Leques tradicionais japoneses


Leques tradicionais japoneses

Os leques tradicionais japoneses (ファン, lê-se Fuan) são algo que logo vem à nossa cabeça quando pensamos nos objetos que fazem parte da cultura japonesa, assim como o katana. Na verdade, os tradicionais leques tem permeado a cultura japonesa ao longo de sua história. Por exemplo, uma gueixa jamais ficará completamente vestida se não estiver segurando esse acessório ornamental.

No Japão, ele tem uma série de utilidades, que vai além do óbvio, que é proporcionar uma brisa fresca ao usuário. Antigamente, os leques já foram usados em cerimônias religiosas, com a intenção de afastar o mal. Era também muito usado para proporcionar sombra para a moças aristocratas ou da realeza japonesa.

Leques japoneses
Os leques também serviam para definir o status social: Manter o leque fechado entre você e outra pessoa, significava que seu status era superior ao da outra pessoa. Já mantê-lo aberto, significava o contrário. Os leques também foram muito usados no teatro japonês kabuki e Noh para acentuar os movimentos de dança.


Para nós ocidentais pode ser um simples objeto para se refrescar no verão, porém no Japão, eles ganham um contexto altamente cultural, histórico e artístico, as quais muitos deles são pintados à mão com belas ilustrações ou escritos belas mensagens ou ideogramas. Também podem ser usados como acessórios de decoração nas casas, ou presos na parede ou em pé, sobre algum móvel.

Leques japoneses tradicionais kabuki decoração
Os leques passaram a se popularizar entre a população comum a partir do século 16. As ilustrações comuns nessa época era de retratos de atores do kabuki, paisagens ou mensagens. Hoje em dia ele é muito visto nos festivais, onde as moças vestidas de yukata, (quimono de verão), se abanam durante o verão quente e úmido japonês.

Leque japonês Festivais

Tipos de leques tradicionais japoneses

Existem basicamente dois tipos de leques japoneses: o leque dobrável (OGI ou SENSU) e o leque não dobrável (UCHIWA). Porém dentro destes dois estilos existem algumas variações, conforme o local onde são produzidos.

Leques japoneses Ogi e uchiwa

Leques Uchiwa
Os Leques Uchiwa foram trazidos da China e sua base usa uma moldura circular feito com lâminas estreitas de bambu, coberto por papel washi ou tecido esticado. Ela é plana e rígida, usado basicamente como abanador, para fins decorativos ou em festivais de verão, para serem usados com o yutaka.

Leque japonês
São classificadas em três tipos, conforme os locais onde são produzidos: Bo-shu Uchiwa ( Boshu, sul de Chiba), Kyo Uchiwa (Kyoto) e Marugame Uchiwa (Marugame). Essas três cidades são as campeãs na fabricação de leques artesanais e 100% feito à mão, tanto que foram designadas como “Artesanato Tradicional Nacional Japonês“.



boshuuchiwa
Hoje em dia, os leques uchiwa também são frequentemente oferecidos por diversas empresas como brinde de verão, como forma de marketing ou publicidade. São ilustrados com o slogan da empresa e são feitos geralmente de plástico, pois é mais barato e mais fácil de processar do que o bambu, facilitando a fabricação em massa.

Também são acessórios encontrados aos montes nos festivais de verão, os matsuris. Veja alguns exemplos abaixo:

matsuriuchiwa
Leques Ogi ou Sensu
Já o estilo de Leques Ogi, nasceu no Japão e existem muitas variedades deste estilo, mas basicamente sua estrutura é dobrável, feito com ripas estreitas de bambu, marfim ou cipreste e depois coberto com papel washi ou seda.

Ambos os tipos foram muitas vezes decorados com caligrafia de poemas e sutras budistas. Esse estilo tem sutis diferenças para homens e mulheres, em relação à cor, design e tamanho: 18 a 20 cm para as mulheres e 23 a 24 cm para os homens.

Leques japoneses

Eles pode ser bastante simples ou podem conter belos desenhos ou mensagens, reflexo da escassez de papel que havia naquele período.

A grande vantagem desse estilo, é a facilidade de transportá-lo, já que quase não ocupa espaço algum.

Geralmente vem acompanhado de uma caixinha, onde é guardado após o uso. Dentro do estilo Ogi, há vários tipos, como o Kawahori-sen, um leque mais simples, feito de papel, o Maiougi, usado especialmente nas danças japonesas.

Já o Sensu Chasen, usado especialmente em cerimônias do chá, onde permanece na maioria das vezes fechada. É usado somente em casos de desculpas formais ou declarações importantes.

Leque Ogi Sensu

Simbolismo do leque tradicional japonês

Como tudo no Japão, o leque também tem seu simbolismo. Sua extremidade simboliza o nascimento, enquanto suas lâminas simbolizam os muitos caminhos possíveis que nos deparamos na nossa vida. As cores também tem significados: Vermelho e branco são considerados sorte, dourado é usado para atrair riqueza.

No Japão, os leques acompanham a vida das pessoas, desde o seu nascimento e passando por todas as etapas da sua vida como batizados, durante o Shichigosan, uma comemoração do terceiro, quinto e sétimo aniversários das crianças. Também está presente na hora de selar o compromisso entre dois apaixonados, onde se costuma trocar leques, ao invés de alianças.


Na cerimônia típica de casamento, o leque também está presente. na qual a noiva ostenta um leque dourado de um lado e um prateado do outro; já o noivo, usa um leque branco durante a cerimônia. Nos velórios, eles também estão lá, onde os convidados levam um leque cinza-esverdeado, que é usado uma única vez.

Significado das estampas dos leques

Muitas vezes, os leques são dados de presentes para homenagear nascimentos, batizados ou aniversários. A maioria são coberto de desenhos florais, pois para o japonês, flores são símbolos de vida, especialmente os crisântemos, onde suas pétalas perduram por longos anos. É comum também ilustrações de animais como a tartaruga e o tsuru, símbolos da longevidade.


Em casamentos é comum darem leques ilustradas com plantas perenes, tais como bambu e pinho, pois simbolizam resistência. Flores de cerejeira (sakurá), simbolizam o amor entre pais e filhos. Rosas significam amor, e a combinação de rosas e pinheiros simbolizam os opostos que se atraem, seguindo os princípios de yin e yang.


Leques com ilustrados com aves em pares simbolizam casais apaixonados, porém aves pretas representam o mal. Leões simbolizam realeza, força e proteção, enquanto os tigres significam guerra. Um cavalo pode simbolizar a misericórdia (especialmente se ele é branco). Uma borboleta significa uma mulher vaidosa e inconstante, mas se forem duas simbolizam um casamento feliz. Um peixe koi (carpa), simboliza riqueza, sorte e uma vida longa.

Quer Aprender Japonês?

25 Comentários

  1. Douglas

    E eu que achava que os leques serviam apenas para fazer uma brisa fresca, tudo no Japão tem sua longa história pelo jeito!
    Graças a esse site aprendo diversos aspectos da cultura japonesa que não encontro em nenhum outro lugar.
    Ontem foi minha primeira aula de Nihongo na Associação Japonesa de Santos, foi muito mais legal do que eu esperava, depois da aula ensaiamos “te no hira wo taiyo ni”, para dançar(eu nunca gostei de dançar, mas agora achei legal) na festa de 60 anos da associação.
    Abraços!

  2. Japão em Foco

    Oi Douglas!
    Pois é… no Japão tudo tem um simbolismo, um significado. É isso que faz a cultura japonesa ser tão interessante não acha? Legal saber que você está na aula de nihongo e fico feliz de saber que você está gostando…Tenho uma grande amiga que participa e está aprendendo a tocar taiko, aquele tambor japonês… Ela está adorando! Abraços!

  3. cristiane

    ola japa~em foco gostaria de saber onde posso achar a base plastica para confecção de leque artesanal,ou de madeira pode me ajudar?

  4. Japão em Foco

    Oi Cristiane!
    Em que cidade você mora? Será que na Liberdade em São Paulo você não encontra essa base plástica? Sinceramente não sei onde encontrar, mas de repente na Liberdade tenha ou então podem informar algum loca onde venda. Dê uma pesquisada! Abraços!

  5. Pingback: Rakugo - Entretenimento Tradicional Japonês | Curiosidades do Japão

  6. Japão em Foco

    Oi Hideko Hirota!
    Que bom que gostou da matéria! 🙂
    Abraços!

  7. Will

    gora sei porque o clã Uchiha do anime Naruto, se chama Uchiha e tem as cores vermelhos e brancos 😉 Significa sorte e vem de Uchiwa que é o leque :mrgreen:

  8. Japão em Foco

    Oi Will!
    Que bom que gostou do artigo!
    Abraços!

  9. Pingback: Lanternas japonesas Chouchin e Bonbori | Curiosidades do Japão

  10. Hidemoto

    Gostei do artigo. Estou pensando em fazer um leque para mim, mas a única duvida que me resta é no tamanho. Ali você escreveu que o dos homens tinha entre 23 a 24 cm. Esse tamanho é da altura das folhas do leque ou é da do comprimento dele aberto? Obrigado pela atenção.

  11. Japão em Foco

    Oi Hidemoto!
    Nesse caso, o tamanho se refere ao diâmetro do leque aberto. Abraços!

  12. Silvia Helena

    Esse artigo foi legal, mas eu fiquei pensando nas “desculpas formais”. Poderia ser mais explícito?

  13. Japão em Foco

    Oi Silvia!
    Você deve estar falando do Sensu Chasen né? É que este leque é usado especialmente em cerimônias formais e devem permanecer fechado a não ser em situações onde você precisará dar uma desculpa formal ou fazer uma declaração importante. Só nessas situações que você deverá abrir este tipo de leque… Abraços!
    😉

  14. Catarina

    Ola q bela materia. Vc teria uma dica de onde encontro na liberdade leques japoneses?

  15. amei sua postagem

  16. ianca

    amei os leque e me ajudou muito no trabalho

  17. ingrid

    vou compra um dos leque que sao lindos

  18. maria clara

    os leque me ajudaram muitos no meu trabalho tirei 10

  19. ianca

    rsrsrsrs muito engraçados adorei o site

  20. Nadia Esposito Negri dos Santos

    Alguém sabe o significado das cores dos leques ? Estou querendo colocar um em casa estou na duvida entre verde ou vermelho na entrada .

  21. Nadia , eu sei de dois, vermelho e branco dão sorte , dourado traz riqueza e esverdeado são usados em funerais uma única vez.
    Espero ter ajudado !

  22. Maria Creuza

    vou apresentar uma danca japonesa com leques mas confeccionei eles de papel.Qual seria o modelo do enfeite.

  23. Soyara Lilian

    Oi! Estou tentando faser um uchiwa e estou pesquisando muito… sua materia me ajudou sobre o tipo de papel usar ou tecido; estou muito grata pelo conteúdo, foi esclarecedor. Mas gostaria de me aprofundar mais no assunto principalmente na construção de um leque uchiwa. Poderia me ajudar? … com uma indicação… sabe “tipo” um rumo de pesquisa?

  24. Ricardo

    Bom dia
    Ótima matéria
    Gostaria de saber local em São Paulo vende produtos japones
    Leques, bonecas…. decorações em geral
    muito obrigado aguardo resposta
    Ricardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *