Como uma técnica japonesa ajudou a mudar a paisagem no Afeganistão

deserto de gamberi, Nangarhar

Descubra como um sistema de irrigação trazido do Japão ajudou a trazer vida vegetal e fertilidade a um deserto no Afeganistão!

Tetsu Nakamura (中村 哲) é um médico japonês premiado em 2003 com o Prêmio Ramon Magsaysay para a Paz e Compreensão Internacional. Ele dedicou sua obra aos refugiados na fronteira Afeganistão / Paquistão, onde tem prestado ajuda humanitária há muitos anos.

Como diretor de Serviços Médicos da Paz (PMS), o Dr. Tetsu Nakamura, lançou o projeto “Green Ground Project” em 2003. Combinando técnicas tradicionais do Afeganistão e do Japão, foi criado um sistema de irrigação que abrangeu 16.500 hectares do árido deserto de Gamberi, permitindo o assentamento de cerca de 60.000 novos moradores na região.

“A tecnologia de irrigação tradicional japonesa do século 18 foi adaptada na região para melhorar a agricultura, trazer uma fonte estável de água mesmo durante as secas ou inundações e também melhorar a qualidade de vida (incluindo a segurança pública) da comunidade local”, disse o Embaixador do Japão em Cabul, Hiroshi Takahashi.

Após 10 anos de projeto, olha o que aconteceu:

deserto de gamberi, Nangarhar 5

Impressionante não é mesmo? Graças ao sistema de irrigação, a agricultura está voltando para a área e aproximadamente 150 mil pessoas retornaram para a região. Além disso, espera-se que a área verde se expanda cada vez mais. A mudança no ambiente também ajudou a reduzir a incidência da criminalidade que assolava a região décadas antes.

Agora é possível ver florestas exuberantes e áreas cultiváveis no deserto de Gamberi, localizado na província de Nangarhar. Nasir Ahmad Durrani, Ministro da Reabilitação e Desenvolvimento Rural (MRRD) ficou tão fascinado com o resultado do projeto, que pediu cooperação ao Japão para a implementação em seis outras províncias do Afeganistão.

Com esse exemplo, percebemos que a simplicidade pode ser a solução de diversos problemas. Pelo menos nesse caso, foi um sucesso pois trouxe área verde para um local inóspito. Não é a toa que muitos tem chamado o projeto de “O Milagre no Deserto de Gamberi”.

Fonte: Embaixada do Japão no Afeganistão (Facebook)

Quer Aprender Japonês?