Experimento feito há 50 anos é o responsável por esses círculos misteriosos em uma floresta no Japão


Experimento feito há 50 anos é o responsável por esses círculos misteriosos em uma floresta no Japão

Dois círculos peculiares foram recentemente vistos na província de Miyazaki, no Japão. Visíveis apenas a partir de cima, os círculos são formados por árvores Sugi (cedros japoneses). Mas para a tristeza dos teóricos da conspiração, existe uma explicação científica para isso.

Na verdade trata-se do resultado de um experimento realizado há quase 50 anos. Segundo informações do Ministério da Agricultura, Florestas e Pescas do Japão, em 1973 uma área florestal perto da cidade de Nichinan foi designada como “floresta experimental” e um dos experimentos foi tentar medir o efeito do espaçamento e crescimento entre árvores.

Uma equipe de pesquisa na época plantou uma série de árvores de cedro japoneses a uma certa distância uma da outra. O experimento foi realizado com o plantio de árvores em incrementos radiais de 10 graus, formando 10 círculos concêntricos de diâmetros variados.

Experimento feito há 50 anos é o responsável por esses círculos misteriosos em uma floresta no Japão 2

O resultado mostrou que curiosamente, as florestas cresceram em forma convexa, com os círculos internos menores se expandindo em grandes raios, provando que o espaçamento definitivamente tem um impacto sobre o quão alto as árvores crescerão e criando um desenho circular hipnótico surpreendente que pode ser visto do céu e pelo Google Earth.

De acordo com o Ministério da Agricultura do Japão, a diferença de altura entre as árvores menores no centro e as árvores mais altas no anel externo era de mais de 5 metros. Novamente, isso implica que as árvores em áreas menos densas têm mais acesso a recursos, enquanto as árvores no centro têm que competir pela luz solar e pela água.

Experimento feito há 50 anos é o responsável por esses círculos misteriosos em uma floresta no Japão

Com o experimento chegando ao fim, as árvores deveriam ser colhidas mas graças a esse resultado inesperadamente belo existe a possibilidade de que estes gigantescos círculos de cedros possam ser preservados, e talvez até se tornem uma atração turística no futuro!

As árvores deveriam ser colhidas em cerca de 5 anos, mas as autoridades agora estão considerando preservar as florestas circulares para a felicidade das pessoas que gostam de natureza e de coisas esteticamente agradáveis. Abaixo está uma imagem retirada do Google Earth. Caso esteja interessado, aqui estão as coordenadas exatas.

Experimento feito há 50 anos é o responsável por esses círculos misteriosos em uma floresta no Japão 3

Enquanto o Japão trabalha para salvar essa pequena floresta circular, em outros lugares do mundo, o desmatamento está acontecendo a um ritmo alarmante. O desmatamento da floresta amazônica, por exemplo, atingiu a maior taxa observada em 10 anos.

Os dados mostram que esse desmatamento preocupante se deve à extração ilegal de madeira e à invasão da agricultura na floresta tropical, segundo o ministro do Meio Ambiente do Brasil, Edson Duarte.

Imagens de satélite tiradas dos 12 meses que antecederam o final de julho de 2018 revelaram como 7.900 quilômetros quadrados (3.050 milhas quadradas) da floresta foram desmatados, o equivalente a aproximadamente cinco vezes a área da cidade de Londres.

Segundo o Greenpeace Brasil, os números indicam que cerca de 1,185 bilhão de árvores foram derrubadas. Conforme relatado pelo The Guardian, o coordenador de políticas públicas do Greenpeace Brasil, Marcio Astrini, disse: “É muita floresta destruída. A situação é muito preocupante … o que é ruim vai piorar.” Ele acrescentou:

Chegará um momento em que o acúmulo desse desmatamento causará um efeito no qual a floresta deixará de ser uma floresta.” Os cientistas calculam que isso é entre 20 a 30%. Estamos muito perto dos 20%. Em um comunicado, Duarte pediu ao governo brasileiro para melhorar o policiamento em relação à floresta amazônica:

Precisamos aumentar a mobilização em todos os níveis de governo, da sociedade e do setor produtivo para combater atividades ambientais ilícitas.” O desmatamento é uma das principais causas do aquecimento global, responsável por mais de 15% das emissões anuais de gases causadores do efeito estufa, incluindo o dióxido de carbono.

Fontes: interestingengineering.com, unilad.co.uk

Quer Aprender Japonês?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *