Conheça 10 Ilhas Artificiais no Japão

📩 Clique aqui para receber nossos artigos por email!

Conheça as 16 Ilhas Artificiais do Japão

Que tal conhecer 10 Ilhas Artificiais japonesas?

Como todos sabem, o Japão é um país relativamente pequeno. Sua área geográfica é um pouco maior que o estado do Mato Grosso do Sul. Por este motivo, existe um velho ditado que cabe bem ao Japão: “A necessidade é a mãe da invenção”. E os japoneses sabem muito bem usar a criatividade e a tecnologia para driblar o problema relacionado à falta de espaço.

Um exemplo que podemos citar são as 16 ilhas artificiais construídas no país. Mas pode ficar tranquilo, pois estas ilhas nada tem a ver com as extravagantes ilhas artificiais de Dubai. No Japão, as ilhas foram construídas para serem funcionais e auxiliar os moradores que vivem nos locais. Que tal conhecer algumas das principais ilhas artificiais no Japão?

1.お台場 Odaiba, Tokyo

Odaiba Odaiba (yakei-kabegami.com)

Odaiba foi construída no final do Período Edo (1603-1868) para proteger Tóquio contra possíveis ataques estrangeiros. Daí o nome Daiba, que em japonês significa Forte. Originalmente era formada por pequenas ilhas, porém um século depois, as pequenas ilhas foram agrupadas em ilhas maiores por aterros enormes e gradativamente o local tornou-se um grande centro recreativo e comercial.

Em Odaiba podemos encontrar alguns dos pontos turísticos mais emblemáticos de Tóquio como o edifício da Fuji TV, Telecom Center, Tokyo Big Sight, uma réplica em miniatura da Estátua da Liberdade, um robô gigante do Gundam, além de uma grande variedade de lojas, restaurantes, cafeterias, etc.

2. 東京ディズニーランド Tokyo Disneyland, Chiba

Tokyo Disney Resort (kicentral.com)Tokyo Disney Resort (kicentral.com)

Tokyo Disney Resort é um parque temático famoso no Japão e está situado em uma ilha artificial chamada Shin-Urayasu, em Urayasu, Chiba. A ilha tem 465 mil metros quadrados e este é o primeiro parque da Disney construído fora dos Estados Unidos, inaugurado no ano de 1983.

O resort é composto por 7 áreas temáticas, além de cinco hotéis. A Tokyo Disneyland e seu parque vizinho, o Tokyo DisneySea, são os únicos parques da Disney que não são propriedade da The Walt Disney Company (antes Walt Disney Productions) e é o terceiro parque mais visitado do mundo atrás apenas de seus parques estadunidenses irmãos, Magic Kingdom e Disneylândia.

3 – ポートアイランド Port Island, Kobe

Porto de Kobe (drive.nissan.co.jp)Porto de Kobe (drive.nissan.co.jp)

Port Island é uma ilha artificial localizada em Chuo-ku, Kobe, Hyogo. Foi construída entre 1966 e 1981 e abriga um heliporto, vários hotéis, um grande centro de convenções e vários museus como o Tasaki Pearl Company, o Kobe Science Museum e o UCC Cafe Museum. A terceira maior loja IKEA no Japão está instalada lá, assim como vários parques. A ilha possui 5,2 km² e cerca de 15 mil residentes.

Lá também se encontra a Universidade Kobe Gakuin University e Kobe Shinwa Women’s University, esta última frequentada apenas por mulheres. Em 1971, foi construído um aeroporto adjacente à ilha com o objetivo de abrandar o intenso congestionamento no Aeroporto Internacional de Osaka. Tem ainda o Kobe Port-Liner, um trem circular sem condutor que contorna toda a ilha.

4. 出島 Dejima, Nagasaki

Dejima (tokai-base.seesaa.net)Dejima (tokai-base.seesaa.net)

Dejima, localizado em Nagasaki, foi uma das primeiras ilhas artificiais do Japão. Foi construída por volta de 1636 por um motivo bastante curioso. Naquela época, o Japão era um país totalmente fechado ao mundo ocidental e com a chegada dos europeus ao país, iniciou-se o comércio entre eles.

Mas para restringir o contato dos estrangeiros com o país, que ainda vivia a era do Xogunato, resolveram criar a ilha para que ali fosse o local de comércio entre japoneses e europeus e controlar as atividades religiosas dos missionários portugueses que estavam de passagem pelo país. Vale lembrar que a ilha foi um grande feito, já que naquela época não havia a tecnologia de hoje em dia.

Alguns anos mais tarde, os portugueses foram expulsos do Japão e Dejima passou a ser o centro de comércio entre japoneses e holandeses, únicos ocidentais com permissão de entrar no país em um período de 200 anos. Muitas estruturas históricas de Dejima permanecem intactas tais como casa antigas, armazéns, muros, etc. Vale a pena fazer uma imersão cultural, visitando este local.

5. 関西国際空港 Aeroporto de Kansai KIX, Osaka

Aeroporto Internacional de Kansai (www.city.izumisano.lg.jp)Aeroporto Internacional de Kansai (www.city.izumisano.lg.jp)

O Aeroporto Internacional de Kansai (KIX) é considerada uma das maiores maravilhas da engenharia do século XX, construída no final dos anos 80. A construção foi motivada pelo desejo de Osaka em ter um aeroporto internacional de grande porte, o que era inviabilizado pela falta de espaço.

Depois de toneladas e mais toneladas de aterro e um gasto estimado em 20 bilhões de dólares, o Aeroporto de Kansai foi inaugurado em 1994 e está localizado em uma ilha artificial a cerca de 40 quilômetros a sul do centro de Osaka. Apesar da complexidade da sua construção, o Aeroporto tem se mantido bem, resistindo inclusive aos desastres naturais tais como o terremoto de Hanshin, em 1995.

6. 夢の島 Yumenoshima, Tokyo

Yumenoshima (tkfuruse.at.webry.info)Yumenoshima (tkfuruse.at.webry.info)

Yumenoshima, literalmente significa “Dream Island” ou “Ilha dos Sonhos” no nosso bom português. Está localizado no distrito de Koto, em Tokyo, consistindo de uma ilha artificial construído com resíduos de aterro. A ilha foi finalizada em 1938 com o objetivo de se tornar um aeroporto tal como em Haneda. mas a ideia foi abandonada devido à falta de recursos durante a Segunda Guerra Mundial.

Uma praia pública foi criada na ilha em 1947, momento em que o nome “Yumenoshima” foi adotado. A praia fechada em 1950, e em 1957 a ilha foi utilizada para o depósito de lixo. Hoje a ilha se tornou em um ponto turístico, abrigando o Yumenoshima Park, um parque público com uma série de atrações, incluindo um jardim botânico tropical, área para churrasco, um coliseu e uma marina.

Lá também se encontra um complexo desportivo, incluindo um estádio de atletismo e Baseball. Por esta razão, Yumenoshima será um dos locais escolhidos para ser palco para quatro eventos nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020: basquetebol, badminton, tiro com arco e corrida equestre.

7. アイランドシティ Island City, Fukuoka

Island city, Fukuoka (wikipedia.org)Island city, Fukuoka (wikipedia.org)

Island City é uma ilha artificial de 401 hectares situada na baía de Hakata, em Fukuoka. Com vários condomínios residenciais, Island City é um lugar muito procurado por famílias com filhos pequenos. A construção começou em 1994 e foram gastos mais de ¥ 57,1 bilhões no projeto.

Cerca de 6.500 pessoas vivem nessa ilha e o objetivo é que 18.000 pessoas morem lá, mas as vendas de apartamentos caíram muito nos últimos anos, o que causou uma certa desvalorização nos preços dos imóveis. Até março de 2011, apenas 20% da área total haviam sido vendidos.

8. 六甲アイランド Rokko Island, Kobe

Rokko IslandRokko Island (blog.goo.ne.jp)

Ilha Rokko está localizada em Higashinada-ku, região sudeste do Porto de Kobe. A ilha foi construída a partir de terra recuperada entre 1973 e 1992 e possui 3,4 km por 2 km, abrangendo uma área de 5,80 km². A ilha foi uma das áreas mais atingidas em Kobe durante o Grande Terremoto de Hanshin.

A ilha Rokko ilha contém hotéis, mercados, um parque aquático, edifícios de apartamentos, hotéis, o Kobe Fashion Museum, duas escolas internacionais, Universidade Internacional de Kobe, instalações esportivas e portuárias, pátios de contêineres e cais. Há uma linha de trem monotrilho, o Rokko Island Liner que percorre toda a ilha e para em vários pontos ao longo do caminho.

9. 海ほたる Umihotaru Island, Chiba

Umihotaru Island Umihotaru Island (topicks.jp)

Umihotaru é uma pequena ilha artificial em Chiba composta por restaurantes, lojas e áreas de lazer. A ilha é acessível pela ponte Tokyo Bay Aqua-line que conecta a cidade de Kawasaki, em Kanagawa com a cidade de Kisarazu em Chiba. Essa ponte com 14 km de comprimento (onde inclui um túnel com 4,4 km) faz parte da Estrada Nacional 409 e foi inaugurada no ano de 1997.

Além de ser o quarto túnel subaquático mais longo do mundo, o Tokyo Bay Aqua-line oferece uma vista espetacular sobre toda a área da Baía de Tóquio durante a sua travessia. É necessário pagar pedágio, mas vale a pena conhecer esta pequena e moderna ilha artificial no meio do mar.

10. 中部国際空港 Aeroporto internacional de Chubu

Aeroporto Internacional de Chubu (www.pref.aichi.jp)Aeroporto Internacional de Chubu (www.pref.aichi.jp)

O Aeroporto internacional de Chubu está localizado na ilha artificial de Ise Bay, Tokoname, 35 km ao sul de Nagoya. A ilha foi construída exclusivamente para este fim. Este foi o segundo aeroporto japonês construído em uma ilha artificial, sendo o 8º mais movimentado do Japão.

A ilha artificial foi moldada com a forma da letra “D”, de modo que as correntes marítimas fluíssem livremente. Atualmente existem cinco aeroportos situados no mar no Japão, o aeroporto de Chubu está entre eles, ao lado dos aeroportos de Nagasaki, Kansai, Kobe e Kitakyushu.

Quer Aprender Japonês?

1 Comentário

  1. Coloca o Brasil pra fazer uma ilha que eu aposto que não demoraria menos de 30 anos, e afundaria em 1 mês kkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *