As piores queixas dos japoneses em relação ao casamento!

Casamento japonês

Nos últimos anos, os jovens japoneses tem postergado cada vez mais o casamento. Muitos atribuem esse fato aos problemas financeiros, tais como salário baixo ou falta de estabilidade no emprego. Com isso, sentem medo de não conseguir sustentar uma esposa e uma família.

No entanto, muitos admitem que essa decisão pode condena-los à solteirice para sempre pois quanto mais o tempo passa, a intenção de contrair um matrimônio pode ficar cada vez mais distante. Assim como é maior a dificuldade para encontrar a outra “metade da laranja”.

Além da questão de muitos acharem que o salário é insuficiente para sustentar uma família, há outros empecilhos tais como a falta de tempo e a dificuldade de interagir com o sexo oposto. O desinteresse pelo casamento tem causado um grande problema demográfico no Japão, onde há poucos nascimentos em uma das nações com maior expectativa de vida.

Segundo um estudo realizado por uma afiliada da empresa de seguros de saúde Meiji Yasuda Life Insurance, baseada em Tóquio, a proporção de homens japoneses na faixa dos 20 anos que querem se casar despencou dos 67,1% de apenas três anos atrás para 38,7%. Para as mulheres na faixa etária dos 20 anos, a taxa caiu de 82,2% em 2013 para 59%.

O tipo de marido que as japonesas procuram

casal japonês

As mulheres japonesas tradicionalmente procuram no parceiro perfeito os “três altos” – um homem alto, com alto desempenho acadêmico e renda elevada, mas a pesquisa sugere que atualmente a renda tornou-se a principal preocupação delas.

Mais de metade das mulheres solteiras quer que seus cônjuges ganhem pelo menos quatro milhões de ienes por ano, segundo o levantamento. Ao mesmo tempo, apenas 15,2% dos homens solteiros na faixa dos 20 ganham quatro milhões de ienes ou mais. Essa diferença parece ser uma das razões para que mais pessoas não se casem ou se casem tarde.

Por outro lado, muitas mulheres tem investido em suas carreiras profissionais e com isso tem colocado o desejo de constituir uma família em segundo plano. Além disso, as novas gerações tem usufruído de uma certa liberdade social que não tinham antes e em consequência disso, sentem-se mais à vontade para escolher se querem casar-se jovens ou tardiamente.

As queixas dos homens em relação ao casamento

Reclamações dos homens em relação ao casamento no Japão

Como vimos, o fator financeiro no Japão tem um peso muito grande, para ambos os sexos, na hora de decidir contrair um matrimônio.

Mas os homens com certeza, se sentem mais oprimidos em relação a isso, uma vez que culturalmente fica ao seu encargo o sustento da família.

Aliás, as despesas podem começar muito antes do casamento, o que para muitos homens japoneses pode ser desestimulante até para iniciar um simples relacionamento com o sexo oposto.

Confira abaixo, as principais queixas dos homens antes e depois do casamento.

Homens antes do casamento

∎ Espera-se que o homem seja o primeiro a se declarar e propor namoro.
∎ Espera-se que o homem pague as contas de um almoço ou jantar à dois.
∎ Espera-se que o homem dê presentes caros ou em uma frequência maior.
∎ Espera-se que o homem tenha a iniciativa de ligar ou enviar mensagens para a namorada.
∎ Espera-se que o homem sempre decida o local para um encontro ou jantar, etc.
∎ As mulheres podem julga-los com base em sua renda e aparência, mas o contrário não.
∎ Espera-se que o homem conheça os pais da sua namorada primeiro.
∎ O homem deve estar preparado para as críticas que receber dos futuros sogros.
∎ Espera-se que a família do noivo ofereça uma quantia maior de dinheiro como presente de noivado ou casamento.
∎ Espera-se que o homem pague a cerimônia de casamento e a recepção.
∎ Espera-se que o homem pague os anéis de noivado e outras jóias.

Homens após casamento

∎ Espera-se que o marido pague a lua de mel.
∎ Espera-se que o marido compre uma casa com seu próprio dinheiro e continue pagando as prestações por longas e longas décadas.
∎ Mesmo que a esposa seja uma dona de casa, o marido precisa ajudar no trabalho doméstico e na educação dos filhos.
∎ Em caso de divórcio, o homem perde a custódia dos filhos e deve pagar pensão alimentícia.
∎ Praticamente todo o seu salário é consumido por despesas da casa e da família, sem contar as compras extravagantes realizadas por sua esposa.
∎ Todo o seu salário deve ser entregue para esposa, contentando-se em receber apenas uma pequena mesada, estipulada por ela.
∎ A esposa tem o direito de fazer uma poupança secreta a partir do seu suado salário.
∎ Os maridos vivem toda a vida sob o mantra “O que é dele é dela, e o que é dela é dela”.

casais japoneses

Como sabemos, no Japão a desigualdade de gênero é grande. Talvez esse seja um dos motivos para as mulheres criarem tantas expectativas em relação aos homens, esperando que parta deles a iniciativa para iniciar o relacionamento e também para pagar as contas do casal.

No entanto, muitos deles considera essa expectativa das mulheres uma disparidade e muito injusta. Há quem diga que isso não pode ser considerado um casamento e sim, um regime de escravidão (risos). O que achou dessas queixas por parte dos homens japoneses? Acha que tem fundamento? Ou considera um exagero? Deixe seu comentário sobre o assunto

Fontes: terra.com.br, japantoday.com

Quer Aprender Japonês?

12 Comentários

  1. T. Ysukimoto

    Querem salário maior do que R$ 9.000,00 mensal; total auxilio para tudo; benefícios de polítocos brasileiros e ainda por cima o que não vi a cima, sua esposa jamais será muito intima com você, ou seja, toda vez que for pegar na mão por exemplo, tu tem que pedir permissão. Rapaz, casar com estrangeiras está ficando mais rentável.

  2. Bruna

    adorei

  3. Ivan

    Eu sou um solteiro convicto hahahaha…
    Os japoneses parecem mais que estão fazendo um negocio, com o objetivo de lucrar com o casamento!
    Uma vez ouvi alguém dizer que casamento é a maneira mais cara de se conseguir sexo, portanto, se sexo é 90% o que vc procura em um relacionamento, é melhor ficar solteiro mesmo!
    Se vc procura uma companheira “para todas as horas” descarte as bonitinhas interesseiras que pularão fora na primeira dificuldade, escolha as que demonstrem inteligência, que saibam se expressar e dizer o que querem sem rodeios!
    É claro vale para as mulheres tb…

  4. Denise

    As japonesas querem viver bem e exige do seu companheiro quê deem isso a elas. Já ouvi dizer que elas não se importam se os maridos as traem, contando que dê o salário todo mês! Verdade ou não os casais vivem num casamento de aparência e não por amor.

  5. Daniel Romero

    Resumindo: Para o Homem Japones Casar-se com uma Japonesa é o Pior de todos os Negocios Financeiros que ele pode fazer em toda a vida dele! ( Digo isso se essa lista for veridica ) Ele pode ter 10x mais patrimonios durante a vida se continuar solteiro e trabalhando. Esse tipo de comportamentos e exigencias de ambos os lados acabam afastando um ao outro e criando um indice de Baixa Natalidade.
    Porem, se os Japoneses nao mudarem seu conceito ( principalmente as mulheres com suas exigencias ) os Homens vao acabar no final com um monte de Patrimonio que nao terao para quem deixar, e as mulheres por sua vez vao envelhecer todas solteiras e ficar chupando dedo pelo resto da vida.

  6. luiz

    penso eu que as mulheres no estão sendo inteligente mas sim malandras.
    do outro lado o homem deve por sua vez busca conhecer mulheres estrangeiras
    e antes de se casar ver quais as intenções delas. sendo assim as mulheres japonesas
    que alias no são todas irão sucumbir nas suas vaidades vivendo para sempre sozinhas
    sem ter uma familia para desfrutar os bons e maus momentos coisa que faz parte da pro
    pria vida.
    eu me casei casai uma uma japonesa, ela é maravilhosa e no age desta forma, ela é muito
    simples , inteligente, educada e sabe como fazer render todo o meu dinheiro.
    ela nunca me pediu presentes que alias eu sempre digo a ela o que gostaria de ganhar
    mas ela nunca diz e reclama quando eu compro alguma coisa cara para ela.
    creio que eu tive sorte em ter encontrado esta mulher pois ela me deu uma linda filha que
    hoje tem 5 anos.
    é isto amigos e amigas do mundo inteiro saiba escolher sua esposa ou esposo certo e
    construa sua felicidade juntos com sabedoria.
    abraços a todos.
    luiz

  7. MARCUS VINICIUS COSTA CACIQUINHO

    XIIIIIIIIIIII ENTAO MINHA QUEDA POR JAPONESA VAI EMBORA.

    PELO MENOS JAPONESA NO BRASIL É BEM DIFERENTE…. COMIGO FOI.
    CUIDOU DE MIM DE VERDADE E EU MORAVA EM ALPHAVILLE E ELA EM SÃO CAETANO. UNS 50KM DELA. ELA IA TRABALHAR EM SÃO PAULO E IA PARA MINHA CASA SEM CARRO. TINHA MUITA COISA BOA MESMO INCLUSIVE DA FAMILIA EM OSASCO AOS DOMINGOS.

    INDEPENDENTE DE ONDE EU MORA, ERA VERDADEIRO POIS MUITO DEPOIS DE TER TERMINADO..E EU ESTAVA ATE SEM TRABALHO….ELA FOI ME BUSCAR E FEZ UM DIA DE ANIVERSARIO COM TUDO POR CONTA DELA…DESDE BOM ALMOÇO…..PASSEIO E ATE TEATRO NO SESC VILA MARIANA….
    ESTA JAPA ERA DE VERDADE…DEIXOU TODAS AS BRASILEIRAS QUE CONHECI NO CHINELO.
    POR MARCUS CACIQUINHO

  8. MARCUS VINICIUS COSTA CACIQUINHO

    OK MUITO BOM CONHECER E TAMBEM FALAR A VERDADE SEM GENERALIZAR

  9. Irlane

    Gostaria de ter acesso a reportagem sobre divórcio entre japoneses, índice taxas anuais e, atualizadas 2017. Comportamento social diante de tal situação.

  10. KANKAKU

    os japas tão virando mgtow XD

  11. Plácida Ribeiro

    Ñ sou japonesa mas amante incondicional da Cultura Japonesa(acho q nasci no pais errado). Desde adolescente sonhava casar com um oriental, ñ consegui mas como sou separada, tenho esperança de realizar agora. Infelizmente o ser humano hj está focado em bens materiais, esquecendo dos sentimentos verdadeiros e de aproveitar o q Deus e a vida nos oferece.

  12. Vitorio Cleiton

    Com essa matéria tem como perceber, por que esta caindo tanto a taxa de natalidade,o Homem japonês precisa praticamente assinar um contrato de casamento que permite as mulheres pegar todo o seu dinheiro,claro que deve haver exceções ,mas se eu fosse Japonês iria preferir ficar solteiro,eu sei que isso e algo cultural, mas se as mulheres Japonesas atuais não querem acabar morrendo solteiras, precisam ficar menos exigentes e começar a tomar iniciativa nos relacionamentos também. x.x

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *