Ekiben, as Caixas de Obento Vendidas nas Estações de Trem

Ekiben, as caixas de obento vendidas nas estações de trem

Acredite ou não, os bentos (marmitas japonesas) foram desenvolvidas pelos Samurai por volta do século 15. Foi uma forma encontrada de transportar alimentos durante as longas viagens que faziam. Com o tempo, as caixas de bento sofreram modificações e ganharam uma grande variedade de tipos e sabores.

O Ekiben (駅弁), por exemplo, são caixas de bento vendidas nas estações de trem de todo o Japão, muito popular entre os japoneses. Tão popular, que tem até pessoas que descem em alguma estação em particular somente para experimentar a especialidade local.

O nome deriva de eki (estação) e bento (marmita). Caracteriza-se por incluir várias porções de alimentos, cuidadosamente embaladas e muito bem organizadas. Barato, delicioso e abundante, o ekiben deve ser degustado ao mesmo tempo em que se admira o cenário a partir do assento do trem.

O Ekiben pode ser comprado em lojas ou bancas nas estações, nas plataformas e em alguns casos, dentro dos próprios vagões de trem. O recipiente pode ser de plástico, de madeira ou de cerâmica e acompanha hashi descartável. Muitas estações de trem no Japão ficaram famosas por causa do seu ekiben.

O fenômeno Ekiben

Cartaz de propaganda de Ekiben (blog.livedoor.jp)

Durante o período Edo (1603-1868), as pessoas consideravam o bento como um acompanhamento essencial em passeios ao teatro ou ao passeios ao ar livre. O ekiben surgiu durante o período Meiji (1868-1912), com o início do sistema ferroviário no Japão. O primeiro ekiben foi criado em 1885, na estação de Utsunomiya (Tochigi).

Com o tempo, o ekiben passou a se popularizar em todo o país, passando a fazer parte dos costumes dos viajantes de trens no Japão. Como sabemos, os japoneses são grandes amantes de viagens culturais e o ekiben era a oportunidade de apreciar a comida local e regional por um preço acessível.

O ápice do Ekiben foi durante as décadas 70 e 80, quando viagens de trem eram praticamente a única opção para longas distâncias, já que viajar de avião era muito caro. Por essa razão, os viajantes compravam ekiben a fim de se alimentarem durante a longa jornada de horas até seus destinos.

Atualmente, a tradição do ekiben continua popular. Podem ser encontradas em quase todas as estações do Japão, especialmente em aquelas com grande fluxo de pessoas ou próximas a locais com pontos turísticos badalados. Na TV japonesa também é comum passar reportagens sobre ekiben.

Também não é incomum os chamados Ekiben Otakus, pessoas fanáticas por bentos de estação, que viajam para várias partes do Japão com o principal objetivo de experimentar os sabores locais. Muitas dessas pessoas mantem blogs e postam fotos com frequência de suas novas aquisições gastronômicas. Há também sites especializados nesse tipo de bento, como o Ekibento.jp.

Tipos de Ekiben

Exemplos de Ekiben disponíveis nas estações (uny.co.jp)

A maioria das estações oferece modelos comuns de ekiben, com arroz, omelete, peixe grelhado, kamaboko, frango teriyaki, vegetais, tsukemono, etc. Outros, oferecem ekiben exóticos ou sazonais. Um muito famoso é o Ikameshi bento (lula recheado com arroz) disponível na Estação Mori em Hokkaido.

Ikameshi bento (tokyopic.com)

Outros ekiben se tornaram famosos por suas caixas ekiben. Estes vêm em recipientes que podem ser mantidos como lembrança de sua jornada. Veja por exemplo, o Hello Kitty Daruma Bento, da estação de Takasaki, província de Gunma. Além de parecer saboroso, a embalagem é uma fofura. 🙂

Hello Kitty Daruma Bento (ekiben.jp)

O preço médio de um ekiben varia entre 700 e 1500 ienes. São produzidos com alimentos locais frescos e é consumido geralmente frio, embora seja possível aquecer o prato em menos de um minuto, caso o cliente deseje, já que forno microondas estão disponíveis na maioria dos pontos de venda.

Quais os melhores ekiben do Japão?

Em maio de 2011, o site Gurunavi realizou uma pesquisa sobre os ekibens mais populares do Japão. Confira abaixo, os cinco Ekiben mais populares:

1. Gyuniku Bento Gozen (Estação de Matsusaka, Mie)

Gyuniku Bento Gozen (ekiben.jp)

O campeão foi Gyuniku Bento Gozen, vendido na Estação Matsusaka, em Mie. A qualidade da carne Matsusaka é conhecida não só no Japão como em outros países do mundo, atraindo muitos visitantes estrangeiros.

2. Toge no Kamameshi (Estação Yokokawa, Gunma)

Toge no Kamameshi (blog.livedor.jp)

Em segundo lugar está o Toge no Kamameshi bento, vendido desde 1958 nas estações Yokokawa, Annaka e Haruna, em Gunma. Caracteriza-se por arroz cozido em uma mistura de caldo de algas e ingredientes secretos provenientes das montanhas de Gunma. Além de quente e saborosa, a refeição ainda vem em um lindo e popular recipiente de cerâmica Mashiko.

3. Anago Meshi (Estação Miyajimaguchi, Hiroshima)

Anago Meshi (nippon.com)Anago Meshi (nippon.com)

Anago Meshi é vendido desde 1901 e pode ser encontrado nas duas estações de trem que servem como porta de entrada para a ilha de Miyajima, listado como Patrimônio da Unesco. Caracteriza-se por uma caixa de madeira com arroz, enguias e um molho especial utilizado desde a era Meiji (1868-1912).

4. Kanizushi (Estação de Kinosaki Onsen Toyooka, Hyogo)

Kanizushi ekiben (bento-boxes.info)

Kanizushi caracteriza-se por chirashi-zushi, que consiste em arroz de sushi coberto por uma variedade de peixes e frutos do mar, especialmente kani (caranguejo). Este bento tem sido popular em Kinosaki Onsen desde o período Heian (794-1185) e ainda hoje é um grande chamariz para os visitantes.

5. Atsu-atsu Hotate Misoyaki (Estação de Aomori, Aomori)

Atsu-atsu Hotate Misoyaki (nippon.com)Atsu-atsu Hotate Misoyaki (nippon.com)

Atsu-atsu Hotate Misoyaki é um prato tradicional da província de Aomori. O prato caracteriza-se por um cozido de vieiras (um tipo de molusco) com missô (pasta de soja) e coberto com um ovo cru batido. A região é conhecida por causa de indústrias que produzem alimentos com base em vieiras.

Como deu pra perceber, o Ekiben é um grande atrativo para os turistas de todo o Japão. Existem milhares deles para todos os gostos. Para quem faz longas viagens de trem, independente de ser trem comum, expresso ou shinkansen, o ekiben é um item essencial para que sua experiência seja completa.

Portanto, na próxima vez que resolver fazer uma viagem de trem, considere a possibilidade de obter essa experiência gastronômica. É uma ótima oportunidade para conhecer um pouco sobre a culinária local.

Referências: Japan Talk, Japan Experience, Nippon

Quer Aprender Japonês?

1 Comentário

  1. Carlos Abreu

    Viajando pelo Japão, eu nunca entendi muito bem a popularidade dos bentos. Em tempos antigos, explica-se que alguém precisasse levar ou ter a disposição, uma comida pronta, já que se viajava por muitas horas e nem sempre se encontrava no local de destino, o alimento. Mas atualmente, com o a comida industrializada, não faz muito sentido se preocupar com isso. Vejo mais gente idosa, do que jovens, comprando bento nas estações. Talvez seja um costume (e portanto, sem lógica) passado de geração para geração, e sendo assim, vai chegar um momento que este tipo de bento entrará em declínio. Mesmo no caso do bento escolar, que mãe hoje em dia tem tempo pra isso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *