Será que você consegue decifrar esse Kanji? (Kanjis Fictícios)


Kanji de Gouhinata

Embora alguns livros didáticos em japonês comecem a introduzir kanjis dos primeiros capítulos, junto com hiragana e katakana, a abordagem mais comum, especialmente em países onde os ideogramas chineses não são usados, é começar com os silabários fonéticos hiragana e katakana e, só depois de aprende-los aí sim começar a aprender os kanji.

Essa abordagem, embora eficaz, às vezes pode causar muita frustração entre os aprendizes mais vorazes que anseiam em aprender kanji mais rapidamente. Mas e se você já pudesse escrever kanji usando apenas o alfabeto katakana que você já aprendeu?

Kata-kanji?

Um novo kanji (fictício) postado pelo artista de mangá e escritor Ōhinata (@Goohinata) em sua conta no Twitter recentemente nos oferece um exemplo. Talvez poderíamos chamá-lo de “kata-kanji”, ou seja um novo kanji composto pelo alfabeto katakana.

À direita podemos ler em hiragana “shisutemu” (むすてむ), que em português significa “sistema”. No entanto, se você conhece katakana e olhar atentamente para o kanji que ele criou, vai perceber que o kanji é na verdade composto do katakana para a mesma palavra, システム.

O シ é estilizado em estilo caligráfico para se assemelhar ao radical de água 氵que é frequentemente visto no lado esquerdo do kanji (como 汁 shiru em みそ汁 misoshiru, significando “sopa de miso”) e os katakana テ e ム, apesar de compartilharem de um traço em comum, se olhar bem verá que representam as silabas correspondentes em katakana.

Kanji de Gouhinata

Kanji de Gouhinata 1

Algumas pessoas que estão mais familiarizada-lo com caracteres chineses simplificados podem acha-lo parecido com este kanji 浍 aqui. Embora muito semelhante, no kanji do sr. Ōhinata, o 旁 tsukuri (lado direito do kanji) tem um 入頭 irigashira (coroa formada a partir do 入 kanji) e não um 人頭 hitogashira (coroa formada a partir do 人 kanji) como é encontrado em 浍.

A próxima imagem que o Sr. Ōhinata postou talvez seja mais adequada para iniciantes avançados que estão familiarizados com as conjugações verbais.

Embora este kanji ainda continue sendo “shisutemu”, o む é um final de verbo. Em outras palavras, ele imaginou como um verbo terminando em -mu similar a verbos como 読む “yomu” (ler) ou 飲む “nomu” (beber).

É claro que, se seu kanji pudesse ser usado em um verbo, o próximo passo lógico seria imaginar como ele seria conjugado em todas as suas formas e terminações, seguindo as regras convencionais da gramática japonesa.

Por exemplo: “Shistemanai” (eu não faço sistema), “shistemou” (Vamos fazer sistema), “shisutemimasu” (eu faço sistema), “shistemu” (forma terminal do verbo), “shisutemu toki” (Quando eu fizer sistema, “shistemeba” (Se eu fizer sistema, e “shisuteme” (Forma imperativa de Sistema). Lembrando que são formas irreais pois trata-se de um kanji fictício.

Outro kata-kanji

O Sr. Ōhinata também postou alguns exemplos mais humorísticos de suas criações de kanji compostas de katakana. Você consegue adivinhar o significado deste?

おりっくす (hiragana) オリックス (katakana): Orix, abreviação de Orix Blue Wave, o time de beisebol japonês onde Ichiro passou nove temporadas de sua carreira profissional japonesa. Esse foi um pouco complicado porque o ク e o ス compartilham um traço no meio.

Esse daqui? Consegue adivinhar?

えっち (hiragana) エッチ (katakana): Ecchi ou Etchi é um termo japonês que refere-se a relação sexual ou amostra de muita sensualidade. O katakana é normalmente escrito com um traço vertical que curva para a esquerda na parte inferior, mas neste kanji, foi escrito para se assemelhar ao kanji 千 sen , que significa “mil”.

Atenção: Por favor, note que os kanji acima são criações fictícias do Sr. Ōhinata e não estão incluídos em nenhum dicionário. É apenas para diversão.

Faça o seu próprio kanji e ganhe um prêmio!

Se você estiver interessado em criar um kanji como o Sr. Ōhinata fez ou novas combinações de radicais e partes kanji existentes, você vai gostar desse concurso aqui: Sōsaku Kanji Kontesuto (創作漢字コンテスト).

Trata-se de um Concurso de Kanji Original, patrocinado pelo Jornal Sankei Shimbun e pelo Hirakawa Shizuka Institute of East Asian Characters and Culture na Universidade Ritsumeikan, localizada em Kyoto. Confira o site oficial do concurso aqui.

Ao visitar o site você poderá ver as recentes inscrições vencedoras do 9º concurso e também links para arquivos de concursos anteriores. Não há nada que impeça estrangeiros de participarem (embora você precise escrever um endereço em japonês quando enviar a inscrição), e se você ganhar, poderá ganhar até 50.000 ienes em cupons de presente.

Muito interessante né? Você sabia que existe até um concurso para a criação de kanji? Eu não sabia e achei muito legal saber dessa possibilidade. Gostou do artigo? Então compartilhe! 🙂

Fonte: grapee.jp

Quer Aprender Japonês?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *