11 Árvores de Sakura Famosas no Japão


11 Árvores de Sakura Famosas no Japão

O Japão é um dos únicos lugares na terra onde o hanami (visualização do sakura) pode ser apreciado por completo, pois é o berço desta prática. Não tem como negar que a atmosfera festiva da primavera no Japão é excepcional. Igualmente surpreendente é nos depararmos com as muitas variedades de flores de cerejeira que podem ser encontradas no país.

Durante a floração do sakura, muitos entusiastas do hanami atravessam o país atrás de árvores de cerejeira famosas, algumas com mais de mil anos de idade. Seus galhos pesados e envelhecidos geralmente são apoiados por postes de madeira, o que nos remete a uma certa similaridade com os seres humanos, que também precisam de apoio na velhice.

Abaixo, você vai conhecer 11 cerejeiras consideradas icônicas no Japão. Não deixe de conhece-las pessoalmente caso um dia tenha a oportunidade. 🙂

1) Miharu Takizakura (三春滝桜)

Miharu é uma pequena cidade localizada no centro de Fukushima. Tem lindos arrozais ao redor. Mas Miharu também é famosa por sua Takizakura, que significa literalmente “cerejeira cachoeira” por causa dos seus ramos curvos que se assemelham a uma cachoeira.

Trata-se de uma gigantesca cerejeira chorão que floresce lindamente em meados de abril. Tem mais de 1000 anos de idade e possui cerca de 12 metros de altura. Todos os anos, 300 mil visitantes vêm aqui para ver uma das mais antigas cerejeiras do Japão.

É classificada como uma das cinco grandes cerejeiras do Japão (日本五大桜) e uma das três cerejeiras gigantes do Japão (日本三巨大桜). Foi designado um tesouro nacional em 1922. As pesquisas frequentemente classificam-na como a árvore número um em todo o Japão.

Endereço: Sakurakubo-115 Taki, Miharu, Tamura District, Fukushima 963-7714, Japão [Mapa]

2) Usuzumi Zakura (淡墨桜)

Usuzumi zakura é uma das três gigantes árvores de sakura do Japão, juntamente com Miharu Takizakura e Jindai zakura. Esta antiga árvore de sakura está localizada na cidade de Motosu, província de Gifu. Possui mais de 1.500 anos de idade e 16 m de altura.

Esta árvore foi reconhecida como Monumento Natural Nacional pelo governo japonês em 1922. Dizem ter sido plantada pelo próprio Imperador Keitai. Suas flores são rosa claro quando começam a brotar, brancas quando desabrocham, e tornam-se pretas quando secam e caem no chão. É por essa razão que a árvore é chamada de Usuzumi (pálida, tinta preta).

Por volta de 1913, esta árvore começou a diminuir. E em 1948, o Ministério da Educação decidiu que ela sobreviveria dentro de três anos. No ano seguinte, um dentista da cidade de Gifu, deu um tratamento a essa árvore moribunda, cortando e colocando enxertos em 238 raízes degradadas. E no ano seguinte, esta árvore foi restaurada lindamente.

Endereço: 上段-995 Neoitasho, Motosu, Gifu 501-1524, Japão [Mapa]

3) Yamataka Jindaizakura (山高神代桜)

Se você olhar primeiramente para o tronco desta gigante cerejeira, pensaria ser uma figueira-da-índia. Acredita-se que tenha sido plantada há 2000 anos pelo príncipe Yamoto Takeru (Filho do Imperador Keiko). Dizem que esta é a cerejeira mais antiga do Japão.

Esta cerejeira da variedade de Edo-higan está localizada no Templo Jissoji, na Província de Yamanashi. De acordo com o sacerdote chefe do Templo Jissoji, a altura da árvore vem diminuindo ao longo dos anos sendo que em 1922 media cerca de 13.6m e em 2006, 10.3m.

Segundo uma lenda, em algum momento do século 13, o monge budista Nichiren sentindo-se angustiado com o declínio da árvore, orou ardorosamente por seu reavivamento e ela ganhou vida. Por este motivo, é também chamada de “Myoho Zakura” (verdadeiro dharma).

Endereço: Japão, 〒408-0306 Yamanashi, Hokuto, Mukawa-chō Yamataka 2763 [Mapa]

4) Sakura de Wanitsuka (わに塚の桜)

Esta cerejeira Edohigan está localizado na cidade de Nirasaki, na província de Yamanashi. Possui 17m de altura e 300 anos de idade, sendo considerada jovem em comparação a outras dessa lista. É considerada uma das mais belas cerejeiras do Japão.

A Sakura de Wanitsuka está plantada sobre uma colina cercada por campos de arroz que em dias claros, oferece uma bela vista do Monte Yatsugatake. Na época de floração, a árvore é iluminada durante a noite, atraindo milhares de visitantes anualmente.

Endereço: 〒407-0042 Yamanashi, Nirasaki-shi Kamiyamamachikitamiyaji 624 [Mapa]

5) Misumi Obira Zakura (三隅大平桜)

Obira Zakura é considerada uma das mais belas e gigantes árvores de sakura no Japão. Está localizada em uma pequena cidade chamada Misumi, na província de Shimane. Possui cerca de 660 anos de idade e 17 metros de altura. É designado monumento natural do país.

Esta cerejeira foi plantada por um criador de cavalos chamado Tomitaro Ohira, por isso leva o nome Ohira no nome, mas também é conhecida como “Misumi Sakura Ohira”. Em abril, o Ohira Sakura Festival é muito popular, atraindo milhares de pessoas todos os anos.

Endereço: Misumicho Yabara, Hamada, Shimane 699-3214, Japão [Mapa]

6) A Shidare Zakura do Maruyama Park (円山公園しだれ桜)

A gigante Shidare Zakura (cerejeira chorona), é o verdadeiro ícone de primavera do Maruyama Park, em Gion, Kyoto. Antes dela, havia uma gigante Hitoe Shiro Higan Shidare Sakura, uma variedade de cerejeira chorão com pétalas brancas, que viveu por quase 200 anos.

A árvore começou a secar em 1928 e morreu em 1947, mas, durante esse período, Toemon Sano, um paisagista japonês e renomado “Sakuramori” plantou algumas sementes. Então, em 1949, no lugar que permanecia vazio, ele replantou uma das mudas recém-plantadas.

Há cerca de 10 anos, Shidare Zakura começou a apresentar problemas, mas desde então é cuidadosamente cuidada pelo filho de Toemon Sano, que também é paisagista assim como seu pai e atualmente com mais de 70 anos, a árvore parece esbanjar saúde e vitalidade.

Endereço: 463 Maruyamacho, Higashiyama Ward, Kyoto, 605-0071, Japão [Mapa]

7) A Shidare Zakura do Rikugi-en (六義園しだれ桜)

Rikugien Garden é um dos mais belos jardins japoneses em Tóquio, muito popular no outono. Mas na primavera, muitos visitam o jardim para apreciar a bela e gigantesca cerejeira Shidare Zakura (cerejeira chorão) de 15 metros de altura e 20 metros de largura.

Na época da floração, as flores quase chegam a tocar o chão. A noite, ela ganha uma iluminação especial. Com o objetivo de preserva-la há uma cerca ao seu redor da árvore. A entrada do Rikugien Garden custa 300 ienes (adultos) e 150 ienes (crianças).

Endereço: 6 Chome-16-3 Honkomagome, Bunkyo City, Tokyo 113-0021, Japão [Mapa]

8) Ishiwarizakura (石割桜)

Ishiwarizakura é uma cerejeira edohigan de aproximadamente 380 anos, medindo 4,3 metros ao redor da base e 10 metros de altura. Esta magnífica árvore, que foi designado Monumento natural nacional, surgiu no meio de uma fenda em uma grande rocha de granito.

Essa sua característica peculiar a faz ser muito amada pelos moradores da cidade de Morioka, província de Iwate. Localizada em frente ao Tribunal Morioka, é uma das primeiras cerejeiras a florescer na cidade, anunciando a chegada da primavera todos os anos.

Em 1932 houve um incêndio no tribunal, mas Ishiwarizakura escapou graças aos esforços dos bombeiros e de um jardineiro chamado Fujimura Jitaro, que arriscou sua vida para salvar a árvore. Hoje, a família de Jitaro continua cuidando da árvore voluntariamente.

9) Otaki Zakura (大滝桜弘前城)k

O Hirosaki Park é um dos pontos de visualização das flores de cerejeira mais populares de todo o Japão. No local, uma cerejeira da variedade Somei Yoshino de 137 anos é reconhecida como a mais antiga cerejeira dessa variedade no Japão. O tempo de vida da Somei Yoshino é mais curto que uma cerejeira chorão. Elas vivem em média 60 anos.

Esta cerejeira foi plantada em 1882 e foi nomeada de Otaki Zakura pelo mestre de xilogravura Shiko Munakata. Além desta, existem mais de 300 cerejeiras Somei Yoshino no Parque Hirosaki que passaram dos 100 anos, e mais de 1200 que viveram por 60 anos ou mais.

Endereço: 1 Shimoshiroganecho, Hirosaki, Aomori 036-8356, Japão [Mapa]

10) Sakura solitária em Koiwai Farm (小岩井農場の一本桜)

No Japão é comum vermos fileiras de cerejeiras em uma mesma área. Não é o que acontece com essa solitária cerejeira localizada na fazenda Koiwai, na província de Iwate. Dizem que esta linda cerejeira da variedade Edohigan foi plantada há mais de 100 anos!

Próximo a ela, não há nada, apenas grama verde e a vista pitoresca do monte Iwate coberto de neve ao fundo. Para entrar na fazenda Koiwai é necessário pagar uma taxa de 800 iene (adultos) e 300 iene (estudantes). Crianças menores de 5 anos e idosos não pagam.

Endereço: 36−1 Maruyachi, Shizukuishi, Iwate-gun, Iwate 020-0507, Japão [Mapa]

11) Daigo Zakura (醍醐桜)

“Daigo Zakura” é uma antiga cerejeira na cidade de Maniwa, província de Okayama. Dizem que esta cerejeira tem cerca de 1.000 anos de idade e ela recebeu esse nome em homenagem ao Imperador Go Daigo, um dos mais famosos admiradores de cerejeira que se tem notícia.

O lugar onde está localizado é tranquilo e um grande espetáculo para ser visto. Daigo Zakura está plantada sobre uma encosta verde com muitas montanhas ao fundo. Azuma Higan”. Ela possui 18 metros de altura, 20 metros de altura e 9,2 m de circunferência de raiz.

Entre o final de março e início de abril ocorre o Daigo Cherry Blossom Festival. Muitas barracas que vendem produtos especiais e comidas locais estarão no local. Durante a floração, a árvore é iluminada à noite, um convite para quem deseja uma atmosfera Yozakura.

Endereço: Bessho, Maniwa, Okayama 719-3157, Japão [Mapa]

Bom, essas são 11 melhores cerejeiras famosas do Japão. Você já teve oportunidade de conhecer algumas delas? Comente abaixo e se gostou do artigo, compartilhe!

Fonte: kyuhoshi.com

Quer Aprender Japonês?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *