Tempurá de sorvete – Passo a passo

Receita de Tempurá de Sorvete Aprenda como fazer

Apesar do tempura ser um prato comum no Japão, ele é de origem portuguesa e foi introduzido na culinária japonesa através de padres jesuítas, em meados do século XVI. A origem do nome “tempura” não se sabe ao certo, mas acredita-se que seja de origem portuguesa.

Alguns dizem que o nome Tempurá se originou da palavra portuguesa “Tempero“. Outros dizem que pode ter vindo do latim “tempora”, que significa tempo, ou período de tempo. Era uma forma em que missionários espanhóis e portugueses se referiam à quaresma, dias em que os católicos não costumam comer carne.

Daí, eles inventaram essa receita que vai basicamente farinha e legumes para a quarentena. Enfim, a verdade é que esse bolinho frito caiu no gosto da japonesada e se tornou um prato comum em restaurantes e lares no Japão.

Usando um pouco a criatividade, é possível fazer muitas variações na receita, utilizando diversos ingredientes, como legumes, camarão, nori e até sorvete. 🙂

Receita de Tempura de Sorvete

Isso mesmo, existe até tempura de sorvete e é delicioso essa mistura de quente e frio, dando um ar muito exótico a essa sobremesa. E não é difícil de fazer. 😉 Se quiser experimentar, assista o vídeo abaixo que tem a receita do tempura de sorvete ou sorvete frito, como muitos chamam.

Quer Aprender Japonês?

6 Comentários

  1. Lilian Pina

    Adorei o site, vou visitar sempre.
    Abraços

  2. Japão em Foco

    Oi Lilian!
    Que bom que gostou!
    Mas volte mesmo hein….
    (^ _-) Abraços!

  3. Pingback: 11 comidas populares no Japão | Curiosidades do Japão

  4. Pingback: Tempurá - História e Receita | Curiosidades do Japão

  5. jorge t.hino

    Morei no Japão e não vi tempurá de sorvete, só vi aqui no Brasil.
    Por favor é só uma curiosidade, alguém viu este tempurá lá no Japão ?

  6. Julia

    Tem sim Jorge aqui onde moro no kyubandanchi tem um restaurante de lamen lá tem sorvete de tempurá é uma delicia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *