Shodo ( O caminho da escrita ) – Caligrafia japonesa

shodo

Shodo – A Arte da Caligrafia japonesa

O Shodo (Shodou/書道) é o nome dado à caligrafia oriental transformada em arte. Traduzindo literalmente, “Sho” significa caligrafia ou escrita e “Do” caminho, ou seja, ” caminho da escrita “ ou ” caminho da caligrafia “.

Surgiu na China há mais de 3 mil anos atrás, mais especificamente 1.300 a.C durante a dinastia Yin. Foi introduzido no Japão pelo budismo no final da dinastia Yuan, porém passou a ser mais difundida a partir do século VI d.c.

No Japão, essa arte continua bem viva, mesmo nos dias atuais. Milhares de pessoas se dedicam a essa arte, que é introduzido como parte do currículo escolar, nas escolas japonesas. Anualmente, ocorre diversas competições para incentivar os praticantes e não deixar essa arte morrer. Os praticantes possuem as idades mais variáveis, desde crianças até os mais velhos.

O Shodo atravessou as fronteiras e ganhou adeptos pelo mundo todo. Apesar de parecer aparentemente simples, o Shodo possui várias técnicas que precisam ser aperfeiçoadas com muito treino, para que assim se chegue a um resultado perfeito.
Tudo é importante, as linhas tem um sentido correto, cada traço tem sua importância, inclusive os espaços em branco. No Japão, o Shodo tem um lugar especial no Tokonoma, a sala de artes de uma residência japonesa, ao lado do Ikebana, Kakemono e outras artes orientais.

Como fazer um shodo?

shodo-1

O material essencial para se fazer um Shodo é uma tinta à base de carvão, pincel e um papel branco feito de arroz (washi). Os iniciantes começam reproduzindo os caracteres e ideogramas, mas, com o tempo, criam um estilo próprio e único.

Em níveis mais avançados, a individualidade do autor vem à tona pela forma dos traços e do conjunto, não se prendendo somente à caligrafia oficial. O resultado é a produção de verdadeiras obras de arte apreciadas em concursos e galerias.

Para fazer um Shodo, não basta apenas esfregar o pincel no papel. Os calígrafos consideram o tamanho e equilíbrio dos traços, a escuridão ou luminosidade da tinta, a facilidade com que a tinta vai correr, a maneira de como as linhas serão quebradas e tudo isso, sem a chance de quaisquer correções posteriores.

A caligrafia japonesa é uma arte simples, mas profunda, basicamente em duas cores: preto e branco. (Mas podem ser usadas outras cores de tintas e papéis). Cada obra leva a assinatura do artista, um carimbo com seu nome chamado Hanko ou Inkan.

Materiais necessários para o Shodo

Suzuri (tinteiro)
É um utensílio que serve para acondicionar a tinta. São feitos de pedra e possui também uma concavidade onde fica um pequena quantidade de água, que será usada para diluir o bastão de tinta.

Bunchin (peso de papel)
Ajuda a manter o papel imóvel para facilitar o artista, impedindo possíveis erros, caso o papel se mova do lugar . Geralmente é feito de ferro ou cerâmica.

Washi ou Kami (papel de arroz)
É um papel especial, feito com as fibras de arroz, bambu ou das folhas de bananeira. É feito artesanalmente e não utiliza componentes químicos. Isso faz com que sua durabilidade seja extremamente superior ao papel comum.

Fude (pincel)
Existem vários tipos, espessuras e tamanhos. As pontas também são variadas e os pelos mais utilizados são de ovelha, carneiro, crina de cavalo ou texugo.

Sumi (bastão de tinta)
É uma tinta à base de carvão, utilizada para fazer os traços do Shodo. Pode ser na forma sólida, sendo necessário ser diluído em água e em líquido, já pronta para o uso. Porém, a arte tradicional recomenda-se que se use o sólido, pois a preparação e diluição da tinta é vista como um momento de concentração, onde o artista busca a inspiração para compor a arte.

Tipos de Shodo

Tensho – É o estilo de escrita mais primitiva e arcaica, de onde se originou todas as outras.

Reisho – É uma simplificação do Tensho.

Kaisho Linhas retas. Sua forma é mais quadrada e suas linhas são retas, firmes e precisas.

Gyosho – Semi cursiva. São escritas de forma rápida e as linhas são suaves e arredondadas e traços semi sequenciais. (Semi fluidos)

Sosho – Itálico. Chamada também de escrita de capim. A escrita é feita de forma impetuosa, rápida e sequencial. (Fluídos)

Veja o vídeo abaixo sobre Shodo:

Shodo no Brasil

No Brasil, os imigrantes trouxeram a tradição e atualmente são cerca de 500 pessoas que praticam a arte do Shodo. Existem duas Associações onde se pratica e ensina a arte no Brasil. Veja quais são:

Associação de Shodô do Brasil – Rua São Joaquim, 381 – Liberdade – 01508-001 – São Paulo – tel.: (11) 3208-1755. Curso no 2º e 4º domingo, no período da tarde.

Nihon Shogakukan do Brasil – Rua Américo Sugai, 15 – Caixa Postal 52653 – São Miguel Paulista – 08060-380 – São Paulo. Funciona com o nome de Aoi Shodo Kai, há 20 anos sob a coordenação do sr. Keishi Izuno. Não cobra taxa de inscrição. O sócio adquire um livro de shodô por mês para praticar individualmente. O trabalho é enviado para o Japão, onde é feita a correção.

Quer Aprender Japonês?

23 Comentários

  1. Pingback: Arte Karakuri - As marionetes mecânicas japoneses | Dicas Brasil Japão

  2. Pingback: Kakizome, a primeira caligrafia do Ano Novo | Curiosidades do Japão

  3. Pingback: História sobre os samurais | Curiosidades do Japão

  4. Douglas

    A caligrafia é linda mesmo, uma arte ^^
    Na Associação Japonesa de Santos também tem aulas de Shodo.
    Abraços!

  5. Japão em Foco

    Oi Douglas!
    Você mora em Santos? Então, já que aí tem uma associação nikkey, com aulas de Shodo, vale a pena dar uma olhada. Vai que você acaba gostando de verdade dessa arte. Abraços!

  6. Pingback: Tipos de hanko - Carimbo japonês | Curiosidades do Japão

  7. almiro monteiro maciel

    A caligrafia oriental é fantástica, pois sómente agora que tive o privilégio de ter acesso a estas informações. Gostaria de obter orientações de como, conseguir o material completo do SHODÔ, como também cursos. Resido em Macapá-AP, extremo norte do País.

  8. Celso

    😛 Gostei

  9. Japão em Foco

    Oi Almiro!
    Infelizmente não sei onde tem cursos de Shodo no Macapá, mas caso eu souber te avisarei ok! Abraços!

    Celso!
    Que bom que gostou da matéria!
    Abraços! 🙂

  10. Pingback: #6 Leque | terror japones

  11. Pingback: O Kanji do Ano (Kotoshi no Kanji) | Curiosidades do Japão

  12. Magali

    Olá !!
    Amooooooooo a cultua japonesa……… a escrita acho divina !! Tenho muita vontade em aprender vou ver se entro em algum curso por aqui, parabéns pelo site, sempre acompanho….a vontade é de morar no Japão, mas como não posso, fico acompanhando aqui com vocês !! parabéns queridos !! ( acredito que seja uma equipe que enriquece esse site não é ? ) kkkkkkk

  13. Japão em Foco

    Oi Magali!
    Que bom que está gostando do site. Na verdade não se trata de uma equipe não. Sou apenas eu que administro este blog. Mas fico feliz de saber que tantas pessoas estão acompanhando e gostando… Obrigada!!! E volte sempre viu!
    😉

  14. Magali

    Olá !!
    Obrigada por responder….ah então minha admiração é dobrada kkkkkkkkkkkkkk só vc quem cuida do site ? parabéns, adoro !

  15. Japão em Foco

    Oi Magali!
    Obrigada! Fico feliz de saber que gosta do site!
    Abraços!

  16. SANDRO SAMIR

    QUERIA INFORMÇÕES SOBRE O CURSO DE CHODO NO RIO DE JANEIRO

  17. Telma

    Adoro Shodo, é uma arte. Aqui no DF teve um festival de de filmes com apoio da Embaixada do Japão, passaram um filme chamado Shodo Girls. Adorei!!! Ótima matéria. Pensei que fossem várias pessoas que coordenassem o site.
    Parabéns pelo seu trabalho.

  18. soraya

    Oi, preciso de pinceis e aquele cabo de madeira pra por a pena. Vocês tem??

  19. miro maciel

    sempre tive curiosidade, pois admiro a escrita japonesa, e quero pratica-la. gostaria de informações de como adquirir o material de shodo. por um site confiavel. obrigado pela oprtunidade.

  20. Mammy

    olá, tenho uma maleta com kit completo para o Shodo. nunca foi usado.
    se houver algum interesse, por favor, queira entrar em contato.
    atenção, não comercializo nada, não tenho loja. é estritamente particular.

  21. Mecha Tengu

    Alguém tem o telefone da Nihon Shogakukan do Brasil?

  22. Fernanda Almeida

    olá, você ainda tem? estou interessada

  23. Maria Prota

    …gostei muito…onde posso aprender???…moro na zona norte de São Paulo (Tucuruvi)…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *