Reembolso do Shakai Hoken: Por que tantos brasileiros perdem o esse dinheiro?

Taxback.comReembolso do Shakai Hoken

A grande maioria dos brasileiros que trabalham ou trabalharam no Japão pagando shakai hoken está ciente de que tem direito a reembolsar o valor relativo à previdência assim que deixar o Japão. (se você não sabia disso, leia nossa matéria sobre o tema clicando aqui)

O fato é que muitos brasileiros acabam perdendo o direito de receber o reembolso (que é de em média ¥500.000 a ¥1.100.000!) por razões bastante bobas como:

1- Perder o prazo:

As regras são rígidas e o prazo para solicitar o reembolso do Nenkin é de 2 anos a partir da data de saída do Japão. Para isso será observado o carimbo de saída no passaporte e nem 1 dia a mais será tolerado. Deve-se ter em consideração o tempo que os documentos levam para chegar até o Japão.

2- Perder documentos:

Há um costume bastante comum entre alguns brasileiros de simplesmente “jogar fora” muitos documentos por julgarem desnecessários ou por não saber de que se trata. A caderneta do nenkin (年金手帳) é um documento muito importante e o número que está nela é imprescindível no momento de solicitar seu reembolso. Caso você esteja no Japão e tenha perdido a mesma, pode solicitar a segunda-via na prefeitura de sua cidada no setor de previdência.

3- Cometer erros na aplicação e ficar sem resposta:

Muita gente tenta realizar a aplicação por conta própria, envia os documentos para o Japão pensando que está tudo certo e recebe uma resposta negativa do Nenkin (ou jamais recebe resposta alguma).

Acontece que o Nenkin se comunica por carta e muitas vezes as cartas que eles enviam solicitando mais documentos ou avisando de algum impedimento jamais chegam ou chegam tarde demais e o prazo já passou.

Há também outras razões porém as 3 acima são as principais e para evitar que você perca seu dinheiro, deixamos algumas dicas chave:

Prepare a documentação para solicitar seu reembolso assim que chegar no Brasil (ou outro país onde esteja indo viver). Isso evitará que você perca o prazo e consequentemente muito dinheiro.
– Guarde com carinho seus documentos.
Se possível fotografe tudo e guarde as fotos num lugar seguro (como um álbum secreto no seu facebook por exemplo). Perder documentos como seu Zairyu Card ou Nenkin Techo pode dificultar muito na hora de pedir seu reembolso.
– Para ter certeza de que irá receber seu reembolso sem contratempos, busque ajuda especializada.
O retorno ao Brasil costuma ser tumultuado com visitas à família e milhares de coisas para fazer e é justamente aí que muita gente esquece de fazer a solicitação ou perde documentos. Por isso indicamos que busquem ajuda profissional.

A taxback.com é uma empresa européia que cuida de todo o processo oferecendo facilidades como:

-Formulários, instruções e atendimento em português
-Envio dos documentos para o Japão via malote (você não precisa gastar com envio internacional ou se preocupar se vai extraviar algo)
-Acompanhamento do processo junto ao nenkin, indicando com antecedência o valor e a data do reembolso.
-Solução de problemas de forma rápida caso o nenkin solicite documentos ou informações adicionais.

Centenas de leitores do Japão em Foco já receberam seus reembolsos por esta empresa e por isso você pode confiar!

Caso deseje ser contatado por um agente da Taxback.com sem compromisso, preencha o formulário abaixo e ele ligarão para você para tirar todas as dúvidas sem compromisso:

Quer Aprender Japonês?

7 Comentários

  1. marli

    Mas o Japão e Brasil tem um acordo para unificar a previdência? Se a pessoa que vai embora para o Brasil solicitar o reembolso do que pagou para a previdência no Japão ela perde o direito de receber a aposentadoria. Ou não? Pois as duas são somadas.

  2. Oi Marli…
    Sim, a partir do momento que pede o reembolso, a situação previdenciária no Japão é zerada. No entanto, em determinadas situações é válido pedir o reembolso, principalmente se trabalhou no Japão por cerca de 3 anos ou menos e não tem a intenção de morar no Japão definitivamente. Também é válido pra quem paga aposentadoria privada.

    Sugiro que você dê uma olhada no artigo que escrevemos sobre o acordo previdenciário entre Brasil e Japão e pese os prós e contras antes de tomar qualquer decisão ok… Um abraço

  3. Luiz Alberto Takeda

    Gostaria de saber se no Brasil tem algum escritório, se tiver preciso do endereço completo

  4. Sergio Kuroda

    Recebi o aviso de Your Lump-sum Withdrawal Payments em 15/12/2015, mas ainda não veio o crédito. Ainda tenho direito? Alguém pode me informar o endereço de e-mail da National Pension?

  5. Olá Sergio Kuroda e outros com dúvidas,

    Por favor escrevam para Brasil@taxback.com e tire todas as suas dúvidas sem compromisso.

  6. Lisete Aparecida da Silva Nakamura

    Voltei ao Brasil em 14 de agosto ,em 19 mandei os documentos pro Japão , gostaria de saber quanto tempo demora .

  7. Aline

    Oi Lisete,
    Por favor, me ensina fazer o procedimento?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *