A história por trás dessa fotografia, tocará seu coração!

📩 Clique aqui para receber nossos artigos por email!

caes-no-japao

Esta foto aparentemente corriqueira foi postada no Facebook e acabou sendo compartilhada por milhares de pessoas. E o motivo vai partir seu coração!

A pessoa que publicou essa foto, conta que estava dentro do carro em um estacionamento quando viu uma moça passeando com muitos cachorros. E eram muitos mesmo! Pediu permissão para registrar a imagem com uma câmera fotográfica. A primeira coisa que pensou era que se tratava de uma criadora de cães, mas estava redondamente enganado…

Perguntou-lhe se era criadora de cães e ela então revelou que havia ido busca-los em um abrigo para evitar que fossem sacrificados. A surpresa foi grande. Não havia passado pela sua cabeça que aqueles cães tinham sido abandonados por seus donos. E muito menos que aquela moça, estivesse na verdade salvando-os de uma morte implacável e iminente.

Apesar da tristeza em conhecer a triste realidade, onde pessoas são capazes de abandonar seus animais de estimação, é um alívio saber que também existem pessoas de bom coração, que fazem o que lhes é possível para evitar o triste fim para aqueles que, de uma hora pra outra, perderam o que mais amavam na vida: O amor e a proteção dos seus donos.

caes-no-japao

Milhares de animais de estimação são sacrificados injustamente em todo o mundo – e no Japão não é diferente. Cerca de 175.000 animais, entre cães e gatos são abandonados em abrigos anualmente; dos quais, 128.000 são sacrificados – o que corresponde a 70% do total.

É preciso conscientizar as pessoas que os animais não devem ser tratados como objetos descartáveis, e nem devem fazer parte de uma modinha passageira, na qual são bem tratados em um primeiro momento e em seguida menosprezados e abandonados à própria sorte.

Cuide com muito amor os animais que tiver em casa. E compartilhe essa mensagem com seus familiares e amigos para que ela possa chegar no coração de todos! 🙂

Fonte: grapee.jp

Quer Aprender Japonês?

1 Comentário

  1. Tâmara Moreira

    Não consigo entender como o ser humano é tão fútil e leviano ao tratar com tanto descaso outro ser vivo. Se não quer responsabilidade não adquira nada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *