Iemitsu por seu avô.

O nome Taiyuin está relacionado ao nome póstumo de Iemitsu. Assim como o Toshogu, Taiyuinbyo combina elementos budistas e xintoístas em sua arquitetura e decoração. Antigamente era comum os santuários possuírem elementos de ambas as religiões. Isso era comum até o período Meiji, quando o xintoísmo e o budismo passaram a ser distintas.

Endereço: 2300 Sannai, Nikko, Tochigi, 321-1431, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-54-1766
Preço: ¥ 550
Site: rinnoji.or.jp

4. Santuário Futarasan-jinja

Santuário Futarasan (二荒山神社) fica ao lado do Toshogu, no centro de Nikko. Foi fundado em 782 por Shodo Shonin, o monge budista que introduziu o budismo em Nikko e que também fundou o Templo Rinnoji nas proximidades. O Santuário Futarasan é dedicado às divindades das três montanhas mais sagradas de Nikko: Monte Nantai, Monte Nyoho e Monte Taro.

O templo possui duas espadas que são Tesouros Nacionais do Japão. Além disso, dezenas de construções e artefatos culturais estão listados como Ativos Culturais Importantes. Mais dois santuários Futarasan estão localizados nas proximidades de Okunikko: um está no topo do monte Nantai e o outro na margem norte do lago Chuzenji, na base da montanha.

Endereço: 2307 Sannai, Nikkō-shi, Tochigi-ken 321-1431, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-54-0535
Preço: ¥ 200
Site: futarasan.jp

5. Shinkyo (Ponte Sagrada)

Shinkyo (神橋), chamada de Ponte Sagrada, cruza o Rio Daiya pertence ao Santuário Futarasan. Há muito tempo, apenas um número limitado de pessoas poderia usar esta ponte para eventos relacionados ao santuário, mas desde 1973 ela foi aberta para o público geral e agora qualquer visitante pode usar essa ponte para sentir a atmosfera sagrada especial.

Essa icônica ponte vermelha, originalmente construída em 1636, é conhecida como uma das três pontes mais bonitas no Japão e é considerada o portão de entrada para a cidade de Nikko. A ponte foi registrada como patrimônio mundial em dezembro de 1999. O Shinkyo mede 28 metros de altura, 7,4 metros de largura e situa-se 10,6 metros acima do Rio Daiya.

Segundo uma lenda, durante uma peregrinação pelo Monte Nantai, Shōdō não conseguiu atravessar o Rio Daiya por causa da forte correnteza. O monge orou e um deus de 3 metros de altura chamado Jinja-Daiou apareceu com duas cobras enroladas em volta de seu braço direito.

Jinja-Daiou transformou as duas cobras em uma ponte parecida com arco-íris coberta com juncos. Assim, Shōdō e seus seguidores puderam atravessar o rio. Por este motivo a ponte também é chamada de Yamasugeno-jabashi (Ponte de Cobra de Junco).

Endereço: Kamihatsuishimachi, Nikko, Tochigi, 321-1401, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-54-0535
Site: shinkyo.net

6. Cataratas Kegon

Kegon no taki (華厳の滝) possui quase 100 metros de altura e é considerada uma das três cachoeiras mais bonitas do Japão, juntamente com a Cachoeira Nachi, em Wakayama e Cachoeira Fukuroda, em Ibaraki. Kegon é a única saída para as águas do lago Chuzenji.

Kegon pode ser visto a partir de uma plataforma de observação gratuita que é facilmente acessível a pé, bem como de uma plataforma paga na base da cachoeira, acessada através de um elevador de 100 metros de profundidade. Através do Observatório Akechidaira, alcançado por um teleférico, também é possível obter uma bela vista de Kegon e do Lago Chuzenji.

Endereço: Chugushi, Nikko, Tochigi, 321-1661, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-55-0030
Preço: ¥ 550 (Plataforma de observação paga)
Site: kegon.jp

7. Templo Chuzenji

Chūzenji (中禅寺) é um templo localizado às margens do lago Chuzenjiko. Originalmente fundado em 784 por Shodo-Shonin, no sopé do Monte Nantai, o templo mais tarde foi transferido para Utaga-hama, um lugar sagrado em frente ao Lago Chuzenji.

O principal objeto de adoração de Chuzenji é uma estátua de Juichimen-senju Kannon Boastsu de seis metros de altura, esculpida em uma árvore. Esta estátua kannon (deusa da misericórdia) com onze faces e mil mãos é designada como propriedade cultural nacional.

Endereço: 2578 Chūgūshi, Nikko, Tochigi 321-1661, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-55-0013
Preço: ¥ 500 (adultos), ¥ 200 (estudantes)
Site: rinnoji.or.jp

8. Nikko Tamozawa Imperial Villa Memorial Park

Tamozawa Imperial Villa (田母沢御用邸) combina as arquiteturas do período Edo e arquitetura moderna do período Meiji. Construída em Tóquio em 1899, a estrutura foi movida para Nikko para ser usado como residência de verão da Família Imperial Japonesa.

Embora ainda impressionante em tamanho e grandeza, Tamozawa Imperial Villa atualmente ocupa apenas um terço da sua área original. A vila foi aberta ao público no ano 2000, após extensas obras de renovação e agora funciona como um museu e um parque memorial.

Endereço: Honcho 8-27, Nikko, 321-1434, Tochigi, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-53-6767
Preço: ¥ 510 (adultos), ¥ 250 (estudantes)
Site: park-tochigi.com

9. Cataratas Ryuzu

Ryūzu no Taki (竜頭ノ滝) é uma das cachoeiras mais bonitas de Nikko, especialmente durante o outono (outubro a novembro). “Ryuzu” significa “cabeça de dragão” em japonês. O nome vem da forma das quedas, que se assemelha à cabeça de um dragão. A cachoeira está localizada no rio Yukawa, pouco antes do rio encontrar-se com o lago Chuzenji.

Há uma loja de souvenires e um café perto da cachoeira, onde você pode apreciar a vista enquanto toma um chá e saboreia quitutes japoneses. Há uma trilha para caminhadas que segue o rio, com cerca de 300 metros, de onde é possível desfrutar de vistas impressionantes.

Endereço: Chugushi, Nikko, Tochigi 321-1661, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-22-1525
Site: nikko-kankou.org

10. Planalto de Senjougahara

Senjougahara (戦場ヶ原) está localizado a uma altitude de 1.400 metros. Mais de 350 espécies de plantas nativas e vários tipos de aves podem ser encontradas aqui. A melhor maneira de desfrutar Senjogahara é através de uma caminhada em um dia ensolarado.

A trilha de caminhada oferece excelentes vistas do pântano e das montanhas circundantes, e leva cerca de 2,5 a 3 horas para ser concluída. O local é particularmente bonito durante o outono, quando a vegetação do pântano sofre mudanças na sua coloração.

Endereço: Chugushi, Nikko, Tochigi 321-1661, Japão [Mapa]
Site: nikko-kankou.org

11. Hangetsuyama

Hangetsuyama (半月山) é uma montanha com cerca de 1.753 metros de altura, situada a sudeste do lago Chuzenji. Trilhas para caminhadas levam até o topo da montanha, onde há um deck de observação com ótimas vistas para o Lago Chuzenji e Monte Nantai.

Leva-se cerca de 30 minutos de escalada até o deck de observação. O caminho até Hangetsuyama, conhecido como Chuzenjiko Skyline, é uma antiga estrada de pedágio que foi especialmente construída para o turismo locas mas que é gratuita hoje em dia.

Endereço: Ashiomachi, Nikkō, Tochigi 321-1511, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-54-2496

12. Nikko Yumoto Onsen

Yumoto (湯元) significa literalmente “origem da água quente”). É uma pequena cidade de águas termais ao lado do lago Yunoko. A cidade, situada dentro do Parque Nacional de Nikko, consiste principalmente em pousadas estilo ryokan que oferecem banhos termais.

Ao norte da cidade, fica Onsenji, um templo budista com um pequeno onsen aberto ao público. A cidade tem o aroma de enxofre, devido às águas termais que borbulham do chão, especialmente ao longo da margem norte do lago Yunoko. Vale a pena conhecer, e se possível, passar uma noite em um ryokan para uma experiência onsen memorável e inesquecível.

Outros onsens muito procurados em Nikko, encontram-se ao longo do rio Kinugawa, tais como Kinugawa-Onsen e Kawaji-Onsen. A maioria dos ryokans onsen permitem que visitantes usem as termas durante o dia, no entanto, passar uma noite em um deles é realmente a melhor maneira de aproveitar a experiência e fazer uma pausa para relaxamento.

Endereço: 2559 Yumoto, Nikko, Tochigi 321-1662, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-62-2351
Preço: ¥ 500 (não obrigatório)
Site: rinnoji.or.jp

13. Nikko Botanical Garden

Nikko Shokubutsuen (日光植物園) é um jardim botânico gerido pela Universidade de Tóquio. Possui 26 hectares em uma área repleta de córregos e lagoas a 647 metros acima do nível do mar. O jardim foi estabelecido em 1902 como um ramo do Koishikawa Botanical Garden, em Tóquio, para se especializar no estudo de plantas alpinas.

Antigamente, era localizado perto do Santuário de Toshogu, mas em 1911 foi transferido para o local atual. Em 1950, a área foi ampliada para incluir parte do jardim Tamozawa Goyotei, uma casa de verão da família real japonesa. Hoje, o jardim contém cerca de 2.200 espécies, incluindo 10 espécies japonesas de Prunus e 80 espécies de rododendros.

Endereço: 1842 Hanaishicho, Nikko, Tochigi, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-54-0206
Preço: ¥ 400
Site: bg.s.u-tokyo.ac.jp

14. Irohazaka

Irohazaka (いろは坂) são duas estradas sinuosas que ligam a parte mais baixa em torno do centro de Nikko, para as elevações mais altas de Oku-Nikko, localizado na parte noroeste de Nikko. Foram construídas, respectivamente, em 1954 e 1965 como uma das primeiras estradas com pedágio do Japão, mas hoje ambas podem ser percorridas gratuitamente.

Contando com 48 curvas fechadas, Irohazaka já apareceu no mangá Initial D e é ainda um importante local da história japonesa, pois os monges budistas atravessavam este caminho para ir em peregrinação até o lago Chuzenji. “Iroha” são as primeiras três das 48 sílabas do antigo alfabeto japonês (que agora é conhecido como “aiueo”), e “zaka” significa “declive”.

Cada curva é nomeada com um dos 48 caracteres desse alfabeto japonês. Apesar das estradas terem sido modernizadas ao longo dos anos, o número de curvas se mantem como antigamente. A estrada de tráfego ascendente leva até o platô de Akechidaira, que oferece um deck de observação com vistas panorâmicas do Irohazaka e do lago Chuzenji e Kegon.

Endereço: Nikko, Tochigi, Japão [Mapa]
Telefone: +81 0288-54-2496 (Associação de Turismo de Nikko)
Site: nikko-kankou.org

15. Kinu Tateiwa Otsuribashi

Kinu Tateiwa Otsuribashi (鬼怒楯岩大吊橋) é uma ponte suspensa de 140 metros de comprimento e 40 metros de altura sobre o rio Kinugawa que oferece belos cenários a sua volta. A ponte conecta Kinugawa Onsen a uma formação rochosa gigante de 70 metros conhecida como Tateiwa (Rocha escudo), devido à sua semelhança com um escudo medieval.

A ponte balança suavemente com a brisa, então se prepare para a adrenalina ao atravessá-la. A melhor época para visita-la é sem dúvidas nenhuma durante o outono que é quando a natureza em Nikko torna-se ainda mais exuberante. A poucos passos de distância da estação Kinugawa Onsen, a ponte é perfeita para os aventureiros de plantão e amantes da natureza.

Endereço: 1436 Kinugawaonsen Ohara, Nikko, Tochigi, 321-2522, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-77-2052
Site: nikko-kankou.org

16. Nikko Edo Wonderland

Nikko Edo Wonderland é um parque temático em Nikko que retrata a vida no tempo dos samurais e ninjas. Aqui, você pode ver diferentes paisagens do período de Edo; comer pratos populares dessa época; vestir-se como um ninja, uma gueixa, um samurai ou como uma pessoa comum da era Edo; e assistir uma série de performances culturais.

Se preferir, ainda pode ter a oportunidade de se inscrever em um treinamento ninja! Toda a experiência no Nikko Edo Wonderland é uma viagem no tempo, repleta de atividades divertidas e agradáveis para pessoas de todas as idades, de crianças a adultos.

Endereço: 470-2 Karakura, Nikko, Tochigi, 321-2524, Japão [Mapa]
Telefone: +81 288-77-1777
Preços: ¥ 4.700 (Adultos), ¥ 2,400 (Crianças de 6 a 12 anos), Gratuito (Crianças com idades 5 e abaixo), ¥ 3.290 (acima de 60 anos)
Site: edowonderland.net

17. Ryuokyo Canyon

Ryuokyo (龍王峡) é um desfiladeiro com cerca de 4 Km criado a partir de uma erupção 22 milhões de anos atrás. É um lugar de beleza cênica repleto de cachoeiras e pântanos, que por sua vez está incluído no Top 100 melhores destinos turísticos do país.

Está localizado entre a estação Ryuokyo e a estação Kawaji-onsen, na linha ferroviária Yagan. Há algumas trilhas ao longo do desfiladeiro. “Ryuokyo” significa “Vale do Rei Dragão”. É comum as pessoas fazerem trilhas por aqui, que podem levar de 1.5 a 3 horas de duração e passam pela ponte Musasabi, que oferece uma vista ainda mais panorâmica do vale.

Endereço: Ryuokyo, Fujiwara Nikko-shi, 321-2521, Tochigi, Japão [Mapa]

Como pudemos perceber, Nikko é um lugar excelente e relaxante para visitar devido às suas belezas naturais e atmosfera histórica. Nikko também oferece vistas diferentes, mas igualmente deslumbrantes, a cada temporada. Enfim, um lugar realmente espetacular!

Quando as pessoas pensam em uma viagem ao Japão, a maioria lembra apenas de visitar Tóquio, Nara e Kyoto. No entanto, você também terá uma experiência agradável em Nikko. E uma vez que você visita Nikko, vai querer visitá-lo novamente com toda certeza!

Fontes: japan-guide.com, jpninfo.com

Quer Aprender Japonês?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *