Viajando barato dentro do Japão


Castelo de Matsumoto 1

Conheça o Japan Rail Pass e viaje por todo o Japão!

Tem vontade de visitar vários pontos turísticos e conhecer o Japão da forma mais barata possível? Resolvi fazer esse post para mostrar algumas sugestões interessantes para os turistas que desejam viajar pelo arquipélago usando o eficiente sistema ferroviário japonês.

As duas sugestões são o Japan Rail Pass e o Japan Rail East Pass, dois bilhetes especiais da empresa Japan Raiways que permite aos turistas se locomover bastante pelo país de uma forma bastante econômica. Veja como funciona esses dois bilhetes especiais:

Japan Rail Pass – Passe livre para turistas

Japan Rail Pass - Passe livre de trem para turistas
O Japan Rail Pass pode ser comprado somente por turistas e realmente vale muito a pena, pois com ele, você pode utilizar qualquer trem (comum, expresso e shinkansen) ilimitadamente durante 7, 14 ou 21 dias, dependendo do qual você escolher. Infelizmente não está disponível para residentes no Japão.

Existem dois tipos de “Japan Rail Pass”: O carro comum e o Green Car (carros de primeira classe). No Green Car, os assentos são mais espaçosos do que os carros comuns. Esse bilhete só pode ser comprado fora do Japão, por isso se pretende utilizar esse serviço, converse com sua agência de viagem.

Japan Rail Pass – Tipos e Preços

Tipo

Comum

Green car

7 dias consecutivos ¥ 29.110 ¥ 38.880
14 dias consecutivos ¥ 46.390 ¥ 62.950
21 dias consecutivos ¥ 59.350 ¥ 81.870

Além de todos os trens operados pela empresa JR (Japan Railways), incluindo shinkansen, expresso limitado, expresso, rápido e trens locais, o Japan Rail Pass também cobre os trajetos para o Aeroporto de Haneda no Tokyo Monorail e a balsa JR Ferry que vai para a ilha de Miyajima, em Hiroshima.

O bilhete também cobre integralmente ou parcialmente trechos específicos em ônibus locais e turísticos da empresa JR. Para comprar ou obter maiores informações, acesse o site em português do Japan Rail Pass.

Japan Rail East Pass – Passe Livre Regional

JR East Pass

O JR East Pass é um passe livre regional para uso exclusivo de turistas, proporcionando viagens ilimitadas em trens JR (incluindo expressos limitados e shinkansen) nas regiões de Kanto, Koshinetsu e Tohoku durante cinco dias consecutivos de sua escolha dentro de um período de 14 dias.

O preço do JR East Pass é de ¥ 22.000 e pode ser comprado dentro e fora do Japão através de agentes de viagens ou através da internet. Nesses casos, basta levar o voucher e trocar nas casas de câmbio dentro das principais estações do JR East, incluindo Tóquio, Narita e Haneda.

As mil utilidades do sakurá

O custo benefício vale muito a pena, pois o valor equivale ao preço de uma única viagem de shinkansen de ida e volta entre Tóquio e Sendai. Crianças de até 6 anos não necessitam pagar nada e até 11 anos pagam somente a metade. Não pode ser utilizado por residentes no país (somente turistas). Para mais informações e dicas de roteiros, acesse o link do JR East Pass

Para programar a sua viagem de trem e montar roteiros de passeios no Japão, indico o Hyperdia. Este site, que também disponibiliza um aplicativo para android, tem um simulador que ajuda a calcular o tempo gasto em um trajeto, além de mostrar preços e várias rotas alternativas.

Lembrando que para usar esses o JR Pass, é necessário estar sempre com o passaporte em mãos. Esses bilhetes citados no artigo são os dois principais, mas existem outros bilhetes econômicos regionais, que citarei em outra ocasião. Espero que seja útil para aqueles que desejam passear no Japão. 🙂

Referências: JR Pass, JR East Pass, Jreast

Quer Aprender Japonês?

5 Comentários

  1. memechanjp

    Amei essas dicas que vão ser de grande ajuda, pois estou pretendendo fazer uma viagem tipo mochilão com a minha irmã ano que vem para o JP. 😎 😛

  2. Pingback: 8 Dicas Para Economizar Em Sua Viagem ao Japão | Curiosidades do Japão

  3. Evelyn

    Você tem alguma dica para conhecer os bairros de Tokyo gastando menos para quem ja mora no Japão?

  4. Mário

    Achei que abordaria sobre um turismo acessível para residentes também, como algum meio ferroviário ou rodoviário barato para se conhecer os lugares já que os custos do Japão são altos inclusive para os quem moram no país.

  5. Guido Tanaka

    Sensacional esse site muita informação maravilhosa ,tem tudo o que um apaixonado pelas maravilhas desse país precisa adorei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *