Amor à vácuo do fotógrafo Kawaguchi Haruhiko

Haruhiko Kawaguchi Amor à Vácuo
Amor à vácuo do fotógrafo Kawaguchi Haruhiko
Quando um casal se une pelo amor, a ideia geralmente é que este amor seja eterno, pelo menos enquanto dure. Com este pensamento, o fotógrafo japonês Haruhiko Kawaguchi (mais conhecido como ‘Hal’), “captura o amor” para eternizar esse momento.

Para conseguir tal efeito, ele realiza um procedimento à vácuo que faz com que os “apaixonados se congelem”. O método é simples: O fotógrafo coloca o casal em um saco plástico e depois suga todo o ar com um aspirador de pó.

Haruhiko Kawaguchi Amor à Vácuo

Dá uma certa angústia só de olhar as fotos, mas não podemos negar que a ideia do fotógrafo é original, pois até agora não vi ninguém com uma ideia inusitada como essa. A série de fotografias que ele intitulou como “Love Flesh” (amor carne), seria porque o resultado tornou os “casais empacotados” semelhantes aos pacotes de carnes à vácuo que compramos nos mercados e açougues.

Haruhiko Kawaguchi Amor à Vácuo
Para manter o amor vivo para sempre, de uma forma bem bizarra, diga-se de passagem, Kawaguchi Haruhiko usou sacos plásticos de 74 x 100 x 150 cm. Depois do ar retirado com a ajuda de um aspirador de pó, os casais tem que esperar entre 10 a 20 segundos, até que o fotógrafo registre a cena surreal.

Haruhiko Kawaguchi Amor à Vácuo
Até o momento, foram fotografados cerca de 80 casais, nas posições mais variadas possíveis, com ou sem roupa. O ensaio para o “Love Flesh” foi realizado em seu próprio apartamento em Tóquio, onde ele tem a ajuda da sua assistente e namorada americana Katherine.

Haruhiko Kawaguchi Amor à Vácuo
Embora, alguns incidentes tenham acontecido, nada de mais grave ocorreu durante a sessão de fotos. Kawaguchi conta que quem deu mais trabalho foram os homens. Cerca de 5 deles se desesperaram pela falta de oxigênio e tentaram rasgar o saco em um surto claustrofóbico, porém nenhum deles conseguiu o feito. Inclusive teve um, que devido ao pânico, chegou a urinar (que situação desagradável).

Haruhiko Kawaguchi Amor à Vácuo
Realmente a sensação de ficar sem oxigênio e a pressão do saco plástico pressionando todo o corpo, orelhas, pálpebras e narinas deve ser angustiante e nem um pouco confortável. Segundo o fotógrafo, a sensação exercida pela falta de ar e pela pressão é a mesma de uma pessoa que está mergulhando rapidamente em águas muito profundas do oceano.

Haruhiko Kawaguchi Amor à Vácuo
Como precaução, o fotógrafo tem sprays de oxigênio, sempre à mão, para casos de emergência e também antes de realizar as fotos, ele passa uma espécie de lubrificante para proteger a pele durante a retirada do ar.

Haruhiko Kawaguchi Amor à Vácuo
Realmente esses casais são corajosos em se submeter a esse teste de “amor eterno”. Só falta agora essa tendência fotográfica virar moda não é mesmo? E você? Teria coragem de se submeter a um teste como esse em nome do amor? Eu com certeza não… Assista ao vídeo de uma sessão de fotos de Kawaguchi Haruhiko.

Quer Aprender Japonês?

6 Comentários

  1. Douglas

    Vish que tenso isso, ri muito quando vi que um se mijou de medo kkkk
    A ideia foi legal, já que as fotos também achei que ficaram boas, humanos embalados a vaco(literalmente).
    Cada dia que passa mais coisas bizarras surgem
    Acho que eu toparia desde que também tivesse a japonesa lógico!
    Abraços!

  2. Japão em Foco

    Oi Douglas!
    kkkk, ri na hora que você disse que toparia, contando que tivesse a “japonesa” também presente… Só você mesmo! Pra você ver que para os japoneses, a criatividade não tem limites não é mesmo? Obrigada por sempre comentar aqui! Abraços!

  3. Maria de Fatima

    Gente muito extravagante.
    Ri muito com a coragem e audácia de todos envolvidos neste trabalho.
    Gosto muito do site de vcs.

  4. Japão em Foco

    Oi Maria de Fátima!
    Que bom que você gostou do artigo!
    Realmente tem que ser muito corajoso para se submeter a esse tipo de ensaio fotográfico. O pior é ver a cara de pânico de alguns homens nas fotografias. Em certas situações, acho que as mulheres são muito mais resistentes rs. Obrigada por comentar e não deixe de passar sempre por aqui para ver as novidades! Abraços!

  5. Pingback: A incrível arte corporal da artista japonesa Choo San | Curiosidades do Japão

  6. Pingback: Nyotaimori - Apresentação do corpo feminino | Curiosidades do Japão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *