Kenzabure e Hikari Oe – Um Amor Especial

Kenzaburo e Hikari

Kenzabure e Hikari Oe – Um Amor Especial

Hoje vim compartilhar com vocês uma história que li recentemente e que achei muito bonita e emocionante. É sobre Kenzuburo Oe, um escritor japonês famoso que chegou a receber o Prêmio Nobel de Literatura em 1994 por diversas obras literárias, nas quais expressa o amor incondicional por seu filho.

Hikari Oe nasceu no dia 13 de junho de 1963 com uma lesão cerebral grave que o deixou seriamente comprometido não só psicologicamente, como fisicamente. Desde o seu nascimento, Hikari tem influenciado a carreira literária de seu pai. Em 1964, Kenzaburo escreveu o livro Kojinteki na Taiken (Uma Questão Pessoal) onde descreve sua dor ao aceitar uma criança especial em sua vida.

Kenzaburo Oe e seu filho Hikari

Hikari e Kenzaburo Oe

Com o nascimento do seu filho, o escritor mergulhou na mais profunda depressão. Ele chegou a ouvir dos médicos que seu filho seria um “vegetal” para o resto da vida e que seria melhor deixá-lo morrer. Nessa mesma época, Kenzaburo Oe foi à Hiroshima fazer uma reportagem sobre os sobreviventes da Bomba Atômica.

Ao chegar no maior hospital de tratamento das vítimas da radiação, Oe entrevistou vários médicos e viu como eles estavam estarrecidos com aquela situação, sem saberem direito como lidar com aquilo. Mas mesmo assim, Oe presenciou a incrível força de vontade dos médicos em cuidar dos seus pacientes da melhor maneira possível, amenizando um pouco o sofrimento deles.

Kenzaburo, que nesse momento vivia um grande drama familiar, sentiu-se envergonhado por não aceitar seu filho especial. Mas sua experiência em Hiroshima serviu para que desse uma reviravolta na sua forma de pensar e de aceitar a situação. Resolveu que deixaria o abatimento de lado e que a partir daquele momento iria lutar com todas as forças pela vida de seu filho.

Um Amor Especial

Kenzaburo e Hikari

Hikari necessitava ser submetido a uma cirurgia de risco para a retirada de uma hérnia cerebral. Os médicos haviam dito que caso sobrevivesse poderia ficar incapacitado para o resto da vida, vivendo praticamente como um vegetal. Aconselharam que a morte seria a melhor solução para esse caso, mas a família Oe assumiu todos os riscos e autorizou a cirurgia.

Hikari sobreviveu, embora seu diagnóstico não fosse nada animador: Ele teria que conviver pra sempre com a epilepsia, autismo, deficiência visual e coordenação física limitada. Hikari nunca aprendeu a falar além de algumas palavras aleatórias e através de suas obras literárias, Kenzaburo passou a dar “voz” ao seu filho.

Kenzaburo percebeu que o nome Hikari, que significa “Luz” tinha tudo a ver com seu filho, pois sua existência iluminou o lado obscuro da sua consciência e despertou seu lado bom. O que de início parecia ser um “fardo” gradualmente tornou-se um presente pois Hikari ensinou-lhe lições valiosas e deu um novo sentido à sua vida.

Hikari e o canto dos pássaros

Quando Hikari completou 6 anos, algo extraordinário aconteceu. Durante um passeio com seus pais, Hikari ouviu o canto de um pássaro e imediatamente o identificou. Seus pais ficaram tão maravilhados, que resolveram comprar uma porção de CDs com cantos de pássaros e também contrataram uma professora de piano para que Hikari pudesse se expressar através da música.

Em vez de falar, Hikari começou a expressar seus sentimentos através das suas composições musicais. Sim, aquele que os médicos disseram que seria um “vegetal” para o resto da sua vida, tornou-se um músico e compositor conceituadíssimo no Japão. Seu primeiro CD vendeu mais de um milhão de cópias nos primeiros anos de lançamento.


Link do vídeo (Youtube)

A música com certeza ajudou Hikari a se comunicar, e através dela conseguiu botar pra fora todo seu sofrimento e seus traumas. Já Kenzaburo, usava seus livros para dar a “voz” ao seu filho, pois se inspirava nele para compor vários de seus personagens fictícios. A arte ajudou ambos a superarem esses obstáculos impostos pela vida e pelo destino.

Hoje aos 51 anos Hikari continua a ter suas limitações, mas já ganhou diversos prêmios relacionados à música clássica. Realmente, um cara vitorioso que tem se superado a cada dia. Ele raramente usa palavras para se expressar. É na música que encontra suas formas mais diretas de expressão e onde mostra sua sensibilidade em relação ao mundo que o rodeia.

Uma história de superação e de amor incondicional dos pais por um filho, que nunca deixaram de acreditar no seu potencial por causa de suas limitações. Pra quem se interessou pela história, vale a pena ler o romance Uma Questão Pessoal, de Kenzaburo Oe (Companhia das Letras). O livro pode ser encontrado na Livraria Saraiva.

Abaixo, um pequeno vídeo mostrando Hikari Oe. Está em francês, mas fala basicamente sobre o seu dia a dia com a música. Espero que gostem! 😉


Link do vídeo (Dailymotion)

Referências: Wikipedia, Revista Veja

Quer Aprender Japonês?

5 Comentários

  1. Ziza

    amei!!!

  2. Jéssica

    Poxa, que emocionante T.T

  3. A fé move montanha.

  4. Pandora

    Filho e uma bencao de Deus , Nao importa como venha .com saude sem , com visao sem, devemos ama-lo e respeitar a vontade de Deus. Nada e por acaso.

  5. Cazuo Matsuda

    O homem vale pelo que tem dentro de sua cabeça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *