A criativa e habilidosa arte de estacionar dos japoneses


Estacionamento de carros no Japão

A criativa e habilidosa arte de estacionar dos japoneses

Quem disse que somente o Brasil conta com o seu “jeitinho brasileiro”? Para driblar o problema de falta de espaço, especialmente nas grandes metrópoles como Tóquio, os japoneses também lançam mão do seu “jeitinho japonês” de forma muito inteligente como podemos notar nas garagens residenciais e estacionamentos públicos.

Tóquio está entre as cidades com maior densidade demográfica por m², o que faz com que qualquer pequeno espaço seja extremamente valorizado. Muitas pessoas moram em casas com garagens apertadíssimas. Isso provavelmente contribuiu para que desenvolvessem uma grande habilidade em estacionar em locais minúsculos.

Estacionar no Japão 4

Mesmo possuindo uma garagem, nem sempre esta é grande o suficiente para estacionar com tranquilidade, mesmo que o carro seja super compacto. Em garagens muito estreitas, é necessário ter muita precisão e habilidade ao volante. E como que o motorista consegue sair do carro depois? Provavelmente só pelo porta mala!:???:

Estacionar no Japão 10

Tem garagens em que uma parte do carro é “obrigada” a ficar pra fora. Lembrei-me de um provérbio japonês: “Atama kakushite shiri kakusazu” (Esconde a cabeça mas não esconde a bunda). Claro que no caso do provérbio o significado não é literal. Na verdade ele faz menção aos erros de alguém que não foram bem encobertos.

Estacionar carro na garagem no Japão

Estacionar no Japão 6

Agora dá só uma olhada no exemplo na foto abaixo. A casa fica localizada numa rua super estreita e o proprietário teve que improvisar uma garagem. Nesse caso o proprietário tem que ser realmente um excelente motorista, caso contrário seu carro corre sério risco de cair no córrego que fica logo atrás da casa. :shock:

Estacionar no Japão 9

E para as famílias que possuem mais de um carro e tem uma garagem onde cabe apenas um? O “jeitinho japonês” para resolver essa questão foi a implantação de plataformas ou elevadores domésticos como podemos ver nas fotos abaixo:

Estacionar em Tóquio

Estacionar no Japão 7

Basta apenas apertar um botão para que o elevador suba ou desça como num passe de mágica. Esses tipo de elevadores de carros também são muito comuns em estacionamentos pagos seja de pequeno, médio ou grande porte.

Elevador de carros no Japão

Claro que a engenharia mecânica usada nos elevadores ou plataformas vai depender muito do tipo de estacionamento, pois existem desde elevadores mais simples a elevadores super modernos onde são usados tecnologia de ponta.

car4-tile

Elevador de carros fotos

Nos vídeos abaixo, dá para ter uma noção de como funcionam esses incríveis elevadores de carro em estacionamentos no Japão:


Link do vídeo 1 (YouTube)


Link do vídeo 2 (YouTube)


Link do vídeo 3 (YouTube)

Fontes de pesquisa e imagens: Japangasm, Nihonshock

Quer Aprender Japonês?

5 Comentários

  1. Rodrigo

    Muito legais os sistemas de estacionamento com elevadores e plataformas, e o fato de estarem de presentes( de forma mais simples) em garagens domésticas também!
    Ainda não entendi como o cara faz para o carro não cair no córrego atrás da casa dele hahaha.
    Valeu pelo post!
    Até!

  2. reginia maria da silva

    Parabéns isso se chama criatividade unida a inteligencia muito show

  3. Douglas Bezerra

    É incrível os sacrifícios que são feitos para aproveitar os mínimos espaços, pois só um pouco de descuido, pode causar vários acidentes. O dono do carro que está de frente do rio deve colocar algo no chão, para que o carro passe em cima e ele saiba quando parar ou realmente tem um bom senso estacionando. As garagens são boas soluções para as cidades, gostei muito de ver que também podem colocar esses elevadores domésticos para estacionar, bem pensado.
    Abraços!

  4. Japão em Foco

    Oi Pessoal!
    Obrigado pelo comentário de vocês!
    Abraços!

  5. blek

    É verdade que em Toquio, para se comprar um carro novo é preciso provar que tem garagem? Parabéns pelo post, muito bom|

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *