Navios da imigração e lista de imigrantes


imigracão japonesa no Brasil

Descubra de qual província, qual o navio e também a data de partida e chegada na qual o imigrante da sua família veio para o Brasil

Este artigo serve para prestigiar o belo trabalho feito pela Ashiato (pegadas / rastros), uma associação que reuniu muitos voluntários para realizar um projeto em 2005. Eles conseguiram concretizar um “Banco de Dados Digital” de TODOS os registros dos imigrantes japoneses que vieram ao Brasil entre 1908 e 1973.

Nem consigo imaginar o trabalhão que deve ter dado, reunir todos os documentos e registros tão antigos e ao mesmo tempo tão importantes para a história da Imigração Japonesa no Brasil. O objetivo desse grandioso trabalho era entregá-lo ao Museu Histórico da Imigração Japonesa, por ocasião das festividades de comemoração do centenário da imigração japonesa, ocorrido em 2008.

kasato maru

kasato maru, o primeiro navio que levava imigrantes japoneses para o Brasil, em 1908

Realmente, uma bela homenagem aos bravos imigrantes que saíram da sua terra natal em busca de uma vida melhor na nossa terrinha.

E o melhor de tudo é que poderá matar a curiosidade e acender uma faísca aos novos descendentes, despertando neles o interesse de conhecer um pouco mais sobre a sua origem.

Eu não perdi tempo e fui correndo buscar o nome do meu pai na lista de passageiros e dessa forma descobri o nome da província e do navio em que ele veio, a data da partida e da chegada e até em qual fazenda ele foi inicialmente.

Além disso, se você clicar sobre o sobrenome pesquisado, aparecerá inclusive o nome dos parentes que estavam junto com ele durante a viagem. Muito legal não acham?

Navios da Imigração

Se você é descendente de japonês, não deixe de procurar pelo nome de alguém da sua família que veio ao Japão como imigrante, afinal se não fosse por esta pessoa, você não estaria aqui no Brasil… aliás, sequer teria nascido. Aproveite para compartilhar com seus parentes e amigos descendentes japoneses.

Para acessar o Banco de Dados dos Imigrantes Japoneses do Brasil, basta entrar no site do Museu Histórico da Imigração Japonesa (Museu Bunkyo) e acessar o banner que tem na lateral, escrito “Navios de Imigração” ou então você pode acessar o link diretamente no site Ashiato.

Legal saber que esses dados estão todos reunidos e guardados eternamente no site do Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil. Eu achei incrível e tenho certeza que muitos descendentes também vão achar!

Quer Aprender Japonês?

73 Comentários

  1. Douglas

    Imagino o trabalhão que tiveram para montar esses registros, não tenho nenhum parente japonês.
    Mas essa noticia me fez lembrar que em 2008(eu estava na 6ºsérie) que minha professora de geografia pediu trabalho sobre o Kasato Maru, achei engraçado a data que ele chegou em Santos, 18 de junho, é o dia do meu aniversário.

  2. Japão em Foco

    Oi Douglas!
    Olha só que coincidência…
    Sinal de que o Japão já faz parte da sua vida desde que você nasceu rs.
    Se você tiver algum amigo (a) descendente, mostre esse artigo, pois acho que eles (as) vão gostar de saber desses registros da época da imigração, afinal, faz parte das origens não é mesmo?!
    Abraços!

  3. carla

    Muito emocionante encontrar o vovô e os bisavós!!!! Ainda não achei os pais da batchan, vou procurar depois!!!! demais!!!!!! 😀

  4. Japão em Foco

    Oi Carla!
    Que bom te ver por aqui! Realmente é muita emoção né!
    Abraços!

  5. chundi kawanami

    ❓ REALMENTE, É UM TRABALHO MUITO IMPORTANTE, SABER DA NOSSA HISTÓRIA! SE A MAIORIA DO POVO BRASILEIRO SE IMPORTASSE COM SUA RAÍZ, TERIA, MENOS CORRUPÇÃO, VANDALISMO, CRIMES E PRINCIPALMENTE, MAIS AMOR À PÁTRIA, CIDADANIA, ÉTICA E MAIOR CULTIVO DE VALORES MORAIS , CULTURAIS E SOCIAIS…

  6. Japão em Foco

    Oi Chundi!
    Realmente conhecer nossas raízes é importante para nossa formação como indivíduo. É muito interessante saber como nossos antepassados viviam, como chegaram no Brasil, em que local viviam no Japão. Tudo isso faz parte da nossa história e se não fosse a imigração deles não estaríamos aqui hoje não é mesmo. Só por curiosidade… vi que seu sobrenome é o mesmo que o meu… Será que por ventura somos parentes? hehehe 🙂 Abraços!

  7. Eduardo Toda

    Nossa, essa foi demais, descobrir quando nossos avós e meu pai vieram do Japão, saber quantos dias ficaram no mar até chegarem aqui no Brasil realmente no enche de orgulho…pelas condições daquela época….
    Será que eu também sou um candidato a parente seu. Conheço uma família Kawanami da Santo André (Nobuo, Fumie, Nair e Marina)..quem sabe….

  8. Japão em Foco

    Oi Eduardo! Tudo bem?
    Tive parentes que moraram em Santo André, mas se não me engano, não moram mais lá!
    Os nomes deles são Takashi, Ivani e Suélen. Conhece eles?
    Já os nomes que você mencionou eu não conheço!
    Abraços!

  9. Shida Gabriela

    😀 !! Fiquei muito feliz por saber mais sobre minha família!! Muito obrigado Japão em foco!!!

  10. Japão em Foco

    Oi Shida!
    Que bom que você gostou!
    Obrigada pela visita! 🙂
    Abraços!

  11. Pingback: Dia Nacional da Imigração Japonesa | Curiosidades do Japão

  12. Pingback: Moeda Comemorativa Centenário da Imigração | Curiosidades do Japão

  13. Yoshito

    Olá, boa tarde!
    Sempre quis saber quando meus pais haviam vindo do Japão, mas não sabia como e nem onde procurar.
    Felizmente, através de vocês consegui, hoje, depois de tantos anos de procura.
    E, por isso, estou muito grato ao Japão em Foco.
    Fiquei emocionado em ver os nomes do meu pai e da minha mãe nas listas, além dos nomes das famílias deles.
    O meu muitíssimo obrigado.
    DEUS os abençoe ricamente.

  14. cida.hirata

    Nossa que lindo esse seu trabalho!
    Eu sempre tinha vontade de saber,os nomes dos antepassados
    (que vieram p/a o Brasil)meus e do meu marido.
    Para colocar no santuário Hoozo da Seicho no ie em Ibiúna.
    Todos os anos eles consagram os nomes que mandamos,para fazer
    orações durante o ano todo,em agradecimento a todos eles.
    Muito obrigada.

  15. chundi kawanami

    Olá, Eduardo Toda!
    Só agora estou lendo a postagem sua de 22 de maio de 2013.
    Respondendo a sua pergunta, eles são parentes sim, o Nobuo é primo. Apesar de morarmos na Grande São Paulo, faz tempo não tenho contato com eles.
    Grande abraço!

  16. Driele

    Adorei!!!!
    Estou procurando os familiares do meu marido!
    =)

  17. Lina Saito

    Nao encontramos o navio que meu pai e familia vieram.
    Eles pegaram o navio Holanda – Luis-Go, saindo de Kobe em 01/05/1958 e chegada em Buenos Aires no dia 18/06/1958.
    Porque nao o encontramos??

  18. chundi kawanami

    Olá, Lina! Talvez não conste da relação, por terem desembarcado em território argentino. A relação existente é somente dos imigrantes que vieram direto para o Brasil.

  19. chundi kawanami

    Olá, Japão em Foco!
    Qual é o navi0, o estado e a data em que chegaram seus antecessores aqui no Brasil.

  20. Japão em Foco

    Oi Chundi!
    Meu pai veio no Buenos Aires maru no ano de 1932 (Como na imagem que está neste post). E os seus?

  21. chundi kawanami

    Olá, Japão em Foco!
    Meu pai veio de Fukuoka – Keisen Machi.
    Navio: Montevideo -Maru
    chegada em Santos: 15/10/1926
    Talvez tenhamos algum parentesco, através dos nossos ancestrais.

  22. Japão em Foco

    Oi Chundi!
    Quem sabe a gente tenha sim… vai saber né?! Mas meu pai veio no Buenos Aires Maru no ano de 1932 e ele era de Saga ken. Abraços!

  23. aparecida matsushita

    Parabéns Japão em Foco. Achei a família do meu sogro que veio de kumamoto em5-14- 1930-Santos-Maru Sobrenome Matsushita achei todos
    e da minha sogra de Shizuoka sobrenome Tezuka veio em 5-16- 1932.Montevideo-Maru
    Foi muito. Saber do sofrimento de cada família.

  24. Ricardo ABE

    Meus avos SUKEIJI ABE e IAENO ABE Chegaram no NAVIO RIO DE JANEIRO MARU nao sei o ano . nao tenho noticias a 45 anos.

  25. YinShang

    Tentei de varias formas procurar o meu avo so que nao deu resultado nenhum, alem disso eu nao sei o nome do navio que ele embarcou e nem o ano como posso saber ou como posso procurar ?

  26. Tatiane

    Sou descendente do kassato Maru
    Meus bisavós e irmãos do meu avô vieram nele. Inclusive a última sobrevivente. Tomi Nakagawa ( sobrenome de casada, o de solteira era Nishimura) foi a irmã do meu avô. Falecida em 2006. Meu avô já nasceu no Brasil em 1910.

  27. jorge kazuhiro tateishi

    a possibilidade de descobri a do meu pai
    pelo que me falaram meus avos paternos vieram pelo
    Peru

  28. Mity Takahashi

    Nossa! Fiquei muito feliz em ter encontrado o nome do meu pai lá! Ele confirmou tudo.

  29. Aline

    muito legal, gosto muito das historias sobre o japão.

  30. Andrea

    Obrigada por compartilhar o link.
    Encontrar os nomes dos meus avós maternos foi uma grande emoção!!

  31. Diogo Yanaga

    Obrigado pela dica!

    Encontrei o navio e a data em que meu pai, tios e avós partiram do Japão e chegaram ao Brasil, há 55 anos atrás. Fiquei mais impressionado com a duração da viagem (9 meses!), pois tinha escutado histórias do meu pai quando criança, mas não sabia que o quanto foi longa essa jornada. E, hoje, sou eu que estou na terra do sol nascente, há 8 anos. Outra coisa legal foi achar a data em que meus bisavós e o irmão do meu avô materno chegaram, em 1929. Obrigado mais uma vez por compartilhar esse link! Abraços!

  32. Lucia Tomie Tukahara Iwassaki

    Realmente é uma ajuda bastante importante para nós descendentes de japoneses. A Família de meu pai e de minha mãe vieram no mesmo navio portanto na mesma data. Somente gostaria de que fizessem uma correção o nome que consta no registro (o do meu pai) não é Ken e sim Massaru. A confusão é que a letra(o kanji) no japonês tem as duas leituras. Por favor poderia corrigir para mim? Obrigada.

  33. Rodrigo Nonaka

    Foi muito legal eu ver em que navio e em que data meus tataravós vieram OBG!!!

  34. Norberto

    Vê se acha aí o meu avô. Chamava-se Sakuzi Nonaka. Achei 13 registros mas nenhum dele. Eu não o conheci.
    Tenho (ou tive) apenas uma foto dele.
    Belo Acervo.

    Obrigado.

  35. Rafaella Haji

    Queria encontrar meu avô pra poder saber qual o jeito certo de escrever meu sobrenome, mas ele não está nos registros desse site.
    Meu avô se chama Kunio Haji, pais Shingo e Toyoko, e consegui decobrir que o documento de imigração dele de Fukuoka para São Paulo é de 1949, mas não consigo achar o que queria, o nome dele em japonês…

  36. Hélio

    Meus pais e avôs vieram a bordo de Burajiru-maru.
    Eles ficaram admirados com a recepção, pois ouvia-se fogos de artifício sendo lançados a todo momento.
    Só depois foram avisados que era dia de festa junina…

  37. ALINE

    TENHO UMA DUVIDA SOBRE MEU DESCENDENTE
    NAO ENCONTREI MEU AVÔ NAS LISTAS
    MAS ELE TEM ATE UMA PRAÇA EM HOMENAGEM A ELE EM SAO
    PAULO
    O NOME DELE É HARUO UOYA
    COMO POSSO ACHA-LO
    OBRIGADA

  38. chundi kawanami

    Olá, Japão em Foco!
    Tudo bem com você?
    Há uma pessoa na minha página do “gmail” que quer saber da família de Haruo Uoya e como você tem parentesco com os imigrantes que desembarcaram em Buenos Aires daria para pesquisar?
    Obrigado!

  39. Eduardo

    Ótimo trabalho!! Achei o navio da minha família, com o nome do meu Bisa e os irmãos dele!!
    Muito obrigado pelos esforços para montar esse arquivo!

  40. Denise Kuwai

    Parabéns pelo excelente trabalho.
    Foi um grande prazer descobrir os nomes de meus avós e dos avós do meu esposo.
    Pertenço à terceira geração.
    Meu marido é da quarta geração.
    Meus filhos são da quinta geração.
    Somos descendentes de Okinawanos, sendo que meus filhos e sobrinhos, pertencentes à quinta geração são “puros”,ou seja, até a presente geração não houve nenhuma mistura com descendentes de outros países ou mesmo brasileiros.
    Temos muito orgulho e respeito pelas tradições e heranças culturais deixados por nossos avós.
    Obrigada pelas ricas informações!! Parabéns!!

  41. eliana

    Obrigada! foi emocionante ler sobre o meu avo paterno .eles chegaram no Brasil em 1913!. Como eu queria ter partilhado esta informacao com o meu pai !

  42. Abe

    Estou entrando no sistema de busca para saber em qual navio a província a data etc… se for para mim colocar todos esses detalhes … não preciso deste sistema …Concorda? Já que tem banco de dados… Deveria ser uma busca refinada por nomes! É como buscar contatos em sua agenda de telefone … Você digita o nome e já sai todos os dados do contato, como foto e numero de tel e endereço… Decepcionado!

  43. May Yoshida

    Seu post me ajudou a encontrar informações que meus pais e meus tios já estavam esquecendo…
    Encontrar as datas e os nomes dos meus avos e bisavós foi emocionante, o trabalho do museu de imigração eh incrível, mas não sei se o encontraria sem o Japão em foco.
    Obrigada por compartilhar a informação!

  44. Edson Isoo

    Muito obrigado pelo belo trabalho, há muito vinha pesquisando para descobrir como era meu sobrenome em kanji e agora descobri, só falta descobrir agora como é o Kamon, se puderem me ajudar agradeço. muito obrigado.

  45. Alessandro naruto

    Ola! Sera que consigo achar a origem de minha familia pra eu saber de onde eles eram la di Japão? Abraços a todos.

  46. masayuki

    meus parabéns que trabalho bonito e que precisao nos dados. fiquei muito feliz

  47. Elayne Cristina Vasconcelos

    Muito bom, estou fazendo meu pré-projeto sobre a história da imigração japonesa, e isso vai me ajudar bastante. Gostei do seu trabalho, parabéns!

  48. Eron Fernandes Meneses

    E do meu sobre nome?

  49. Marcos Tanaka

    Fiz com meu dithian que veio do Brasil so saiu o nome dele, e a data e o ano de embarque e desembarque ta tudo errado.

  50. Tomio Shida

    Meu nome Tomio Shida quero o link para mim achar meus parentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *