Kojo no Yakei – Paisagem noturna industrial

📩 Clique aqui para receber nossos artigos por email!

Kojo no Yakei Paisagem noturna industrial

Kojo no Yakei – Paisagem noturna industrial

Quem disse que passeios turísticos se destinam somente onde há praias paradisíacas ou montanhas? Um tipo de turismo urbano que vem se popularizando cada vez mais no Japão, são os cruzeiros e excursões de ônibus ao redor de áreas industriais, especialmente Kanagawa, nas cidades de Kawasaki e Yokohama, área conhecida como o coração da “Zona Industrial Keihin”.

Essa área se estende ao longo da costa noroeste da Baía de Tóquio. É impressionante como a iluminação noturna pode transformar a triste e monótona paisagem industrial em algo tão incrível e belo. Quando o sol se põe e as luzes acendem, uma nova paisagem se sobressai em meio ao cinza dos edifícios, plataformas e chaminés de aço.


* Esta fábrica é um verdadeiro gigante, mas seu tamanho só aumenta a sua magnificência, especialmente quando você o vê ao vivo e à cores.

O nome desse tipo de turismo industrial leva o nome de Kojo no Yakei (工场 夜景) e teve início em Kawasaki há alguns anos atrás, como parte de sua iniciativa de turismo. Há passeios de ônibus e cruzeiros organizados para as pessoas desfrutarem dos iluminados e surreais cenários industriais como refinarias de petróleo, indústrias de gás, indústrias de produtos químicos, entre outras indústrias.


* Luz e vapor se combinam para criar uma cena de sonho.

Os turistas acabam sendo absorvidos pela vibe e pela fantasia surreal da iluminação vinda dos edifícios industriais. Por exemplo, um edifício de refinaria de petróleo pode parecer com uma enorme estação espacial, semelhante a de filmes de ficção científica … Pra quem gosta, esse tipo de passeio pode ser até considerado mais emocionante e mais acessível do que um parque de diversões.

A paisagem industrial noturna oferece essa ilusão de fuga em um cenário bastante comum – sem a necessidade de se aventurar em um parque de diversão ou locais exóticos. Basta reservar um passeio de cruzeiro ou de ônibus, para ter acesso a um espetáculo de luzes urbanas, quase sobrenaturais.


* As luzes desta fábrica de produtos químicos criam uma atmosfera mística.

O Japão é conhecido pelos seus avanços tecnológicos e grandes zonas industriais são vistas em toda parte do Japão, especialmente, nas metrópoles, que estão repletas de castelos imponentes de aço. A luz reflete pelos labirintos metálicos, e as chamas atingem o céu como os tentáculos que lutam por liberdade.


* O que se passa dentro destas torres de aço é um mistério para mim, mas o seu brilho púrpura torna exótico e sedutor.

Muitos materiais como gases e líquidos passam por um emaranhado de tubos de prata, que trabalham dia e noite. São gigantes que produzem gasolina, gás, aço, energia elétrica, e todas as substâncias exóticas e essenciais do século XXI. Mas isso pouco importa, pois ninguém quer saber sobre a eficiência da indústria moderna.

Homens e mulheres, na maioria jovens urbanos ou engenheiros nerds, querem apenas contemplar a beleza estética da tecnologia, como se fossem obras de arte. Ninguém realmente se importa com o que as indústrias produzem ou como eles funcionam – você não precisa saber nada disso, para ser seduzidos por seu fascínio.


* Uma usina petroquímica em Shiohama, perto do extremo sul do complexo industrial Yokkaichi.

Kojo yakei nos coloca em um ambiente totalmente estranho, onde experimentamos estímulos visuais, sonoros e até cheiros, que são longe o bastante da vida cotidiana e ao mesmo tempo perto dos centros das grandes cidades japonesas. A visão noturna desses gigantes iluminados é realmente surpreendente.

Origem do Kojo Yakei

Essa tendência começou em 2007, após a publicação de um livro chamado Kojo Moe, que significa algo como “paixão por fábrica”. Esse livro apresentava fotos de fábricas do Japão e dava detalhes sobre os melhores lugares para vê-los.


* É impressão minha ou essa usina em Yokkaichi se assemelha a um castelo medieval?

Logo se tornou um best-seller, o que fez com que muitos leitores quisessem olhar de perto os tais edifícios industriais, que antes eram somente vistos como aberrações poluentes. Passaram a notar que também podiam ter um “q” de grandeza magnífica ou alguma coisa os fazia lembrar filmes de ficção científica.

Com isso, um número crescente de fotógrafos foram em busca de fotografias atraentes desses fornos de aço iluminados e chaminés e outros livros “Kojo Moe” foram lançados sob novas perspectivas. A repercussão foi tão grande que até uma comunidade online Kojo Moe foi criada e já conta com mais de 26.000 membros.


* Não, não é um foguete espacial – é apenas outra usina petroquímica.

Passeios Kojo yakei:

Existem muitos cruzeiros e excursões para apreciar a visão noturna desses gigantes de ferro, vapor e luzes. É possível adquirir pacotes de viagens de barco, ônibus, comboios. Os horários de saídas podem variar, sendo de tardezinha ou bem tarde da noite. Existem barcos que transportam de 25 a 90 pessoas.


* Apesar do ar meio sombrio desta usina petroquímica em Yokkaichi, suas luzes nos permite adivinhar quais os detalhes que permanecem na escuridão.

Como existe um grande e longo complexo industrial em torno da orla, do barco é possível ter uma ótima visualização todas as noites. Nesses passeios, muitas vezes estão incluídos paradas em restaurantes e até diária em hotel para quem resolver pousar próximo ao complexo industrial após o passeio.

O tempo de passeio pode variar de 30 minutos a 3 horas, dependendo do que você escolher e geralmente é preciso agendar o passeio com bastante antecedência, já que estão bastante requisitados. Para saber mais informações sobre os cruzeiros e excursões, acesse esse site: Unmissable Japan. Aí está reunido todos os passeios, de forma mais detalhada, com preços, horários, onde comprar passagens, etc.
(Esse site stá em inglês, recomendo que abra no Chrome para obter a tradução).


*Estes tanques de gás em Yokkaichi são quase como bolas de gude gigantes.

Vídeo de um tour Kojo Moe

Quer Aprender Japonês?

3 Comentários

  1. Douglas

    É muito bonito de se vê, a paisagem surpreende, nem parece que são indústrias.
    Sempre me surpreendo mais com o Japão, nunca iria vê várias coisas cabulosas sobre o japão em outro lugar ou país.
    Bem legal esse post!

  2. Japão em Foco

    Oi Douglas!
    Pra você vê, como o Japão sempre nos surpreende. Conseguem tirar proveito até do turismo em torno esses gigantes de metal.
    Obrigada por estar sempre por aqui, comentando!
    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *