Templo Kosanji em Hiroshima


Kosanji Templo

Templo Kosanji em Hiroshima

O Templo Kosanji está localizado na pequena ilha Ikuchijima, província de Hiroshima. O templo e os edifícios à sua volta estão listados como Tesouros Nacionais pelo governo japonês. A construção do templo começou antes da Segunda Guerra Mundial (1936) e levou mais de 30 anos para ser concluído.

Este templo está localizado na área de Setoda Onomichi e está associada com a seita Jodo Shinshu, divisão Honganji do budismo. Na verdade, é considerado uma reminiscência do paraíso da seita Jodo. Os jardins do templo abrangem cerca de 50.000 mts² e refletem a beleza evanescente e harmonia a cada estação.

Templo Kosanji 1

Foi construído pelo Reverendo Kosanji Koso de gratidão por sua falecida mãe. É um enorme complexo que inclui vários estilos diferentes de arquitetura, incluindo uma grande e moderna montanha de mármore chamada Miraishin no Oka que significa Monte da Esperança Eterna para o Futuro.

O mármore foi importado da Itália e apresenta algumas estátuas abstratas, como a estátua Torre de luz. Há também um restaurante italiano chamado Cafe Cuore, que também é feito de mármore. O Miraishin no Oka não tem nenhuma função religiosa. Ele é apenas uma das propriedades artísticas do Templo Kosanji.

Miraishin no Oka fotos

Algumas das outras artes do templo, incluindo obras de escultura budistas, pinturas, arte moderna e objetos relacionados à cerimônia do chá, situa-se dentro dos edifícios do Complexo.

Os edifícios impressionam por sua arquitetura e muitos visitantes mais experientes podem ter a sensação de déjà vu, ou seja aquela sensação de já ter estado naquele lugar.

Isso acontece porque várias estruturas do complexo foram modeladas nos mais belos monumentos do Japão, de várias Eras como Asuka, Nara, Heian, Kamakura e Edo.

Nos portões externos, percebemos a semelhança com o Shinshinden, do Palácio Imperial de Kyoto e o Chumon, uma réplica do Ramon de Horyu-ji de Nara.

O complexo do templo é composto de muitas “cópias” dos mais famosos exemplos de arquitetura de templos de todo o Japão. Este da foto acima seria uma réplica menor e melhorada do Yomeimon Gate de Nikko.

Kosanji Templo 1

Tem ainda o Koyo Gate, uma reprodução do Portão Yomeimon de Nikko e uma estrutura semelhante ao Byodoin Phoenix Hall, além das obras de arte expostas no Museu New Treasure House (Nova Casa do Tesouro).

Templo Kosanji Museu New Treasure House

O Museu abriga uma grande coleção de arte budista, a maioria do Japão, mas há alguns também da Coréia, como uma coleção de arte moderna e uma grande coleção de objetos que fazem parte da Cerimônia do Chá.

Outro destaque do templo é o Raihaido Hall, uma longa caverna construída no estilo arquitetônico da época Momoyamana, com uma infinidade de estátuas e quadros representando o inferno budista.

Templo Kosanji Caverna dos Mil Budas
É conhecida como Caverna dos Mil Budas e o seu labirinto de túneis e cavernas subterrâneas foi inteiramente construído pelo homem. É uma das grandes atrações que fazem parte do Complexo do Templo Kosanji.

Para conhecer o Complexo do Templo kosanji, incluindo o Museu, jardins, caverna, etc, deve-se pagar uma taxa de ¥1.200, mas vale a pena, pois há muito o que se explorar nessa área. Outro local que vale a pena uma visita na região de Hiroshima é o Santuário de Itsukushima localizado na ilha de Miyajima.

Confira o vídeo abaixo com o Templo Kosanji


Link do vídeo

Fontes de pesquisas: Japan Guide, City Onomochi Hiroshima, Ojisanjake

Quer Aprender Japonês?

4 Comentários

  1. Rodrigo

    Parece interessante!
    Fiquei cirioso para ver a caverna

  2. Risa Anshieta

    Interessantíssimo, a caverna é meio assustadora 😯 !

  3. Japão em Foco

    Oi Rodrigo e Risa!
    Realmente, a caverna parece ser bem sinistra não é…
    Também fiquei curiosa para conhecer…
    Pena que não tive a oportunidade!
    Obrigada pelos comentários! 🙂
    Abraços!

  4. Pingback: Os famosos Ovos Pretos de Owakudani | Curiosidades do Japão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *