Festival do Usokae ( うそ替え ) – A cerimônia contra mentiras

Usokae shinji

Usokae – O Festival contra mentiras

O dia da mentira no Brasil é dia 1 de abril como todos sabem e nesse dia é normal pregarmos peça nos outros com algumas mentirinhas. No Japão também tem o dia da mentira, mas o ritual é um pouco diferente com o do Brasil. Trata-se do Usokae Shinji (鷽替え), um festival muito interessante que ocorre anualmente nos dias 24 e 25 de janeiro.

Ao invés de pregar peças nos outros, o Festival do Usokae faz exatamente o contrário, protege as pessoas contra as mentiras e falsidades. A cerimônia ocorre em diversos santuários do Japão, sendo que os locais mais conhecidos são Santuário Kameido Tenjin e Yushima Tenjin, em Tóquio e Dazaifu Tenmangu, em Fukuoka. Neste último a cerimônia ocorre no dia 7.

No dia da cerimônia, as pessoas se reúnem em alguns dos diversos santuários no Japão e trocam amuletos entre si, como forma de trocar as “mentiras” ditas no ano anterior, por “verdades”. O amuleto também as protege contra as mentiras no novo ano que se inicia.

Curió – Amuleto para espantar mentiras

O pássaro Don-Fafe é um pássaro da família do curió e seu nome no Japão é ” Uso “, o mesmo termo usado para a palavra ” mentira”. Esse nome foi atribuído ao pássaro por causa do som que ele emite, que parece com a palavra ” Uso ” (se lê ussô). Devido a essa coincidência, o pássaro passou a ser considerado um amuleto contra mentiras e falsidades.

Também dizem que o pássaro é mensageiro de Tenjinsama que representa Sugawara no Michizane (845-903) e é considerado um pássaro que traz sorte. Os amuletos são feitos de diferentes formas, em madeira, papel machê. Cada pessoa cria o amuleto e no dia da cerimônia, eles trocam entre elas, como forma de espantar as mentiras.

Ao passarem os curió artesanais um para o outro, as pessoas reunidas nos santuários, se cumprimentam com as palavras: “Kaemasho, kaemasho” (Vem! Vamos trocar!), e assim todos vão trocando os curiós que estão segurando pelo de outras pessoas.

Sugawara no Michizane foi um estudioso, poeta e político do Período Heian. É considerado “deus da aprendizagem”, segundo o xintoísmo. Dizem que Sugawara no Michizane era um homem honesto e que nunca dizia mentiras. Como a maioria das pessoas costumam mentir de vez em quando, elas levam suas antigas bonecas de madeira para serem trocadas por outras novas com o intuito de trocar as “mentiras” contadas no ano anterior por “verdades”.

Usokae

Esse ritual é feito todos os anos durante a segunda quinzena ou no dia 24 ou 25 de janeiro. A data coincide com a época de vestibular no Japão, portanto é comum muitos estudantes irem à cerimônia com a finalidade de pedir que se saiam bem nos exames.

É realizado também o ritual do fogo para afugentar os maus espíritos na noite do dia 7 de janeiro no Templo Tenmangu Dazaifu, santuário que foi construído onde Michizane morreu.

Durante o Ritual do Fogo Usokae, (considerado um dos maiores rituais do fogo no Japão), os recintos do santuário é envolvido em chamas e com muita fumaça, o que torna o festival ainda mais espetacular. Se você tiver oportunidade um dia, vale a pena conhecer o Festival Usokae, um festival criado com o intuito de espantar mentiras e trazer boa sorte.

Festival Usokae Ritual do Fogo

Quer Aprender Japonês?

3 Comentários

  1. Marcos de Souza

    Eu AMO o JAPÃO.

  2. Douglas

    Que cerimonia mais inusitada, desde os meus 9 anos (tenho 17 agora, lembro que eu assistia bastante “Olhar Oriental”, que tava mais pra Olhar Japonês, passava na band) vejo coisas relacionadas a cultura japonesa e até hoje o Japão não para de me surpreender.
    Legal da parte deles quererem espantar as mentiras e ficar apenas com a verdade, pois pra que serve uma mentira né?
    Achei o amuleto de Uso kawaii *—*
    Abraços!

  3. Japão em Foco

    Oi Marcos!
    ๏ [- ิ _ • ิ] ๏

    Oi Douglas!
    Bem legal essa tradição para espantar as mentiras não é?!
    Enquanto no Brasil, a tradição é pregar peças nos outros, mesmo que de brincadeirinha, no Japão, eles querem que as mentiras passem bem longe….Certo estão eles, pois no final o que sempre prevalece é a verdade! Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *