Conheça 10 Instrumentos Musicais Tradicionais Japoneses

Instrumentos musicais japoneses - koto

10 Instrumentos Musicais Tradicionais Japoneses

Como sabemos, os instrumentos tradicionais fazem parte da herança e da identidade cultural de um povo e assim como em qualquer parte do mundo, há uma grande variedade de instrumentos musicais tradicionais japoneses que sobrevivem ao longo dos séculos e encantam os ouvintes. Que tal conhecer alguns deles?

1. Taiko(太鼓)

 Imagem: flickr/Creative Commons

Taiko (太鼓) engloba uma variedade de instrumentos japoneses de percussão. No Japão, o termo refere-se a qualquer tipo de tambor, mas fora do Japão, incluindo o Brasil, o termo é geralmente usado para se referir a qualquer um dos vários tambores japoneses chamados de wadaiko (和太鼓).

Evidências arqueológicas sugerem que o taiko existia no Japão já no período Kofun e teria sido introduzido através da influência cultural coreana e chinesa entre 300-900 d.C. Confira abaixo a uma apresentação de taiko, chamada no Japão de Kumidaiko (組太鼓), muito presente em festivais japoneses.


Link do vídeo (YouTube)

2. Koto (琴)

 Imagem: flickr/Creative Commons

Koto (琴) é uma espécie de harpa lírica japonesa, também chamada de “cítara japonesa”. Possui cerca de 1,80 m de comprimento e é esculpida em madeira paulownia. É um dos instrumentos musicais tradicionais japoneses mais populares, sendo aprendido inclusive pelas meninas em idade escolar.

A história do koto é longa, sendo introduzido no Japão por influência chinesa. Era um instrumento típico da aristocracia japonesa, mas que se espalhou para todas as camadas da população ao longo do tempo. Confira abaixo uma apresentação de koto durante o outono em Arashiyama (Kyoto).


Link do vídeo (YouTube)

3. Biwa (琵琶)

 Imagem: Reprodução/YouTube

Biwa (琵琶) é um instrumento de cordas japonês com o gargalo curto, estilo alaúde. O biwa é o instrumento escolhido de Benten, Deusa da música, da poesia e da educação segundo o xintoísmo japonês. O biwa é um instrumento japonês inspirado em um alaúde chinês chamado Pipa.

Foi introduzido no Japão durante o Período Nara (710-759 dC), sendo um dos cinco instrumentos tradicionais mantidos na Shōsōin, a casa do tesouro nacional Japão. Confira abaixo uma apresentação de biwa por Kumada Kahori.


Link do vídeo (YouTube)

4. Shakuhachi (尺八)

 Imagem: flickr/Creative Commons

Shakuhachi (尺八) é um instrumento de sopro de estrutura aparentemente simples: um bocal, o corpo de bambu e cinco orifícios (quatro orifícios na parte frontal e um na parte traseira coberto pelo polegar). O shakuhachi é um instrumento muito presente em cerimônias e rituais do Zen Budismo.

O shakuhachi chegou ao Japão no século VI através da influência chinesa. A partir do século XVII até a Restauração Meiji, em 1868, foi o instrumento sagrado dos sacerdotes peregrinos e monges budistas da facção Fuke, que são facilmente reconhecidos devido ao chapéu trançado ocultando o rosto.


Link do vídeo (YouTube)

5. Shamisen (三味線)

 Imagem: flickr/Creative Commons

Shamisen (三味線) é um dos instrumentos musicais tradicionais japoneses mais conhecidos fora do Japão, especialmente por ser um instrumento muito tocado pelas gueixas. Shamisen, também chamado de sangen, significa literalmente “três cordas”, sendo derivado do instrumento chinês sanxian.

Foi introduzido no Japão em meados do século XVI, sendo um instrumento muito popular em Okinawa. As cordas são tocadas com uma palheta em forma de uma folha ginkgo. Existem diversas variedades de sons diferentes para atender diferentes tipos de canções e música. Confira o dueto abaixo:


Link do vídeo (YouTube)

6. Sanshin (三線)

 Imagem: Wikimedia Commons

Sanshin (三線) é muito parecido com o shamisen, porém é um instrumento típico de Okinawa. É um instrumento alegre, que convida as pessoas a dançar e por isso, está muito presente em festas populares, casamentos e outras ocasiões onde estão pessoas reunidas. Confira um documentário emocionante sobre o sanshin, que chegou ao Brasil em 1908 pelas mãos dos primeiros imigrantes.


Link do vídeo (YouTube)

7. Tonkori (トンコリ)

 Imagem: flickr/Creative Commons

Se o sanshin é um instrumento típico de Okinawa, a ilha localizada ao sul do Japão, podemos dizer que o Tonkori (トンコリ) é um instrumento típico de Hokkaido, ilha localizada ao norte do Japão. O tonkori é considerado uma herança cultural deixada pelo povo indígena ainu que habita essa região.

Trata-se de um instrumento com cinco cordas que praticamente foi esquecida até a década de 1970, mas atualmente este instrumento tem passado por revitalização devido ao aumento do interesse pela cultura ainu. Confira abaixo uma apresentação de tonkori no Shiraoi Ainu Museum, em Hokkaido:


Link do vídeo (YouTube)

8. Kugo (箜篌)

 Imagem: Reprodução/YouTube

Kugo (箜篌) é uma espécie de harpa originada na China, mas que foi extinta durante a Dinastia Ming. No século 20, Kugo passou por uma adaptação, no qual adquiriu aparência de uma harpa ocidental. No Japão, o Kugo foi introduzido no Período Nara, em algumas apresentações togaku (música Tang).

Durante muitas décadas, o Kugo desapareceu mas recentemente, o instrumento foi revitalizado graças aos compositores Mamoru Fujieda e Tomoko Sugawara que passaram a criar algumas obras tradicionais com o foco neste instrumento. Confira abaixo uma apresentação de kugo com Tomoko Sugawara.


Link do vídeo (YouTube)

9. Horagai (法螺貝)

 Imagem: flickr/Creative Commons

Horagai (法螺貝), também conhecido como Jinkai (陣貝) são grandes conchas que têm sido utilizados como trombetas no Japão por muitos séculos. Este instrumento ganhou vários nomes de acordo com sua função e existem escolas especiais que ainda ensinam alunos a tocar este instrumento.

O horagai também é tocado por monges budistas em alguns rituais como o omizutori e rituais Suni-e no Todai-ji em Nara. Seu uso remonta mais de mil anos, e foi inclusive usado por samurais como forma de emitir sinais. Este instrumento pode produzir três ou cinco notas diferentes.


Link do vídeo (YouTube)

10. Komabue (高麗笛)

 Imagem: Reprodução/Youtube

Komabue (高麗笛) é um instrumento de sopro que surgiu no Japão por influência coreana. Trata-se de uma flauta de bambu transversal com 6 orifícios, muito usada na música tradicional japonesa, peças teatrais kabuki e noh e em músicas Gagaku e Komagaku (músicas populares na corte e aristocracia japonesa). Confira abaixo uma apresentação com a flauta komabue.


Link do vídeo (YouTube)

E aí? Qual desses instrumentos musicais tradicionais japoneses mais te impressionou? Sabe tocar ou tem vontade de aprender a tocar algum deles? Não esqueça de deixar seu comentário abaixo 🙂

Referências: Wikipedia

Quer Aprender Japonês?

10 Comentários

  1. Thesis

    Formas diferentes mas o mesmo som. Interessante essas diferenças de instrumentos separados apenas por regiões.

  2. lena abrantes

    Bom demais gosto muito da cultura japonesa faço origamiedouaulasdeorigami voluntaria….

  3. Naty

    Boa tarde,
    Não pude deixar de notar a ordem numérica confusa.
    Quando for no Japão, desejo aprender a tocar pelo um desses instrumentos tradicionais. Ótima matéria!

  4. Interessante, dessa lista conhecia apenas o Sanshin, mas só de vídeos, não sabia nada do instrumento haha. Ótimo post.

  5. Mauro junior da veiga

    eu já sei tocar violão vou tentar passar esse conhecimento para o shamisen vai que da certo , mesmo eu tendo descendência de alemães eu sou apaixonado pela cultura japonesa .

  6. Kazuo Nakamura Sato

    Somente mulheres podem tocar o Koto?

  7. Ronaldo Yokoo

    qualquer pessoa pode tocar o koto. inicialmente somente homens tocavam mas atualmente essa imagem inverteu.

  8. Ronaldo Yokoo

    Imagem do koto esta na verdade uma guzheng chines.

  9. Muito bom,também sou apaixonado pela cultura japonesa,apesar de ser Albanês. Essa cultura,tem muito a nos ensinar,é um povo guerreiro,que em meio a tantas adversidades,que enfrenta em seu país,nunca desiste!
    Sem falar,que o Japão é uma Pais maravilhoso,tudo muito limpo,muito educado,um país onde podemos andar tranquilos,sem se preocupar em ser abordado,de uma hora para outra.Resumindo sou albanês de descendência e japonês de ascendência.

    Domo Arigatô Gosaimasu Nhihon

  10. Rômulo Valente

    Achei muito interessante todos, mas tenho especial atração pelo Shamisem. Gostaria de saber como construir um? Vc poderia postar vídeos de como construir esses instrumentos artesanalmente?.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *