Koban, postos policiais no Japão

Koban, os postos policiais japoneses

Embora haja uma delegacia central em cada cidade, observamos uma grande quantidade de pequenos postos policiais pelos bairros e vilas da cidade. Eles são chamados de “Koban” ou “Koban-sho” (交番 / 交番所) e geralmente estão localizados em lugares estratégicos como esquinas para serem melhor visualizados. Segundo estatísticas, existem mais de 6 mil espalhados por todo o território japonês.

Esse fato realmente chama a atenção, pois percebemos que o Japão se preocupa de fato com a segurança dos seus cidadãos e este pode ser o segredo pelo baixo índice de criminalidade. Os Kobans tem variados tamanhos, embora grande parte deles seja bem pequeno e geralmente ficam apenas dois policiais, mas podem ter mais, dependendo do tamanho do Koban, localização e necessidade da região.

Como identificar um Koban? Pra que servem?

Todo Koban tem uma luz vermelha na frente, para que todos possam facilmente encontrá-los, além de uma estrela dourada, que é um emblema da polícia japonesa. Geralmente possuem dois andares em áreas residenciais, comerciais e turísticas das cidades. Os policiais são em sua maioria atenciosos, mesmo com os estrangeiros.

Não é uma regra, mas geralmente os policiais são quase sempre de meia idade e do sexo masculino (é raro encontrar mulheres nessa função). Eles ficam encarregados em responder a emergências locais, fornecer orientações e interagir com os cidadãos da vizinhança sem que eles precisem se deslocar até uma delegacia mais distante.

São responsáveis em fazer patrulha diariamente pelo bairro, geralmente à pé, de bicicleta ou moto e por isso conhecem-no muito bem. Por isso, se um dia estiver perdido e tiver um koban por perto, não hesite em perguntar a eles, pois rapidamente eles ajudarão você a se localizar. Também fazem a função de “Achados e Perdidos”.

Os Kobans também são muito usados para registrar delitos no trânsito e B.O. (Boletim de Ocorrência) em geral, especialmente por causa de batidas de carro, já que roubos ou assassinatos não são muito incidentes. Outra atividade bastante peculiar dos policiais são de verificar os registros de bicicletas, além de parar e até multar ciclistas que não estejam dentro das regras de trânsito.

Veja também:
Conheça os Mascotes da Polícia Japonesa
Para que servem os adesivos Koreisha e Wakaba?
Mascotes cutes da polícia japonesa
Regras para andar de bicicleta no Japão
Tóquio, a cidade mais limpa e segura do mundo

Origem do koban

O primeiro Koban era extremamente simples e foi construída em 1874. O nome deriva da palavra Kotai (Ko) que significa individual e tachiban (Ban) que significa relógio de pé. Em 1881, os “Koban” foram transformados em estações comunitárias locais com até 6 oficiais e eram chamados de Hashutsusho (delegacia de polícia).

Mas não teve jeito. Todos já haviam se acostumado com o termo “Koban” e a partir de 1994 voltou a ser chamado como tal e é assim que são chamados até hoje. Os Kobans foram se espalhando por todo o país desempenhando um papel importante no trabalho da polícia japonesa ao longo das décadas.

Os policiais trabalham geralmente em um sistema de turnos, geralmente com três turnos em todo o país, com exceção da Polícia Metropolitana de Tóquio, que possui uma rotação de quatro turnos. Embora os Kobans sejam simples em sua maioria, há aqueles que se destacam devido aos seus estilos arquitetônicos. Tem os antigos e tradicionais e outros super modernos. Confira alguns deles:

Quer Aprender Japonês?

12 Comentários

  1. Joaquim Dias

    😆 Um bom exemplo

  2. Jean

    Uma verdadeira interação da polícia e as comunidades ! 😉

  3. Pingback: Mascotes cutes da polícia japonesa | Curiosidades do Japão

  4. Pingback: Significado do termo kawaii no Japão | Curiosidades do Japão

  5. reginia mari da silva

    O Japáo é um país qual tres gerações são apaixonadas , eu , minha filha , neta, algo indescrivel , o mais interessante não temos descendencia japonesa , essa reportagem é excelente , parabéns a todos , DEUS os abençoe , obrigada , eu recebo sempre,

  6. Douglas

    Por isso que não tem criminalidade como aqui, até mesmo quando ocorre um assalto uns policiais fingem não vê ¬¬
    Chamar a polícia japonesa pra dá um jeito por aqui kkkkk
    Abraços!

  7. Japão em Foco

    Oi Joaquim e Jean!
    O mais interessante é que os Kobans no Japão, servem mais como postos de informações do que de boletins de ocorrência de crimes em geral já que são “praticamente” inexistentes se forem comparados ao Brasil e outros países. Mas de qualquer maneira é legal saber que cada bairro tem um posto policial que zela pela segurança da comunidade. Abraços!

  8. Japão em Foco

    Oi Reginia, Douglas e Marcos!
    Que bom que gostaram do post!
    Abraços!

  9. Pingback: Aokigahara, a Floresta dos Suicídios | Curiosidades do Japão

  10. Pingback: Regras para quem anda de bicicleta no Japão | Curiosidades do Japão

  11. Pingback: Kinrou Kansha no Hi - Dia do Trabalho no Japão | Curiosidades do Japão

  12. cleber angelo

    Konbanwa. Olha. Eu tenho que dizer que sou super fa do site de vcs pq eu amo qualquer coisa relacionada ao Japao e vejo que aqui tem uma super diversidade de assuntos relacionado ao mesmo. Parabens aos criadores deste site e espero que ele continue no ar para sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *