Natal e a tradição Kentucky (KFC)

Natal e a tradição Kentucky

Kentucky Fried Chicken (KFC) – ケンタッキー フライド チキン

Como a maioria das pessoas sabem, o Natal no Japão é uma data com significado puramente comercial, embora venha se popularizando nos últimos anos. Essa popularidade rendeu um costume bastante inusitado entre os japoneses: Na véspera de Natal, pessoas chegam a ficar horas esperando na fila para comprar um baldão com frangos fritos, no KFC (Kentucky Fried Chicken), uma rede de Fast Food.

Na frente de todo Kentucky, há uma réplica de uma estátua do Coronel Sanders, fundador da rede. Na época de Natal é comum encontrá-lo fantasiado de Papai Noel. Sua semelhança com o bom velhinho com certeza ajudou a propagar a tradição de comer frango frito do KFC, entre as famílias japonesas. Dá uma olhada:


Um pouco sobre a história do Kentucky:
O KFC ou Kentucky Fried foi criado por Harland David Sanders, mais conhecido como Coronel Sanders em 1939, na cidade americana de Corbin, no estado do Kentucky (Dai a origem do nome da rede). Nascido no dia 9 de setembro de 1890 em Henryville, Indiana, o coronel Sanders teve várias profissões ao longo da sua vida.

Quando ele começou, acredito que ele nem imaginava que fosse ter uma grande cadeia de franquia internacional, pois começou de forma humilde, servindo frango frito em uma bomba de gasolina que possuía em Corbin. Mais tarde, passou a servir em um restaurante e motel que comprou do lado oposto da rua.


Seus principais fregueses eram viajantes que se dirigiam para a Flórida. Depois de um tempo, coronel Sanders vendeu a bomba e o restaurante, viajando pelo país, tentando vender o seu frango a donos de restaurantes. Conseguiu acordos que lhe garantiam o pagamento de 3 cêntimos de dólar por cada pedaço de frango vendido.

A rede foi crescendo e se espalhando para outros países, até que em 1964 o Coronel Sanders vendeu a rede completa KFC pelo valor que hoje corresponderia a cerca de 10,2 milhões de dólares, desde então, a marca foi vendida mais três vezes, sendo a mais recente à PepsiCo, que em 1997 deu origem a uma nova empresa filial, especializada em restaurantes, hoje chamada Yum! Brands, Inc.

A receita secreta do tempero do frango, à base de 11 ervas e especiarias que garantiu o sucesso da franquia do Kentucky é guardada a sete chaves. Dizem que a receita original manuscrita está muito bem guardada em uma caverna em Louisville, em Kentucky. O mito do “ingrediente secreto” é uma das razões que sustentam a marca. O Coronel Sanders faleceu em 16 de dezembro de 1980, com 90 anos.

Quando começou a tradição

O KFC abriu seu primeiro restaurante em Nagoya, em 1970, um ano antes do McDonalds e hoje são 1.150 restaurantes espalhados em todo o Japão. Segundo a lenda, a ideia de comer frango frito na véspera de Natal, partiu de estrangeiros que moravam no Japão e que sentiam falta de comer um bom peru no Natal.

Como o KFC era novidade no Japão na época, os “Gaijins” perceberam que o frango frito poderia de substituir o tradicional peru ou frango assado de Natal. Logo, essa ideia chegou aos ouvidos dos administradores e em 1974, iniciaram uma campanha publicitária, usando a imagem do coronel vestido de Papai Noel, dando início ao monopólio do KFC durante essa época natalina.


A disponibilidade e praticidade de comprar um frango assado com um tempero de 12 ervas e especiarias secretas é certamente um dos principais atrativos do sucesso de vendas durante a época natalina. Afinal, convenhamos que é bem mais prático comprar um balde de frango frito para comer junto com a sua família, do que todo o trabalho de assar um chester, peru, ou qualquer outro assado.

Ainda mais que 25 de dezembro não é feriado no Japão e muitas vezes cai no meio da semana, dia comum de trabalho no Japão. Enfim, devido a grande demanda de pedidos nessa época do ano, muitos japoneses resolvem reservar os baldes de frango com meses de antecedência, para evitar pegar fila no dia 24 de dezembro.


E pensar que em 1974, quando a empresa lançou sua primeira campanha “Kurisumasu ni wa kentakkii!” (Kentucky para o Natal!), ninguém acreditou que seria tão bem sucedido como provou ser através dos anos que passaram.

A partir de então, a tradição só foi crescendo gradualmente e acabou se tornando um símbolo gastronômico natalino. Sua ligação com o Natal se solidificou tanto quanto os Bolos de Natal da marca Fujiya, que desde 1920, tornaram-se também um item indispensável no Natal da maioria das famílias japonesas.

Aliás, tanto o frango do Kentucky como o bolo do Fujiya são deliciosos e recomendo a todos que um dia experimentem, caso tenham a oportunidade. Hoje em dia, a garota propaganda das campanhas publicitárias do Baldão de Frangos de Natal KFC é a atriz Haruka Ayase. Veja comerciais do KFC com a participação dela:

O mais curioso é que no Japão, muitas pessoas acreditam que a rede Kentucky é japonesa ou então que a estátua em tamanho real que fica em frente as lojas da rede, não se trata do Coronel Sanders, fundador do Kentucky e sim do próprio Papai Noel :shock::lol:. Mas enfim, o que você achou dessa tradição natalina? Deixe sua opinião!

Quer Aprender Japonês?

2 Comentários

  1. Pingback: Kurisumasu keki - Bolos de Natal no Japão | Curiosidades do Japão

  2. Pingback: Maratona do Papai Noel em Kyoto | Curiosidades do Japão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *