Receitas de sushi que você pode fazer em casa

Receitas de sushi para fazer em casa

Receitas de sushi que você pode fazer em casa

O sushi é um prato que pode ser chamado de “moderno” no Brasil. Afinal, a popularidade da culinária japonesa cresceu exponencialmente nos últimos dez anos, o que resultou na abertura de diversos estabelecimentos em todos os cantos do país e fez com que chefs da culinária japonesa começassem a criar pratos com um toque brasileiro, adicionando ingredientes não-tradicionais.

Mas a verdade é que o sushi é muito mais antigo do que você imagina, e a sua origem não foi nada “chique”. Tudo começou do sudeste asiático, com a ideia de conservar o peixe por longos períodos. O arroz fermentava, azedava o peixe, conservando-o, mas nesta época, o arroz não era ingerido.

Somente depois de muito tempo no Japão (muito tempo mesmo), o conceito de sushi moderno foi criado. Passaram então a utilizar o vinagre para azedar o arroz, que agora era ingerido, e preparado em apenas um dia. O peixe era comido fresco, pois não havia mais a necessidade de conservação já que a baía de Tóquio tinha uma enorme concentração da espécie.

Existem vários tipos de sushi, e as combinações possíveis são infinitas. Mas aqui estão os tipos mais conhecidos:

Hossomaki (hosomaki): é o tipo mais comum, e o que geralmente vem à cabeça quando pensamos em sushi. Todo envolto em nori (alga), leva arroz e um recheio que pode ser peixe, kani (carne de camarão), pepino, gengibre, etc.

Uramaki: é o sushi ao “inverso”. O nori envolve o recheio, e o arroz fica por fora.

Niguiri: é a bolinha de arroz com o que você quiser no topo (geralmente peixe ou ovo).

Futomaki:
é o hossomaki, só que mais gordinho. Leva mais recheio, então quando enrolado fica maior.

Gunkanmaki: arroz no fundo, topo geralmente com ovas de peixe, ou cubinhos de peixe, enrolado no nori.

Inarishushi: barquinhos de tofu frito, com o recheio dentro, que geralmente é arroz avinagrado com sementes e gengibre.

Oshizushi: sushi prensado em uma forma, e cortado em pedaços.

Gostou? Quer tentar fazer em casa? Fazer sushi pode parecer difícil, mas não é! A receita do arroz básico para sushi é bem simples, e, com um pouquinho de prática, você se torna um mestre em casa.

Vamos tentar fazer um niguiri?

Receita: Niguiri de atum e manga

Receita para o arroz:

Ingredientes:

-três xícaras de arroz de sushi
-duas colheres de chá de sal
-duas colheres de sopa de açúcar
-meia xícara de vinagre de arroz
-três xícaras e meia de água

Modo de preparo:

1. Ponha o vinagre, o açúcar e o sal numa panela e esquente, mexendo, apenar até levantar fervura. Desligue o fogo e continue mexendo até tudo estar dissolvido. Reserve.

2. Prepare o arroz com a água, como o arroz normal. Depois de pronto, deixe o arroz tampado na panela por mais 10 minutos.

3. Depois de esperar dez minutos, ponha o arroz em um reservatório redondo de plástico ou uma bacia de madeira. Adicione o líquido ao arroz aos poucos, misturando bem e com cuidado, para não destruir a estrutura do arroz.

4. Deixe o arroz esfriar em temperatura ambiente antes de preparar o niguiri.

Agora, vamos preparar o niguiri:

Ingredientes:

-arroz de sushi cozido, já em temperatura ambiente
molho Sriracha
-manga
-pedaço de atum (por volta de 1kg)
-nori (folha de alga)

Modo de preparo:

1. Faça bolinhas alongadas com o arroz. Tente deixar o topo razoavelmente liso para o atum e a manga se acomodarem.

2. Pingue um pouquinho de Sriracha no topo de cada bolinha.

3. Corte fatias alongadas de atum (com mais ou menos 1 cm de espessura) e ponha em cima do molho.

4. Corte fatias bem finas e alongadas de manga e ponha no topo do atum.

5. Corte tirinhas de nori e faça o “cinto”, envolvendo o niguiri

Pronto! Agora é só se deliciar!

E viu como é saudável? Mesmo os sushis delivery são uma opção super saudável, comparado às outras opções de comida “de fora”. Então não precisa sentir culpa ao pedir um sushi e se deliciar. O próprio vinagre de arroz tem muitos benefícios para a saúde, sem contar que o atum e a manga são ingredientes bem nutritivos. Além disso, nada possui alto teor de gordura, nenhuma fritura ou açúcares (exceto os naturais da manga, por exemplo).

Itadakimasu!

Quer Aprender Japonês?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *