Ouchijuku, um vilarejo japonês que permanece inalterado há 400 anos!


Ouchijuku Village, Fukushima

Ouchijuku (大内宿) é um vilarejo localizado na província de Fukushima onde podemos encontrar mais de 30 casas tradicionais japonesas. É considerado um destino popular para os turistas hoje em dia, recebendo cerca de 1 milhão de visitantes a cada ano.

Este nostálgico local tem recebido bastante atenção da mídia nos últimos tempos. Mas afinal de contas por que Ouchijuku tem de tão interessante? Vamos descobrir? 🙂

Ouchijuku, uma aldeia intocada do Período Edo

Ouchijuku está localizado na cidade de Aizu Wakamatsu, no lado oeste da província de Fukushima, cercado por altas montanhas. No Período Edo, Aizu Wakamatsu era uma cidade movimentada pois era a principal via entre a cidade de Aizu Wakamatsu e Imaichi, na província de Tochigi. Por este motivo, possuía muitas pousadas, restaurantes e lojas de suvenires.

No entanto, com a abertura de novas estradas e linhas ferroviárias, esse trajeto entre as duas cidades deixou de ser o principal, o que fez com que o status de Aizu Wakamatsu diminuísse. Mas, durante o Período Showa, o local começou a receber atenção, não de viajantes comuns mas sim de turistas por tratar-se de um vilarejo histórico preservado do Período Edo.

Em 1981 foi eleito o terceiro distrito com edifícios históricos preservados. Desde então, a cidade tem se esforçado para manter Ouchijuku como destino turístico atrativo para aqueles que o visitam. Realmente, quando você visita o local e se depara com as casas enfileiradas nos dois lados da rua, tem a sensação de ter voltado no tempo, especificamente 400 anos atrás.

O que fazer em Ouchijuku?

# 1. Negi Soba

O Negi Soba é um famoso prato japonês que pode ser apreciado em Ouchijuku. É composto por Negi (cebolinha verde) e Soba (macarrão de trigo sarraceno) e uma particularidade interessante desse prato é que ao invés do Hashi, deve-se usar o talo do negi como talher.

Apesar de ser um prato originário da província de Nagano, tornou-se muito popular na área de Aizu, na província de Fukushima. Por ter um talo longo e fino, o negi é considerado um símbolo de longevidade. Pode ser complicado no início usar o negi para comer o macarrão soba, mas pode ter certeza que será uma experiência única, deliciosa e inteiramente local.

# 2. Asanuma Shokudo

Asanuma Shokudo é um restaurante de soba que você deve visitar, não apenas por causa do Negi Soba, mas também por outros pratos locais como Soba Kinoko (soba com cogumelos) e doces como Ankomochi (bolo de arroz doce com recheio de pasta de feijão vermelho).

Os doces são guloseimas populares especialmente entre as mulheres. O restaurante está localizado no final da estrada principal, onde nos deparamos com uma paisagem montanhosa atrás do edifício. É em um local onde você pode ter uma visão completa de Ouchijuku.

# 3. Honke Tamaya

No Tamaya, além do famoso e delicioso Negi Soba, o Imagawayaki (massa assada com recheio de pasta de feijão vermelho) é outro item obrigatório. Diferente de outros tipos de Imagawayaki, este é feito com arroz integral, crocante por fora e macio por dentro. Além disso, no segundo andar do edifício, você vai encontrar itens raros do Período Edo sendo exibidos.

# 4. Ouchi Town Museum

Ouchi Town Museum era originalmente uma hospedaria usada por Daimyo (senhores feudais japoneses) no Período Edo. Após uma reforma, foi transformado em um museu onde aproximadamente 1.300 itens exibem o estilo de vida e a cultura local 400 anos atrás. Você também tem a oportunidade de visitar as réplicas dos quartos e banheiros usados pelos daimyo.

Veja também:
14 aldeias históricas para conhecer no Japão
14 incríveis cenários de neve para conhecer no Japão
10 características marcantes em uma casa tradicional japonesa

Onde se hospedar em Ouchijuku?

# 1. Iseya

Com uma história de 300 anos, Iseya tem sido uma pousada histórica onde seus hóspedes podem desfrutar da cozinha local. Com uma atmosfera rústica com seu telhado de palha, o local também oferece áreas de descanso, bem como uma loja de souvenires.

# 2. Yamagataya

Yamagataya é um dos edifícios que foram restaurados, preservando sua aparência original de 4 séculos atrás. Com isso, os hóspedes podem aproveitar ao máximo a experiência de pernoitar em um alojamento tradicional do período Edo.

# 3. Honke Ougya

Honke Ougiya é o único alojamento em Ouchijuku onde você pode passar a noite em um galpão tradicional japonês. Aqui, você pode sentar-se em torno de uma tradicional lareira japonesa, conhecida como Irori, à noite, enquanto desfruta de uma agradável conversa relaxante com o dono da pousada e saboreia uma autêntica culinária local.

Lojas de Souvenires em Ouchijuku

# 1. Honke Minoya

Minoya é uma loja de souvenires especializada em bonecas de argila e objetos de cerâmica. Se você tiver sorte, ainda pode encontrar um gatinho que sempre fica em frente à loja.

# 2. Matsubaya

Se você está interessado em laca japonesa, Matsubaya é onde você precisa visitar em Ouchijuku. Lá você encontrará diversos utensílios em laca como hashi, colheres e tigelas de sopa, bandejas e caixas de obentô, entre outros utensílios de cozinha.

# 3. Tochimochi Katoya

Katoya é uma loja de souvenires especializada em Tochimochi, um bolo de arroz feito de castanhas e arroz. Trata-se de uma sobremesa complexa que leva 13 dias para ser preparado. Caso resolva experimentar esta típica sobremesa, adicione um pouco de pasta de feijão vermelho ou pó de soja para apreciar o Tochimochi com um sabor ainda mais rico.

# 4. Minatogawaya

Minatogawaya é uma loja de lembranças perfeita em Ouchijuku para aqueles que estão à procura de uma experiência única e inesquecível. No Minatogawaya, você pode comprar um souvenir personalizado por você mesmo. Esta é uma ótima atividade que pode ser realizado até mesmo por crianças, o que torna esse atividade muito familiar e prazerosa.

Eventos em Ouchijuku

# 1. Festival de Neve de Ouchijuku

Ouchijuku Snow Festival é um festival popular que ocorre todos os anos em Ouchijuku, especificamente no segundo sábado e domingo de fevereiro. Atrai aproximadamente 20.000 visitantes somente nestes dois dias. Durante o festival, a rua principal é decorada com lanternas, contribuindo ainda mais para uma atmosfera do Período Edo.

Fogos de artifício à noite, bem como Butajiru (sopa de miso com carne de porco e legumes) e Amazake (bebida doce feita de arroz fermentado) podem ser apreciados no evento. Além disso, um concurso de fotografia é realizado no festival, atraindo muitos fotógrafos amadores que vem ao local capturar fotos de tirar o fôlego da paisagem de inverno de Ouchijuku.

# 2. Festival de Verão de Hange

Ouchijuku tornou-se um lugar lendário depois que o príncipe Mochihito Takakura, o segundo filho do imperador Goshirakawa, refugiou-se no local fugindo da perseguição do clã Heike. Por este motivo, é realizado anualmente no dia 2 de julho, um festival onde celebra-se a consagração do Príncipe Mochihito, um evento realizado há centenas de anos.

# 3. Santuário Takakura

Este santuário é dedicado ao príncipe Mochihito Takakura, que não conseguiu suceder o trono por causa da revolta de Heike. Há três Torii, um portal na entrada do santuário, que leva ao santuário. Dentro da propriedade do santuário há muitos cedros japoneses com mais de 50 metros de altura e alguns deles possuem mais de 800 anos de idade!

Veja alguns vídeos de Ouchijuku?


Link do vídeo (YouTube)


Link do vídeo (YouTube)

Como chegar Ouchijuku?

Endereço: Yamamoto-8 Ouchi, Shimogou, Distrito Minamiaizu, Província de Fukushima, T969-5207 (Confira o mapa com a localização)
Telefone: +81 241-68-2657 (Associação de Turismo)
Acesso: 10 minutos de táxi da Estação Yunokami-Onsen para Ouchijuku
Site Oficial: Ouchijuku

Fonte: Fast Japan

Quer Aprender Japonês?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *