Japão cria bebê robô para aumentar a natalidade no país


Japoneses criam bebê robô para aumentar a natalidade no país
Como forma de aumentar a natalidade no país, estudantes da Universidade de Tsukuba desenvolveram um robô bebê chamado Yotaro. A proposta da “invenção” é estimular os casais, ensinando aos jovens, os prazeres da paternidade e servindo como treinamento para os futuros papais e mamães.


Yotaro possui características faciais exageradas. Chega a ser meio sobrenatural, com olhos azuis luminosos e bochechas grandes mas se comporta como um bebê de verdade. Ele ri quando se faz cócegas em seus pés, muda a expressão facial e movimenta braços e pernas, quando diferentes partes do seu rosto ou corpo são tocados. O contato físico é detectado por sensores, e o humor de Yotaro muda com base na freqüência de toques.

Yotaro é um robô com o qual você pode experimentar o contato físico como se fosse um bebê de verdade que reproduz os mesmos sentimentos “, disse Hiroki Kunimura, um dos inventores do bebê robô. Yotaro ainda é capaz de simular choro e risada graças a um alto-falante ligado a um computador.

O Japão é um país conhecido por sua longevidade (79 anos para os homens e 86 anos para as mulheres). Mas em contraste, possui uma das menores taxas de natalidade do mundo, ou seja, a população japonesa está em declínio acentuado.

Os estudantes de Tsukuba acham que Yotaro pode influenciar a população a ter mais filhos, já que os japoneses se sentem confortáveis com robôs. Eles não são vistos como ameaças, mas como seres que têm o potencial para desenvolver relações de amizade”, disse Muramoto.

Veja o Yotaro em ação:

Quer Aprender Japonês?

4 Comentários

  1. Pingback: Seijin no Hi (成人の日) - Dia da Maioridade no Japão | Curiosidades do Japão

  2. Pingback: Kissu - Beijar é tabu no Japão? | Curiosidades do Japão

  3. Pingback: Soushoku Danshi - Os homens herbívoros japoneses | Curiosidades do Japão

  4. Jessica vieira

    Quero um tambem amor muito forte

  5. Maria Santos

    Robô estranho. Pelo menos pra mim não estimularia pois parece um fantasma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *