Pensando em voltar para o Brasil? Confira essas dicas!

Dicas para se dar bem no Brasil

Pensando em voltar para o Brasil? Confira essas dicas!
Durante mais de duas décadas, o Japão tem sido o lar de milhares de brasileiros, que deixaram o país e partiram rumo a um futuro desconhecido, carregando sonhos e objetivos na bagagem. No início da odisseia que é viver na Terra do Sol Nascente, muitas são as barreiras a serem quebradas e os desafios a serem vencidos. Afinal, o Japão fica literalmente no outro lado do mundo e é necessário disposição para se adaptar a uma nova cultura, que apesar de extraordinária, é tão diferente da nossa.

A adaptação pode ser rápida para algumas pessoas e mais demorada para outras. Mas geralmente, quando esta adaptação ocorre, os planos iniciais mudam. A ideia de ficar 3, 4, 5 anos, é estendida para um tempo maior. Alguns vão ainda mais longe, adotando o Japão como seu lar definitivo.

No entanto, muitos seguem firmes em seus objetivos de fazer um bom pé de meia na Terra do Sol Nascente e só então retornar ao Brasil em busca da realização dos seus sonhos, seja pagar os estudos, comprar uma casa ou abrir um negócio próprio. Mas infelizmente, esta não é uma tarefa fácil.

Readaptação e a Síndrome do Regresso

Ao retornar ao Brasil, muitos brasileiros que moraram no Japão precisam passar por uma readaptação. Vale lembrar que a maioria também sofre com a chamada Síndrome do Regresso, uma espécie de abstinência do lugar onde viveu por tanto tempo, causando frustração e até depressão.

De qualquer maneira, pra quem está determinado a se fixar no Brasil de vez, é necessário arregaçar as mangas e ir à luta e evitar fazer comparações desiguais entre os dois países pois só fara a readaptação ser mais difícil. Ao invés disso, é interessante que o dinheiro, a experiência e os conhecimentos profissionais adquiridos lá fora sejam usados de maneira adequada no Brasil.

Mas qual a maneira adequada para investir tudo isso que adquiriu lá fora? Nas próximas linhas, daremos algumas dicas que podem lhe ajudar com isso. Não deve ser visto como um manual ou algo do gênero, pois são dicas bem gerais que podem lhe servir ou não. É preciso que você verifique se estão de acordo com suas pretensões e se valerá apena pensar dessa maneira.

Dicas para quem está retornando do Japão

Voltando para o Brasil? Confira algumas dicas para se dar bem

1. Colha todos os frutos que deixou pra trás

Se você está decidido em viver no Brasil definitivamente, não esqueça de todos os direitos que tem em relação ao tempo de trabalho no Japão. Como exemplos, podemos citar os impostos retidos e o nenkin (aposentadoria paga através do Shakai Hoken). Dependendo do tempo que contribuiu, você pode receber um bom montante de dinheiro que se bem aplicado pode render muito mais.

Caso tenha dúvidas sobre esse assunto, confira este artigo com as dúvidas mais frequentes sobre o reembolso do Shakai Hoken. Milhões de ienes são “esquecidos” pelos estrangeiros depois que retornam aos seus países de origem. Não faça parte dessa estatística, afinal é um direito seu.

2. Invista bem seu dinheiro

Se estiver retornando ao Brasil com um bom pé de meia, pense bem como irá investir esse dinheiro guardado para que ele não vire pó. É importante ter em mente que o Brasil não vive sua melhor fase e por isso, cuide bem do seu dinheiro para que ele não desvalorize. Se não for usa-lo de imediato, procure o gerente do seu banco para que ele lhe oriente sobre as melhores formas de rentabilização.

Como diz aquela velha canção, “Dinheiro na mão é vendaval”. Sendo assim, para que seu tempo de trabalho lá fora não seja em vão, não deixe o dinheiro parado para evitar a tentação de gastá-lo com coisas triviais. Venha para o Brasil já com um propósito, mesmo que venha sem emprego garantido. Pesquise bem como anda o mercado brasileiro, para que não tome decisões precipitadas e desastrosas.

3. Valorize a experiência adquirida

Pela questão do idioma ou mesmo do conhecimento de vida adquirido que é muito valorizado, é importantíssimo que a pessoa que está retornando ao Brasil saiba usar a seu favor essas experiências. A fluência no idioma japonês ou qualquer outro curso de capacitação profissional feito no Japão (até mesmo cursos na área da beleza ou coaching), podem abrir muitas portas no Brasil

Na hora de preencher um currículo, não hesite em colocar todos os conhecimentos profissionais que você achar válido, assim como os cursos que foram feitos. Demonstre para que serviu esse aprendizado e de que maneira ele poderá colaborar na sua formação profissional dali em diante.

4. Estude e trabalhe em algo que tenha afinidade

Procure por cargos que, de alguma maneira, valorizarão aquilo que você desenvolveu de melhor lá fora. Se o seu japonês (ou qualquer outro idioma que aprendeu tal como inglês) tornou-se um diferencial, invista nele. Se trabalhou em fábrica e adquiriu experiência no ramo, invista nisso. É assim que você conseguirá transformar esse tempo lá fora em algo para sua vida profissional.

Mas é importante que você se identifique com o ramo que irá atuar pois disso dependerá sua permanência no Brasil. A insatisfação no campo profissional pode fazer com que a intenção de fixar-se no Brasil escorra por água abaixo. Não deixe de estudar, pois isso vai ajuda-lo a criar uma base sólida em qualquer área profissional que escolher, além de trazer motivação para seguir em frente.

Minhas considerações finais

Embora o Japão seja um país que proporciona um ótimo padrão de vida pra quem se dedica ao trabalho, é natural que muitas pessoas desejem retornar ao Brasil, especialmente por causa dos familiares que aqui vivem. Retornar ao Brasil não é uma decisão fácil para muitas pessoas especialmente por causa da instabilidade econômica e falta de segurança que o país vive.

Por isso, deve ser uma decisão bem pensada, sem esquecer os prós e contras que essa decisão implica. É importante estar plenamente consciente com os problemas que o Brasil enfrenta e estar preparado não só financeiramente como psicologicamente para este retorno.

Pense sempre na sua felicidade e se resolver voltar ao Brasil, venha de coração aberto pois só dessa forma conseguirá passar por todos os percalços que irá encontrar pelo caminho. Boa Sorte!!! 🙂

Quer Aprender Japonês?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *