Cachorro mais velho do mundo morre no Japão

Cão mais velho do mundo morre no Japão com 26 anos
O cão chamado como Pusuke, descrito pelo Guiness Book (Livro do Recordes) como o mais velho do mundo, faleceu no último dia 6 desse mês. Pusuke era macho e da raça shiba inu e já havia completado 26 anos e nove meses, de acordo com a divulgação em diversos sites de notícias internacionais.

Pusuke entrou para o livro dos recordes em dezembro de 2010, substituindo um cão da raça Beagle chamado Butch, que tinha 28 anos de idade quando faleceu.

Sua proprietária de 42 anos, Yumiko Shinohara, contou que no dia anterior o cão estava bem, porém no dia seguinte, Pusuke estava sem apetite e com problemas de respiração, vindo a falecer pacificamente durante a tarde do mesmo dia.

Shinohara achou que apesar da aparente falta de apetite, o cão estava bem e portanto o deixou sozinho, enquanto fazia suas habituais tarefas domésticas.

Quando foi verificar, Pusuke, “dormia pacificamente”, mas sem respiração. A dona da casa diz que seu cão teve uma vida longa e feliz e que lhe é muito grata pelas muitas lembranças boas que ele lhe deu ao longo dos anos.

Segundo dizem, a idade de 26 anos de Pusuke, equivale à 125 anos na idade humana. Apesar de ser o recordista atual, Pusuke não superou o trono do cão mais velho que se tem notícia, o Bluey, um pastor australiano que viveu 29 anos entre 1910 e 1939.

Veja também:
Bichos de estimação imortalizados em forma de diamantes
Okenpi, o famoso cão que mia no Japão
História de lealdade canina – Cão salva dona de tsunami

Quer Aprender Japonês?

6 Comentários

  1. Celina

    Adoreiiiiiiii!!!

    Que interessante!!!

    Parabns!

    bjaum²

  2. Pingback: Bowlingual e Meowlingual - Tradutor portátil para cães e gatos | Curiosidades do Japão

  3. Pingback: Smart Pet - O cachorrinho eletrônico | Curiosidades do Japão

  4. Pingback: Túmulos high tech usa códigos QR | Curiosidades do Japão

  5. Pingback: 13 cães pulando corda ao mesmo tempo | Curiosidades do Japão

  6. Pingback: Adoráveis cães em trajes de quimono | Curiosidades do Japão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *