Tsushima no Miya: a estação ferroviária japonesa abre apenas dois dias por ano!

Tsushima no Miya: a estação ferroviária japonesa abre apenas dois dias por ano

Como sabemos, o Japão é famoso por seu eficiente transporte urbano, especialmente o ferroviário. Mas, enquanto a maioria dos trens funcionam das 5 da manhã a 1 da manhã todos os dias da semana nas cidades, isso nem sempre o que acontece nas áreas rurais.

Um exemplo é a estação Tsushima no Miya (津島ノ宮駅), situada na Província de Kagawa, onde o trem tem o horário mais limitado no país: é aberto apenas dois dias no ano!

Kagawa fica situada na região de Shikoku, uma ilha no sul do Japão composta por quatro províncias, Ehime, Kagawa, Kōchi e Tokushima. Com uma população de pouco mais de quatro milhões de pessoas, certamente Shikoku se encaixa no que se diz respeito à uma região basicamente “rural” e consequentemente existem muitas linhas de trem que funcionam em horários muito mais limitados em comparação com Tóquio e outras metrópoles.

nta.co.jp

Apesar disso, a maioria dos trens executam um cronograma regular, permitindo que os moradores e os viajantes se desloquem pela ilha. A exceção mesmo fica por conta da estação Tsushima no Miya, Yosan Line, em Kagawa, que funciona apenas dois dias por ano.

E os dias de funcionamento são 4 e 5 de agosto. Na verdade, a estação Tsushima no Miya tem apenas uma única função: ajudar as pessoas a chegarem a Tsuhima Jinja, um santuário construído em 1916 em uma pequena ilha de pedra no meio da baía. Mas se essa é a única estação próxima ao santuário, por que é aberta apenas dois dias ao longo do ano?

commons.wikimedia.org

Primeiramente, precisamos conhecer um pouco da história do santuário. Durante o período Edo, uma doença matou grande parte do gado no Japão, mas deixou os animais locais incólumes. Muitos atribuíram esse fato à proteção das deidades que habitam o Tsushima Jinja.

A partir do período Taisho, muitos pais adquiriram o hábito de visitar o santuário para rezar por seus filhos, para protegê-los contra doenças e infortúnios.

No entanto, o santuário não está aberto para visitantes em qualquer dia do ano. A visita ao santuário só é permitida nos dias 4 e 5 de agosto, em pleno auge do verão japonês, que é quando acontece um festival no local.

Esta é a única razão pelo qual a estação de trem Tsushima no Miya funciona apenas dois dias ao ano. Como o santuário encontra-se em uma ilha, era preciso atravessar com um barco até a margem, mas hoje em dia, existe uma longa ponte e a travessia pode ser feita a pé.

japankankou.jp

Você deve estar se perguntando: E os outros 363 dias ao ano? É possível burlar a regra e visitar o santuário? Não! O santuário não pode ser visitado por ninguém além da data permitida. E a regra é tão séria que até as tábuas da ponte que levam até o santuário são removidas!

d.hatena.ne.jp

Quanto à estação Tsushima no Miya, as instalações são pra lá de modestas. Na verdade, a bilheteria parece mais um galpão de ferramentas do que uma estação! Talvez a explicação seja o fato de funcionar apenas 48 horas por ano, apesar do tráfego ser intenso nessa ocasião já que o santuário Tsushima Jinja recebe mais de 10.000 visitantes.

notte.val.jp

Claro, a estação também é um bom point para os tecchan, nome dado aos otaku de trem do Japão, que gosta de colecionar bilhetes de estações de trem de todo o país. Com isso, podemos imaginar que adicionar um bilhete da estação Tsushima no Miya à sua coleção seria um grande motivo de orgulho para muitos amantes de locomotivas!

Então, se você está procurando algo para fazer durante o verão, que tal fazer uma visita ao Santuário Tsushima Jinja? Além de poder conhecer um lugar pitoresco e uma estação de trem pra lá de peculiar, ainda vai ter a oportunidade de apreciar um belo cenário que só a região de Shikoku pode proporcionar. Tenho certeza que não vai se arrepender!

Twitter: @mitoyoshikanko
Twitter: @mitoyoshikanko


Link do vídeo (YouTube)

Fonte: rocketnews24.com

Quer Aprender Japonês?

2 Comentários

  1. Nicolas Cintra

    Uma frase escrita na horizontal, perde seu sentido se for escrita na vertical??

  2. Obrigada pela cumprimentos, apareça toda vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *