Um guia de como obter internet em sua viagem ao Japão!

Um guia para obter internet em sua viagem ao Japão

Um guia de como obter internet em sua viagem ao Japão!

Uma das preocupações de quem viaja ao Japão ao turismo é em relação à acessibilidade Wi-Fi ou conexão à internet. Sem dúvidas nenhuma, se conectar à internet é muito importante pra quem está visitando o Japão pois através dela podemos acessar mapas, postar fotos dos locais visitados nas redes sociais ou falar com familiares que estão no Brasil.

Mas não se preocupe! Existem diversas maneiras para ter acesso à internet no Japão – e acredite, é mais fácil e mais barato do que imginamos. Aqui estão 7 maneiras de se conectar facilmente à Internet enquanto você estiver “turistando” na “Terra do Sol Nascente”.

1. Registrar-se a um serviço Wi-Fi

Se você já esteve no Japão antes, sem o seu próprio Wi-Fi, talvez tenha notado que existem certas redes bloqueadas que aparecem na busca Wi-Fi do seu telefone. Mas essas redes podem ser acessadas se você estiver conectado a um serviço Wi-Fi.

Para isso, basta baixar um aplicativo e com isso poderá acessar essas redes bloqueadas nos locais onde estiverem disponíveis. Confira abaixo alguns dos aplicativos atuais disponíveis nos quais você tem a possibilidade de ter acesso à internet via Wi-Fi no Japão:

a) Docomo Wi-Fi for visitor

No Japão, existem alguns hotspots Wi-Fi que só podem ser acessados ​​se você tiver uma certa operadora de telefonia celular. Mas caso você seja um turista, você pode pagar antecipadamente e criar uma conta para usar os pontos de acesso da NTT DOCOMO.

São mais de 100 mil hotspots Wi-Fi da NTT DOCOMO disponíveis em todo o Japão e você pode escolher um plano de um dia por ¥ 388 (cerca de 3.50 dólares), uma semana por ¥ 972 (cerca de 9 dólares) e 3 semanas por ¥ 1,404 (cerca de 13 dólares).

Site: docomo Wi-Fi for visitor

b) Travel Japan Wi-Fi

Depois de baixar e instalar o aplicativo, que está disponível na iTunes Store ou na Google Play Store, você poderá usá-lo a qualquer momento, desde que a configuração do Wi-Fi do seu telefone esteja ativa. Seu telefone então se conectará automaticamente ao ponto mais próximo, ou irá dizer-lhe o ponto mais próximo e uma rota a pé de como chegar lá.

São mais de 200 mil hotspots Wi-Fi. Você também receberá dicas de viagem e recomendações de onde ir e onde comer que são específicos da área em que você está. Além disso, o aplicativo está disponível em vários idiomas diferentes e é inteiramente gratuito.

Site: TRAVEL JAPAN WiFi

c) Japan Connected-Free WiFi

Este aplicativo também vem em vários idiomas e está disponível para android e ios. Depois de instalar o aplicativo e se registrar, o uso dele é simples: depois de ativá-lo, basta clicar em “procurar” e o app mostrará um mapa dos pontos Wi-Fi mais próximos. Depois de chegar no local, basta clicar no botão “conectar” e pronto, você estará conectado!

São mais de 160 mil hotspots Wi-Fi. Além disso, o aplicativo está disponível em vários idiomas diferentes e é gratuito assim como o Travel Japan WiFi e o Free Wifi Passport.

Site: Japan Connected-Free WiFi

d) Free Wi-fi Passport

Um guia para obter internet em sua viagem ao JapãoEste serviço é hospedado pela operadora SoftBank, que possui o maior número de pontos de acesso wi-fi no Japão, cerca de 400.000. Para isso basta baixar o aplicativo e usufruir do eficiente serviço de Internet de alta velocidade, e tudo isso gratuitamente.

Tudo o que você precisa fazer é configurar o provedor de roaming do seu telefone para o SoftBank. O serviço está disponível para android e ios. Você pode usar este serviço por até duas semanas. Após esse período, é necessário solicitar uma nova senha.

Site: Free Wi-fi Passport

d) JAL Explore Japan Wifi

Desde 2010, a JAL (Japan Airlines) não opera mais voos entre Brasil e Japão, mas se você estiver vindo de outro país para o Japão pela JAL como turista, você tem a oportunidade de receber um nome de usuário e uma senha grátis para usar o aplicativo Wi-Fi da JAL.

Com o aplicativo, você obtém acesso ilimitado a mais de 200.000 pontos de acesso Wi-Fi em todo o país. Além disso, o app pode te ajudar a encontrar restaurantes, cafés e lojas perto da sua localização, além de enviar notificações com cupons de descontos.

Site: JAL Explore Japan Wifi

Prós e Contras em registrar-se a um serviço Wi-fi

Prós:
– Simples de usar e disponível em vários idiomas.
– O download e o uso dos aplicativos são gratuitos na maioria das vezes.
– Os pontos de acesso estão em vários lugares, especialmente em áreas turísticas.
– Alguns aplicativos permitem que você os use e conecte-se por até duas semanas.

Contras:
– A rede pode ser lenta ou muito ocupada, dependendo de onde você estiver.
– Embora as redes estejam amplamente disponíveis, não estão disponíveis em todos os lugares.
– Se você ficar no Japão há mais de duas semanas, sua conectividade com a Internet expirará.

2. Alugar um roteador Wi-Fi (Pocket Wi-Fi)

Se você deseja transportar seu próprio Wi-Fi pessoal, a opção é ter um Wi-Fi de bolso. Você pode mandar com antecedência e enviar o dispositivo diretamente para o seu hotel ou onde estiver hospedado, ou então aluga-lo em um quiosque no aeroporto.

Depois de terminar de usar o dispositivo, você pode enviá-lo de volta para o provedor – às vezes seu hotel ou albergue pode até fazer isso por você. Ou você pode simplesmente deixá-lo em um local designado, ou de volta ao aeroporto antes de embora.

Algumas empresas exigem que você preencha um formulário antes de solicitar o dispositivo, e alguns têm taxas extras relacionadas a seguro, manuseio e / ou entrega. Enfim, existem muitas opções de dispositivos portáteis para alugar no Japão com preços diferenciados entre eles. Abaixo, disponibilizamos algumas empresas que oferecem esse serviço.

Air’s

G-Call

Ninja WiFi

JAL ABC Rental Phone

Genki Mobile

Rentafone Japan

PUPURU

SoftBank Global Rental

Telecom Square

Pocket Wifi (Japan Rail Pass)

WiFi-HIRE.com

Global Advanced Communications

Japan Wireless

Sakura Mobile

eConnect

Prós e Contras em alugar um Pocket Wi-fi

Prós:
– Você não precisa procurar hotspots Wi-Fi – você tem o seu próprio, e está protegido por senha.
– Funciona na maioria das áreas, especialmente as metropolitanas.
– Para preservar a bateria, pode desligá-lo quando não estiver em uso.

Contras:
– Nem sempre funciona em áreas mais rurais.
– Tem que carregá-lo sempre com você para usa-lo.
– Só funciona se estiver a uma certa distância do seu telefone.
– Se você usar muitos dados ao mesmo tempo, ou se estiver conectado a muitos dispositivos, a velocidade de conexão diminui.

3. Alugar um cartão SIM

Você também tem a opção de alugar um cartão SIM para usar no seu próprio telefone, no entanto vale lembrar que no caso do iPhone, terá que ser um iPhone 4 ou um modelo mais novo. Ele também deve estar desbloqueado para que seja possível usar o cartão SIM do Japão.

Alugar um cartão SIM é feito da mesma maneira do Pocket Wi-Fi. É recomendado que você alugue assim que chegar no aeroporto, pois pode ser mais complicado para obter um depois. Alguns serviços fora do aeroporto podem exigir que você tenha uma residência fixa no país.

Assim, como o Pocket Wi-fi, existem muitas empresas que oferecem aluguel de um cartão SIM, com regras, especificações, restrições e preços diferentes. Segue abaixo o link de alguns serviços de aluguel de SIM CARD oferecidos no Japão.

Prepaid SIM for Japan

BIGLOBE NINJA SIM

b-mobile

PAYG SIM

Japan Travel SIM

T-SIM

Mobal

Wi-Ho! Prepaid SIM

So-net Prepaid LTE SIM

Prós e Contras em alugar um cartão SIM

Prós:
– Você não precisará se preocupar em encontrar um hotspot de Internet ou transportar um Pocket Wi-Fi.
– Com um cartão SIM, você também terá um número de telefone onde poderá fazer e receber chamadas locais no Japão.

Contras:
– Você terá que ter um telefone compatível com o cartão SIM.
– Tem que ter cuidado para não esquecer de devolve-lo antes de deixa o Japão.

4. Alugar um smartphone no Japão

Várias empresas alugam smartphones que incluem dados ilimitados e conexões Wi-Fi. Isso pode ser de grande valor, pois os dispositivos podem ser usados para fazer e receber chamadas e também para se conectar à internet em qualquer lugar.

É possível alugar um telefone em quiosques nos principais aeroportos japoneses. Também é possível fazer o pedido pela internet e receber o smartphone em sua casa ou hotel e devolve-lo no aeroporto antes de ir embora ou pelo correio, dependendo da empresa.

As tarifas para telefones de aluguel variam, mas geralmente custam cerca de 200 a 500 ienes por dia para telefones comuns ou 1000 a 2000 ienes por dia para smartphones. Podem ser cobradas taxas adicionais para chamadas, mensagens, dados móveis, seguros, etc.

As tarifas normalmente custam de 40 a 100 ienes por minuto para chamadas locais, enquanto as recebidas são gratuitas. As tarifas internacionais variam de acordo com o país ao qual você está ligando. Algumas empresas dão desconto para reservas antecipadas.

5. Usando Wi-Fi gratuito


Há muitos locais no Japão que oferecem Wi-Fi gratuito tais como lojas de conveniência, estações de metrô e lojas de departamento. Além disso, muitas cidades turísticas como Kyoto, Nara e Osaka oferecem wi-fi exclusivo para turistas. Confira algumas opções abaixo:

JR West Free Wi-Fi: Este serviço está disponível no aeroporto internacional de Kyoto, Osaka, Kansai, Hiroshima, Kanazawa e outras principais estações JR West. Procure os centros de informações nas estações de Kyoto, Osaka, Tennōji Mio e aeroporto internacional de Kansai.

Hankyū Hanshin Welcome Wi-Fi: Este serviço está disponível em todas as estações das linhas Hankyū e Hanshin que conectam Kyoto, Osaka e Kobe, incluindo lojas de departamentos de Hankyū e Hanshin, como o Grand Front Osaka. O serviço padrão permite aos usuários até três sessões de wi-fi gratuitas de 15 minutos por dia, mas existe uma opção onde é possível desfrutar de sessões gratuitas ilimitadas durante um período fixo de três dias.

Kyoto Wi-Fi: Em Kyoto, os turistas podem usufruir até 24 horas de wi-fi gratuito disponível em cerca de 1.400 pontos de acesso dentro da cidade, incluindo estações de metrô, paradas de ônibus, lojas de conveniência Seven Eleven, McDonald’s e instalações turísticas, como o Museu Internacional de Manga de Kyoto. Para se conectar à um hotspot na cidade, basta procurar “Kyoto Wi-Fi” no menu w-fi do seu smartphone, tablet ou notebook.

Osaka Free Wi-Fi e Osaka Free Wi-Fi Lite: Esse serviço fornece acesso wi-fi gratuito a cerca de 4000 pontos de acesso em Osaka, incluindo estações de trem e metrô, hotéis, restaurantes e lojas. O Osaka Free Wi-Fi oferece sessões de 1 hora de acesso por dia, enquanto o Osaka Free Wi-Fi Lite oferece um total de quatro sessões de acesso de 30 minutos por dia.

Kobe Free Wi-Fi: Para se inscrever para o serviço wi-fi gratuito fornecido pela cidade de Kobe, vá para uma das áreas de distribuição para receber um cartão Wi-Fi gratuito da Kobe contendo um ID e uma senha gratuita. O cartão é válido por uma semana e fornece acesso wi-fi em mais de 3.000 pontos de acesso em Kobe, incluindo aeroporto, estações ferroviárias e McDonald’s.

Nara Free Wi-Fi: Este serviço permite aos usuários acessar wi-fi gratuito nas estações JR Nara e Kintetsu Nara, bem como alguns pontos turísticos como Kōfukuji, Tōdaiji, Kasugataisha e ao redor de Nara Park. Para acessar o serviço, selecione “Nara_Free_Wi-Fi” no menu wi-fi em seu smartphone ou outro dispositivo e, em seguida, clique para aceitar os termos e condições.

Kyūshū Free Wi-Fi: Este serviço oferece acesso wi-fi gratuito nas sete províncias de Kyūshū. O acesso está disponível nos locais registrados no Kyūshū Free Wi-Fi Project via Japan Connected-free Wi-Fi app. Para ter acesso a mais informações turísticas do Kyūshū e cupons de desconto, baixe o aplicativo Japan Travel Guide no celular ou tablet.

6. Encontrar um Internet Café

Os internet cafés ou Manga Cafe” são uma boa opção para quem quer usar internet. Na verdade, muitos deles funcionam como dormitórios onde é possível passar a noite e possuem até chuveiros. São encontrados com mais facilidade em grandes centros.

7. Encontrar um dengen cafe

Um dengen café significa literalmente um café “com fio” ou “elétrico”. Muitas vezes, encontrar um dengen café significa que você encontrará possivelmente um lugar com tomadas para carregar seu laptop ou telefone, acessibilidade LAN (se você tiver um cabo) e Wi-Fi.

A parte mais difícil é encontrar um Dengen café. O site Dengen Cafe é apenas em japonês, mas se você é capaz de navegar através dele, é extremamente útil, pois você pode pesquisar por área e sub-área. Esse cafe pode ser encontrado em praticamente todo o Japão.

8. Encontrar um café com Wi-Fi gratuito

Algumas cafeterias oferecem Wi-Fi gratuito. Nada melhor do que recarregar as baterias e acessar a internet enquanto degusta um delicioso cafe. Confira algumas opções:

Starbucks: Um serviço de wi-fi gratuito é fornecido nos Starbucks cafés em todo o país. Para usar o serviço, basta acessar a rede “at_STARBUCKS_Wi2” no menu do wi-fi d seu celular.

Tully’s Coffee: Esta rede de cafés oferece Internet gratuita em cerca de 100 lojas em todo o país. Para acessar o serviço, selecione “tullys_Wi-Fi” no menu wi-fi no seu smartphone ou outro dispositivo e, em seguida, clique em aceitar os termos e condições.

Freshness Burger: Para acessar, selecione “FRESHNESS_Wi-Fi” no menu wi-fi em seu smartphone ou outro dispositivo e forneça um endereço de e-mail junto com outras informações. Não há limitação no número de vezes ou duração em que o serviço pode ser acessado.

Fontes: tsunagujapan.com, nippon.com, japan-guide.com, expatsguide.jp

Quer Aprender Japonês?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *