Qual o real significado da palavra Otaku para os japoneses?


Significado de Otaku para os japoneses

Qual o real significado da palavra Otaku para os japoneses?

O termo “Otaku” (おたく) é uma palavra de origem japonesa que tornou-se conhecida no mundo todo, especialmente entre os amantes da cultura pop japonesa. No ocidente, Otaku se refere geralmente aos fãs inveterados de mangás e animes. No entanto no Japão, Otaku vai mais além, designando pessoas que se consideram fãs extremos sobre qualquer tipo de assunto ou hobby.

O termo “Otaku” é usado para ambos os sexos, mas nos últimos tempos surgiu o termo “Otome”, que em tradução literal significa “donzela” ou “garota pura”. Normalmente se refere às meninas que são obcecadas por algum hobby como cosplay, animes, games ou colecionam bonecas ou outros itens do universo feminino, mas que não querem se encaixar no estereótipo de nerds “feias” e “desajeitadas”.

A Origem do Termo Otaku

otaku-girl

Dizem que o termo Otaku se originou na década de 1970 como uma forma de se referir a um fã de anime ou ficção científica, que na época faziam parte da subcultura Moe. Por volta de 1989, um livro chamado “M no jidai”, de Akio Nakamori, descrevia um assassino em série que era obcecado por animes e mangás pornográficos, e recriava as histórias estuprando jovens garotas.

A história foi inspirada em um assassino real, Tsutomu Miyazaki. Na época, criou-se um grande tabu em volta do termo Otaku e ele passou a ser usado de forma pejorativa para designar qualquer indivíduo que se torna obcecado demais em relação a um determinado assunto.

Com o passar do tempo, o termo passou a ser associado também às pessoas sem muitas habilidades sociais, tais como os hikikomori, que preferem ficar reclusas em suas casas dedicando-se quase que exclusivamente aos seus hobbies e interesses. Paralelamente, muitos grupos de otaku foram surgindo de acordo com seus interesses em comum.

Alguns exemplos: anime (animação japonesa), mangá (histórias em quadrinhos), pasokon (computadores), gēmu (videogames), tetsudō (miniaturas, como trens de brinquedo), gunji (armas e coisas militares), auto otaku ou jidosha otaku (carros, em especial os kei-jidosha).

Otaku tem uma conotação negativa no Japão?

otaku-girl-japan

No ocidente, Otaku tem uma conotação negativa mais leve e é comum ver fãs de anime se auto denominarem otakus. Já no Japão, a reação das pessoas pode ser controversa. Enquanto algumas não ligam de serem chamadas de Otaku, outras podem até se sentir ofendidas com o termo. Trata-se de uma palavra subjetiva e sua interpretação depende muito do contexto em que é utilizada.

Na verdade, o termo é empregado de forma incorreta no Ocidente. O simples fato de gostar de assistir animes ou de ler mangás de vez em quando não faz de ninguém um Otaku. O diferencial está no interesse obsessivo e como sabemos, tudo que é em excesso se torna prejudicial para a saúde.

No Japão, a discriminação ocorre geralmente com os otakus nível hardcore, cuja obsessão interfere negativamente em sua vida social e familiar. Se você não se encaixa nessa situação, então pode ficar tranquilo, afinal todas as pessoas tem seus hobbies e interesses e não há nada de mal nisso.

Muito pelo contrário… ser expert em um assunto especifico pode até ser bom dependendo do caso. A nossa vida é movida pelas nossas paixões e são elas que nos ajudam a fazer escolhas importantes em nossas vidas, especialmente no que se refere à nossa carreira profissional.

E você o que acha do termo Otaku? Se considera um? Recebe olhares de reprovação pelas pessoas ao seu redor? É normal isso acontecer, afinal esse estranhamento ocorre pelo fato das pessoas não compartilharem a mesma paixão que você. O importante é ser feliz!!! (^_-)/

Referências: Japanese level up, Wikipedia

Quer Aprender Japonês?

8 Comentários

  1. stefanobahia

    tem gente se que apega de maneira obsessiva a n coisas! futebol, alcool, tv celular etc

  2. jaqueScully

    Adorei a matéria

  3. Ótimas matérias, realmente esse site é incrivel, todas as coisas que eu procuro encontro aqui, estão de parabéns

  4. Nara Leão

    Eu sou uma otaku light, sem excessos, hehe.

  5. Então foi assim que o termo ficou mal falado.
    Já tive minha época de otaku, hoje sou mais um Miku Fan, só que elevado ao Hardcore^^

  6. ” O importante é ser feliz!!! (^_-)/”

  7. Excelente artigo / matéria, nenhuma objeção, só uma dúvida (que não ficou clara para mim): qual a exata etimologia do nome otaku?

    A propósito, uma sugestão (caso você a considere e estime como algo viável): pode escrever falando sobre amerimanga, la nouvelle manga e americanime, que são as famosas misturas dos estilos do mangá e do anime com outros estilos da história em quadrinhos e da animação.

  8. Amei seus artigo sou um super otaku assisto em media a 5 ou 6 eps de animes por dia eu tambem tenho um blog ele não tem nada a ver com animes mais com desapego ao consumismo e vagabundagem se quiser da uma olhada lá http://www.souvagabundoprofissional.ga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *