KBG84: O Grupo Idol Japonês formado por senhoras de mais de 80 anos de idade!


KBG84 - O Grupo Idol Japonês formado por senhoras de mais de 80 anos

Se há duas coisas que o Japão faz melhor do que ninguém são grupos idols e pessoas centenárias. Agora imagina juntar essas duas coisas? Sim, no Japão você pode encontrar um grupo idol formado exclusivamente por mulheres com mais de 80 anos, o KBG84.

O grupo possui 33 membros e o nome KGB84 é uma clara alusão ao AKB48, uma das mais populares Girl Band de J-Pop do Japão. KGB84 é a sigla para “K” (Kohamajima), “B” (oBachan) e “G” (Gasshodan), que significa “coral”. Já 84 faz referência à média de suas idades.

No entanto, algumas delas já beiram os cem anos, como Haru Yamashiro (99) e Tomi Menaka (95). Elas, assim como outras integrantes, vivem em Kohama Island, minúscula ilha em Okinawa, localizada a apenas 240 km de Taiwan. Apenas 600 pessoas vivem nessa ilha.

Okinawa: Um centenário para cada 2 mil habitantes

Conhecida por sua longevidade, Okinawa é um arquipélago com 160 ilhas subtropicais espalhadas ao longo do extremo sul do Japão. Muitas pessoas tem se perguntado por que os moradores de Okinawa tem uma vida tão longeva. Nesta parte do Japão, facilmente os moradores superam os cem anos de vida, cinco vezes mais do que o resto do país.

Em 2017, havia uma estimativa de 67.824 pessoas com 100 anos ou mais no Japão. E embora os centenários estejam espalhados por todo o país, em Okinawa, suas proporções estão entre as mais altas do mundo: cerca de 50 por 100.000 pessoas ou 1 a cada 2000.

Com mais de mil centenários, Okinawa ganhou a reputação de “terra dos imortais” e é uma das cinco “Zonas Azuis” ao redor do mundo nas quais as pessoas vivem muito mais que a média.

Então, qual é o segredo? Especialistas argumentam que, embora uma combinação de bons genes e estilos de vida saudáveis ​​ajude, não há uma fórmula específica para esse fato. No entanto, existem muitas teorias que podem explicar a longevidade em Okinawa.

Uma delas é devido à vida pacata e descontraída dos moradores de Okinawa. Outros dizem ser por causa da dieta saudável e do clima agradável da região. Além disso, a maioria dos idosos de lá sequer conhece a palavra “aposentadoria”. Dedicam suas vidas à pesca, agricultura e trabalhos domésticos e manuais, mantendo uma vida ativa até o fim de seus dias.

Tudo isso pode ser resumido ao conceito de “ikigai“, que traduz-se em algo como “ter uma razão para se levantar de manhã”. É assim que muitos moradores idosos locais definem a energia, vitalidade e longevidade entre os habitantes das ilhas de Okinawa.

Como surgiu o grupo KBG84?

A criação do grupo KBG84 partiu de uma iniciativa do músico Kikuo Tsuchida, que vive em Kohama Island há mais de 20 anos. Inspirado pela energia dos idosos da cidade, ele decidiu criar o grupo, cuja única exigência é os integrantes possuírem mais de 80 de idade.

Mesclando a energia jovial e viciante do J-Pop com a dança tradicional e instrumentação clássica de Min’yō (música folclórica japonesa), o grupo cria pequenas jóias pop que tem o poder de fazer as pessoas sorrirem. Se a potência na voz pode deixar a desejar em alguns momentos, o entusiasmo e a vitalidade dessas “jovens” anciãs compensam tudo.

Apesar da idade avançada, elas tocam os corações e inspiram pessoas ao redor do mundo, provando que a idade jamais deve ser um empecilho para alguém se divertir. Tempos atrás, o grupo fez uma turnê pelo Japão e foi um sucesso. Os ingressos esgotaram-se rapidamente.

Com a grande repercussão da canção “Come on and Dance”, o grupo KBG84 também foi convidado para se apresentar em Cingapura. Confira o clipe da canção abaixo:

Canção “Come on and Dance”, do KBG84


Link do vídeo (YouTube)

As “meninas” do KBG84 brincam que são as integrantes mais próximas da porta do céu. Tomi Menaka diz que está muito feliz com a repercussão do grupo formada pelas obaachans (vovós). A turnê possibilitou que ela pudesse conhecer Tóquio e Osaka pela primeira vez.

Usando uma bengala como apoio, Menaka diz se sentir como uma autêntica estrela do rock quando está no palco e conta que se emocionou ao ser chamada de idol por um fã. Ela conta que é uma pessoa ativa mas revela não ser muito exigente com sua dieta.

Eu gosto de carne e comer doces“, gargalhou. Haru Yamashiro, a integrante mais velha do grupo, balança a cabeça em reprovação: “Eu cuido da saúde limpando a casa e fazendo outras atividades domésticas. Além disso, evito tomar muito sol. Ainda tenho um coração jovem!

Hideko Kedamori, de 89 anos diz “Somos abençoadas por termos nascido em Kohama. Nossas letras são sobre a ilha e a natureza – sobre baleias no mar ou golfinhos dando cambalhotas”.

“Gostamos de nos sentar juntas para tomar um chá e conversar sobre a vida”, diz Kedamori. “Quando nos sentimos um pouco sem energia, uma corre para dar apoio à outra, assim rapidamente nos recuperamos da mesma forma como acontecia quando éramos crianças. Estamos todas juntas em um só coração. Todas por uma e uma por todas.”

Fontes: theculturetrip.com, theguardian.com, cnn.com

Quer Aprender Japonês?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *