A emocionante história de Mari e seus três filhotes

📩 Clique aqui para receber nossos artigos por email!

Mari e seus três filhotes 1

A incrível história de Mari e seus três filhotes

Histórias envolvendo cães sempre emocionam, ainda mais se forem baseadas em fatos reais. Dias atrás postei um vídeo no facebook e muitas pessoas ficaram emocionadas e curiosas em saber mais sobre a história. Resolvi pesquisar e descobri que a história aconteceu de verdade durante um terremoto em Niigata em 2004.

Este terremoto ficou conhecido como Chūetsu Jishin e aconteceu às 17:56 do dia 23 de outubro de 2004, num sábado, com uma magnitude máxima de 7 na escala japonesa de Shindo. O resultado do incidente foi de 69 mortes e cerca de 8 mil pessoas feridas. O maior dano foi o colapso das habitações.

O serviço de trem-bala, também conhecido como Shinkansen, foi seriamente afetado. Houve descarrilamentos, ruas completamente destruídas, liquefação do solo, pontes desabaram e edifícios destruídos, além de grandes deslizamentos de terra que bloquearam estradas deixando várias aldeias isoladas.

Trailer do filme sobre Mari


Link do vídeo (YouTube)

Conheça a história real

Na manhã fatídica de 23 de outubro de 2004, uma shiba inu chamada Mari deu à luz três filhotes de cachorro em um pequeno vilarejo da província de Niigata, chamado Yamakoshi. Naquela noite, um forte terremoto atingiu Niigata e devastou a vila, fazendo com que quase todas as suas casas desabassem, incluindo aquela em que Mari e seus donos moravam.

Durante o terremoto, os filhotes recém nascidos foram arremessados para longe de sua mãe, e como ainda não enxergavam bem, eles não conseguiram encontrar o caminho até sua mãe. Mari por sua vez, estava presa a uma corrente o que a impedia de buscar seus filhotes. Ela tentou se libertar da corrente chegando até a se machucar, porém sem sucesso.

Depois que deu um outro tremor forte, Mari juntou todas as suas forças e conseguiu se libertar da corrente, conseguindo levar seus filhotes para um lugar seguro, e logo em seguida correu para a casa do seu dono, que estava em ruínas. Nesse dia, o seu dono estava sozinho no segundo andar da casa.

Ele sofria de uma desordem neurológica que o impossibilitava de ficar de pé ou subir as escadas sem ajuda. Por causa do terremoto, o armário e partes da casa caíram sobre o idoso. Ele já estava perdendo a consciência, quando percebeu que Mari estava olhando pra ele como que incentivando-o a viver.

Mari subia ao segundo andar e descia várias vezes para ver seus filhotes. Suas patas estavam com feridas por causa de cacos de vidro que se quebraram durante o terremoto. Com o incentivo de Mari, o velho homem encheu o coração de esperança e pensou: “Eu preciso viver. Eu não posso desistir”.

Finalmente, ele empurrou o guarda-roupa com toda a sua força e conseguiu se libertar. Com o incentivo de Mari, o homem conseguiu descer a escada, algo que ele era incapaz de fazer sem ajuda. Ao chegar ao térreo, ele ficou feliz ao descobrir que os três filhotes de Mari estavam são e salvo.

Uma despedida triste

Mari e seus três filhotes
Após o terremoto de 23 de outubro de 2004, o vilarejo de Yamakoshi estava em um estado de destruição e isolamento total. Todas as estradas ao redor tinham sido afetadas e com os novos tremores havia grandes riscos de deslizamentos de terra. No dia de 25 de outubro, todos os moradores foram evacuados de helicóptero para um alojamento nas proximidades.

Nestas circunstâncias, o seu dono foi obrigado a deixar Mari e seus três filhotes para trás. Foi uma despedida muito triste, mas achavam que em um desastre desse porte, o mais importante era salvar “vidas humanas”. Estoques de alimentos para Mari e os filhotes foram deixados no local, assim como o forte desejo de que os cães pudessem sobreviver a essa provação.

Sem opção, ele embarcou no helicóptero, deixando para trás aquela que lhe salvara a vida. Se sentia culpado e triste e ao ouvir o uivo triste de Mari seu coração se partia de tristeza “eu sinto muito, Mari”. Depois de um tempo, a ração acabou e Mari teve que procurar comida em sua aldeia abandonada, sofrendo muitas provações para proteger seus pequenos filhotes.

Um final feliz para Mari

Mari e seus três filhotes
Durante todo o tempo em que ficou no abrigo, o avô pensava em Mari constantemente, e por causa da grande ansiedade e preocupação, acabou adoecendo e sendo hospitalizado. Depois de duas semanas após a evacuação, os moradores foram autorizados a visitar o vilarejo de Yamakoshi.

Um deles era o filho do dono de Mari, que imediatamente começou a procura-la. Ao encontrá-la, percebeu que ela estava bem mais magra e ao ouvir seu nome correu em direção a ele. Ele abraçou-a em seus braços por um longo tempo. Mari não tinha comida suficiente para si mesma, mas ela fez o possível para alimentar seus filhotes, não deixando que nada faltasse a eles.

Os três filhotes, ao contrário da mãe, estavam gordinhos e saudáveis. O filho do dono de Mari ficou encantado ao ver os pequenos filhotes crescendo com saúde. Ao redor, tudo estava em escombros e os moradores teriam que permanecer no abrigo temporário até que a vila fosse reconstruída.

O filho do dono deixou Mari e os filhotes sob os cuidados de uma família temporariamente. Quando o avô ainda estava no hospital, o cuidador de Mari levou-a até ele e assim, depois de passar por inúmeras provações, Mari e seu dono puderam finalmente se reencontrar depois de tanto tempo.

O encontro foi emocionante e seu dono que ainda estava re recuperando, disse com os lábios trêmulos e em lágrimas: “Obrigado por salvar minha vida.” Em abril de 2005, ele teve alta do hospital e assim pôde viver com seu filho e Mari em um apartamento. Os três filhotes de Mari haviam sido adotados por outras famílias e foram crescendo de forma saudável em seus novos lares.

Hanabi para Mari e filme

A comovente história de Mari é um exemplo típico de confiança mútua e amor entre os seres humanos e animais que acabou virando um livro ilustrado, que fez muito sucesso no Japão. Parte do dinheiro das vendas foi destinado para a reconstrução e fundos de ajuda para as áreas afetadas pelo terremoto de 2004.

Em 2 de agosto de 2005, os moradores realizaram uma celebração com fogos de artifício em homenagem à coragem de Mari, na cidade vizinha de Yamakoshi. A celebração também tinha o propósito de trazer encorajamento e esperança para aqueles que haviam perdido tudo que tinham durante o terremoto.

Em 2007, um filme foi feito baseado na história verídica de Mari. O filme chama-se “Mari To Koinu No Monogatari” (A Tale of Mari and Three Puppies ou A história de Mari e seus três filhotes em português) e foi dirigido por Ryuichi Inomata. Difícil não se comover com a história de mari e seus três filhotes. A música tema do filme chama-se Tsubomi, da banda Kobukuro.

O filme tem alguns fatos diferentes da história original, como as duas crianças (Aya e Ryota), que foram colocadas no filme para dar mais emoção, eu creio. Mas mesmo assim, vale a pena assisti-lo. Abaixo está o filme em japonês, mas dá para compreende-lo bem mesmo sem legendas em português.

Espero que gostem 😉 E não esqueçam de comentar!!!

Assista ao filme

Você também pode assistir legendado em inglês através dos links abaixo:

Clique aqui para assistir a parte 1
Clique aqui para assistir a parte 2

Referências: Magazine, Wikipedia

Quer Aprender Japonês?

3 Comentários

  1. megumi kodama

    Amei de paixao, muito lindo chorei muito tambem.

  2. Sandra Pupak

    Emocionante! principalmente por ser uma história real. Uma grande produção e com todos os atores atuando de uma forma fantástica!

  3. Natália

    Chorei muito com o filme >< Só de lembrar das partes do filme já me faz chorar de novo! A despedida então, muito muito comovente. Eu que tenho cachorros fico totalmente emocionada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *