Monte Fuji através das lentes do fotógrafo Oyama Yukio

Monte Fuji através das lentes de Oyama Yukio 7

Monte Fuji através das lentes do fotógrafo Oyama Yukio

Monte Fuji está registado como Patrimônio Mundial da UNESCO. Todos os japoneses já estão familiarizados com a montanha mais alta do Japão, com seus 3776 metros altura. Muitos se perdem no encanto dessa montanha mística, mas uma pessoa em especial, dedicou 40 anos de sua vida em capturar as belezas do Fuji-san.

O nome dele é Oyama Yukio, um fotógrafo nascido em 1952. Ele conta que passou a fotografar o Monte Fuji em 1976 e desde então não parou mais. Em 1985 mudou-se para a aldeia de Oshino, em Yamanashi, bem no sopé da montanha. Da janela da sala de estar, Oyama goza de uma vista 24 horas por dia do Monte Fuji.

Monte Fuji – Um lugar sagrado

Oyama Yukio passou 40 anos de sua vida em busca dos segredos mais profundos da montanha. Para ele, o Monte Fuji não é apenas um simples vulcão. É um lugar sagrado, onde reside os espíritos mais antigos do Japão. E suas fotografias se caracterizam por registrar esse lado espiritual do Fuji-san.

Através de suas lentes, o monte Fuji torna-se em algo totalmente místico, como se fosse um portal desconhecido para outro mundo. Ele costuma descrever a montanha como uma “deusa com o poder de encantar um homem.”

Suas imagens transmitem uma mistura vívida de fantasia e beleza natural. É fácil ver por que grande parte da cultura espiritual do Japão evoluiu a partir desses ambientes. Para captar as belas imagens, o fotógrafo conta que passeia ao redor da montanha transportando cerca de 25 quilos de equipamento.

Muitas vezes ele gasta quase duas semanas esperando o momento perfeito para pressionar o obturador. Se embrenha pelas florestas antigas, desce na cratera do vulcão, explora cavernas secretas e fendas na montanha. Tudo isso para conseguir os melhores ângulos a fim de registrar a beleza do Monte Fuji.

Como bom oriental, Oyama Yukio, afirma que a paciência é a chave para conseguir esse objetivo. “Você tem que se transformar em um escravo da montanha, ficando sempre à espreita, faça chuva, faça sol. Quando chegar a hora, a montanha vai lhe oferecer uma visão simplesmente arrebatadora”.

Eu não sei quantas vezes presenciarei esses momentos na minha vida, por isso continuarei mantendo minha câmera apontada para o Monte Fuji para não perder nenhuma oportunidade.” Com tanto amor e devoção pela montanha, Oyama Yukio passou a acreditar que misteriosos espíritos realmente vivem em suas florestas e cavernas. E ainda diz que adoraria conhecê-los. 🙂

Referência: Nippon
Fonte das Imagens: © yukio ohyama

Quer Aprender Japonês?

4 Comentários

  1. Lia

    Nossaaa, que incrível :O
    Fotos maravilhosas, hipnotizam mesmo 😀
    Hehe, tem uma que parece que o Fuji-san foi recortado e colado no meio da foto, voando >-<
    Japão <3

  2. Por ser nissei e moradora do Rio, criei muitas composições com o Pão de Açúcar e o Monte Fuji, dos quais sou apaixonada… De Fuji san: fiquei felicíssima de poder apreciar fotos tão lindas de OYAMA YUKIO, Artista-Fotógrafo!!!
    Teruko Okagawa Monteiro, criadora de comemorativos e documentos/monumentos

  3. Vania Cardoso Suguita

    Uma pena! Fui ao Japão no ano passado e em nenhum momento consegui avistar o Monte Fuji. Até em Hakone aos pés do lago não foi possível vê-lo. Parabéns pelas fotos! Ele ficou muito bem presente nesses momentos.

  4. Otonashi

    Todas são magnificas, está ultima eu literalmente me apaixonei. Ja tive a oportunidade de conhecer a montanha de perto e realmente é muito magico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *