Kiku no Sekku – Dia do Crisântemo no Japão

Kiku no Sekku

Kiku no Sekku – Dia do Crisântemo no Japão

O Dia do Crisântemo (Crisântemo Day / 菊の節句 / Kiku no Sekku) é um dos cinco festivais mais antigos e sagrados do Japão (Gosseku). A data é comemorada todos os anos no nono dia do nono mês. Teve início no ano de 910, quando a corte imperial japonesa realizou o seu primeiro Festival do Crisântemo.

Outros Festivais que fazem parte do Gosseku são o Nanakusa Gayu  (07 de janeiro), Hina Matsuri ou Dia das meninas (03 de março), Kodomo no Hi ou Dia dos Meninos (5 de maio) e o Tanabata Matsuri (7 de julho). Repare que a maioria das datas destes festivais seguem um padrão como 3/3, 5/5, 7/7 e 9/9.

Pra quem não sabe, os crisântemos são o símbolo da Família Imperial Japonesa e durante o Dia do Crisântemo são realizados exposições de crisântemo e exibições de Kiku-Ningyo (figuras realistas vestidas com roupas feitas de crisântemo).

Os bonecos Kiku-Ningyo podem ser vistos em Castelos como o Nagoya-jo, Inuyama-jo, Gifu-jo, Hirosaki-jo, Osaka-jo, em Santuário como Gokoku, Yashiro, Kasama Inari, Yushima Tenjin e parques como Hirataka Koen e Nijinosato.

Kiku Matsuri 4
Um costume interessante associado a este festival é o de colocar algodão em flores de crisântemo na véspera do dia do festival. Na manhã seguinte, o algodão umedecido pelo orvalho da manhã é removido das flores e são usados para esfregar no corpo todo. Dizem que esta superstição ajuda a proteger o corpo contra enfermidades.

Antigamente Kiku no Sekku era conhecido como “Choyo no Sekku” e tinha-se o costume de comer Kuri Gohan (arroz com castanhas) e tomar Kiku Zake (saquê com pétalas de crisântemo) no alto de uma colina para garantir longevidade e afastar os maus espíritos. Outra curiosidade interessante é que a data simboliza duas vezes o número 9 (9/9), cujo número é auspicioso segundo os japoneses.

O número 9 (Ku) é homófono de 苦 que significa “sofrimento” e por isso é ligada à má sorte, assim como o número 4 (shi) que é homófono de 死, que significa morte. Por ser considerada um símbolo da pureza, os crisântemos são expostos quase sempre dentro de santuários, com o objetivo de purificação e para trazer bons fluidos.

Crisântemo Festival fotos
Veja também:
* A Lenda do Crisãntemo : A Dama Branca e Dama Amarela

História do Crisântemo no Japão

O filósofo chinês Confúcio escreveu sobre crisântemos pela primeira vez em 500 aC. Estas flores eram cultivadas apenas por nobres chineses e junto com o bambu, a flor de ameixa e a orquídea, o crisântemo é tido como um dos “4 Cavalheiros”. Na China, o crisântemo é associado à longevidade e sabedoria e existe até um ditado popular chinês que diz: Se queres ser feliz por toda a vida, plante crisântemos”.

O crisântemo chegou ao Japão através da Coréia no século IV. Sua história é associada com o patriotismo, orgulho nacional e obediência à família imperial, tanto que o crisântemo tornou-se a flor nacional do Japão, e em 910 d.C, o crisântemo dourado com dezesseis pétalas tornou-se também o brasão imperial.

Seu simbolismo, porém vai muito além, pois também representa o mês de setembro, o outono, a vida longa e a felicidade. Porém, ao contrário do Japão, o crisântemo é associada à morte em alguns países europeus como Bélgica, Áustria e Itália, onde esta flor é popular em coroas de flores e em decorações de funerais.

Já no Japão e na China, tomar Kiku Zake (saque de crisântemo) e chá feito com pétalas de crisântemo é sinônimo de requinte e sofisticação. São consideradas bebidas da nobreza, onde antigamente só os ricos e artistas tinham acesso. Hoje em dia, o Kiku Zake e o chá de crisântemo se tornaram populares, assim como os Festivais de Crisântemos. Veja alguns dos mais conhecidos:

Kasama Kiku Matsuri

Kasama Kiku Festival

O Kasama Crisântemo Festival ocorre no Kasama Inari, em Ibaraki há mais de 106 anos e é o mais antigo festival do crisântemo no Japão. São mais de 10 mil crisântemos plantados na área principal do evento e tem também o Kiku-Ningyo (bonecas crisântemo). O festival ocorre normalmente em meados de novembro.

Hirosaki Crisântemo Festival

Hirosaki Festival dos Crisântemos Kiku Matsuri
O Hirosaki Crisântemo Festival ocorre no Parque do Castelo de Hirosaki, província de Aomori, normalmente entre 24 de outubro e 9 de novembro. A decoração de crisântemos ao redor do parque é realmente deslumbrante.

Nihonmatsu Kiku Matsuri

Nihonmatsu Kiku Matsuri
O Nihonmatsu Crisântemo Festival ou Nihonmatsu no Kiku Ningyo acontece no Kasumigajo Koen Park, na cidade de Nihonmatsu, província de Fukushima normalmente entre 1° de outubro e 23 de novembro.

Nanyo Kiku Matsuri

Nanyo Kiku Matsuri Yamagata
O Nanyo Crisântemo Festival ou Nanyo Kiku Ningyō Matsuri, na cidade de Nanyo, Província de Yamagata é realizado no Sosho Park entre 22 outubro e 13 novembro.

Yanaka Kiku Matsuri

Yanaka Kiku Matsuri
O Yanaka Crisântemo Festival acontece no Templo Daienji nos dias 14 e 15 de outubro. Além dos bonecos kiku Ningyo em tamanho real, também há um mercado vendendo crisântemos e apresentações de dança com marionetes.

Shinjuku Gyoen National Garden

Shinjuku Gyoen National Garden Kiku Festival
O Shinjuku Gyoen National Garden, localizado em Shinjuko, Tóquio também tem uma exposição de crisântemo que vale a pena conferir. A exposição é realizada durante as duas primeiras semanas de novembro.

Quer Aprender Japonês?

6 Comentários

  1. Pingback: Datas Comemorativas do Japão | Curiosidades do Japão

  2. legal sem pre um post legal em sou muito fa do japão em foco

    hoje não tenho ideias para vc

  3. Pingback: Crisântemo - A Flor Nacional do Japão  | Curiosidades do Japão

  4. Rodrigo

    Ótimo post com sempre!
    O Kiku realmente tem um valor cultural muito forte, sendo repleto de significados ne!

  5. 🙄 Amo a cultura japonesa, tudo que fazem é com amor, dedicação, ar-monia e respeito, temos muito a aprender com os nossos amigos do japão. O KIKU, tem muitos significados mesmos. Parabéns a todos os japoneses.

  6. Japão em Foco

    Oi Pessoal!
    Obrigada pelo comentário de vocês!
    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *