Anime Hotaru no Haka (Túmulo dos Vagalumes)


hotaru no haka

Anime Hotaru no Haka (Túmulo dos Vagalumes)

Hotaru no Haka, em português O Túmulo dos Vagalumes ou “Cemitério dos Vagalumes“, foi baseado no romance homônimo de Akiyuki Nosaka, um escritor do pós-guerra nascido em 1930 na cidade de Nakamura, situada na província de Kanagawa.

A qualidade da imagem e a animação são de uma beleza ímpar, além de ser uma das histórias mais emocionantes que já assisti. Impossível não derramar lágrimas ao assistir esse anime.

Setsuko.(Hotaru.No.Haka)

A história começa com “Na noite de 21 de Setembro, morri”, palavras de Seita depois de falecer reconstruindo as aventuras e desventuras vividas por ele em formato de flashbacks que se encadeiam de forma mágica. Durante todo o filme os dialogos mantêm o espectador atento até ao final do filme.

Aconselha-se este anime a todos os que gostam de grandes dramas, isto porque Hotaku no Haka possui um alto conteúdo dramático capaz de fazer gastar ao espectador uma caixa de lenços de papel. Hotaru no Haka é uma história de sobrevivência ,que teve excelentes críticas em todo o mundo.

Setsuko.(Hotaru.No.Haka)

Um filme obrigatório para todos aqueles que duvidam que o cinema de animação pode contar histórias sérias e profundas. É com certeza um dos melhores animes que eu já assisti.

Se você ainda não viu, vale a pena conferir. Ah, tem a versão filme do Hotaru no Haka, que eu achei tão emocionante quanto o anime.

Outro anime ótimo, que também aborda s Segunda Guerra Mundial e que vale a pena conferir, é o Hadashi no Gen, pés descalços.

Assista ao anime completo Hotaru no Haka:

Quer Aprender Japonês?

11 Comentários

  1. É um filme fantástico e belíssimo, como todos do Studio Ghibli!

    Fiquei até com certo receio de assistir, pois todos diziam que era o anime mais triste que já haviam visto, que choraram durante todo o filme. Mas o fato é que não chorei nenhuma vez. Me emocionei diversas vezes, mas não chorei…acho que minha sensibilidade não estava muito aguçada no dia!

    Saindo um pouco dos animes e indo para os doramas, eu chorei MUITO em Um Litro de Lágrimas. Esse sim foi necessária a caixa de lenços!

    Bjos! 🙂

  2. Douglas

    Tenho que vê esse filme, todos os filmes da Ghibli tem uma boa qualidade. Chorar eu sei que não vou, pois nunca chorei ao assistir algo. Lembro de ano hana no namae o boku-tachi wa mada shiranai, que me falaram que era muito triste, e eu achei o final normal.
    Abraços!

  3. Japão em Foco

    Oi Daniela!
    Sério que você não chorou? Assisti várias vezes e todas eu choro rs. Mas uma coisa que você disse é certo: Muitas vezes nossa sensibilidade não está aguçada no dia… Obrigada pela dica do “Um litro de lágrimas”, vou ver se encontro para assistir e posto aqui minha opinião… Continue a mandar dicas ok… Abraços!

  4. Japão em Foco

    Oi Douglas!
    Acho que homens são mais durões rs. Mulheres geralmente são muito manteigas derretidas. Eu também não sou de chorar muito, mas me emociono bastante. No Japão é 8 ou 80, ou eles apelam para um humor bizarro além da conta, ou então apelam para o drama além da conta rs. Abraços!

  5. Pingback: Hotaru No Haka - Filme baseado no anime | Curiosidades do Japão

  6. Pingback: Gen Pés Descalços - Hadashi no Gen | Curiosidades do Japão

  7. Pingback: Hayao Miyazaki, o Mestre da Animação Japonesa | Curiosidades do Japão

  8. karina

    Esse desenho é lindo… é o tipo de desenho que vc pode assistir varias vezes e se emocionar sempre!
    Melhor que o desenho é o filme, não tem como não se envolver!!!
    Sou uma manteiga derretida assumida, daquelas que termina o filme com dor de cabeça de tanto chorar… mas nãoperco a chance de assistir…
    Simplismente… Adoro!!!

  9. Pingback: TOP 10 - Animes mais comoventes | Curiosidades do Japão

  10. Rosilda Cavalcanti

    Eu chorei rodos, o filme todo. E no final, quando canta a música “Home sweet home”, foi que eu chorei mesmo. E chorei as 5 vezes que assisti.

  11. Marcio Roberto

    Acabou comigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *