7 Fatos Sobre O Calpis Que Talvez Você Não Saiba


Calpis (prtimes.jp)

7 Fatos Interessantes Sobre o Calpis no Japão

Calpis (カルピス) é uma bebida láctea muito popular no Japão, fabricada pela Calpis Co., Ltd., empresa subsidiária da Ajinomoto. Esta bebida deliciosa pode ser encontrada por toda parte no Japão como supermercados, lojas de conveniências e dezenas de milhares de máquinas automáticas espalhadas pelo país.

O Calpis também pode ser encontrado em vários outros países, mas geralmente é vendido sob o nome de “Calpico”, e o motivo é um tanto curioso. Que tal conhecer algumas curiosidades interessantes a respeito do Calpis? Tenho certeza que vai se surpreender 🙂

1. Uma bebida “quase” centenária!

Embalagem do Calpis em 1922 (calpis.net)

O Calpis passou a ser comercializado oficialmente no dia 7 de julho de 1919, com o tema de “Via Láctea” por coincidir com o Tanabata Matsuri, conhecido como festival das estrelas. A bebida se popularizou rapidamente no Japão pré-guerra, especialmente por não precisar ser mantida sob refrigeração.

Originalmente, a embalagem tinha pontos brancos contra um fundo azul e só em 1953 que as cores foram invertidas. Foi a primeira bebida no Japão a ser feito com bactérias do ácido láctico, criada com a intenção de fornecer mais cálcio à população japonesa, além de contribuir para a saúde intestinal.

2. Calpis é feito de água, leite e lactobacilos

Calpis (matome.naver.jp)

Os seus ingredientes incluem água, leite em pó sem gordura e ácido láctico, produzido por fermentação. Depois de um período de fermentação, é adicionado açúcar e deixado para fermentar mais uma vez, até se tornar o Calpis. O sabor é ligeiramente ácido e lembra um pouco o gosto de um iogurte ou Yakult.

3. Uma experiência que acabou dando certo

Antes de criar o Calpis, Kaiun Mishima, havia viajado para a Mongólia em 1904 e lá encontrou uma bebida local à base de ácido láctico chamada airag. Mishima ficou maravilhado com o sabor único e delicioso da bebida e assim que retornou ao Japão, resolveu se dedicar à cultura de lactobacilos.

Com ajuda do gerente da fábrica Yoshizou Kataoka, Kaiun Mishima criou uma bebida chamada Daigomi, mas as vendas não decolaram. Certo dia, Yoshizou Kataoka misturou o Daigomi com açúcar em um tubo de ensaio e deixou-o por vários dias, e o resultado foi o delicioso Calpis que temos hoje. 🙂

4. A pronúncia em inglês lembra “Mijo de Vaca”

Calpis e Calpico (Commons Wikimedia)

“Cal” vem de cálcio, e “Pis” vem da palavra “Salpis”, se referindo a um dos cinco sabores descritos no budismo. No entanto, Calpis é vendido em muitos países de língua inglesa como Calpico pois a pronúncia de Calpis em inglês se parece com “Cow Piss”, que significa “mijo de vaca”. Não ia pegar bem né? 🙁

5. Existem Calpis de diversos sabores

Hello Kitty Calpico (blog.rekuru.com)

No Japão, podemos encontrar a bebida misturada com água ou leite e uma infinidade de sabores, tais como uva, manga, morango, laranja, mikan, banana, melão, maçã, aloe, matcha, goiaba, pêssego e abacaxi (disponível em Okinawa). Tem ainda o “Calpis Premium” e o “Calpis Zero”, isenta de calorias.

Sem contar o Calpis Soda, versão gaseificada da bebida, o “Gun Gun Gurt”, além de algumas versões alcoólicas disponíveis no Japão e Taiwan como “Calpis Sour” e “Calpis Bartime” com um sabor de coquetel de frutas.

6. Produtos variados com sabor de calpis

Produtos sabor Calpis (calpis.co.jp)

O Calpis tem um sabor que agrada pessoas de todas as faixas etárias, de crianças a idosos. Pensando no grande número de pessoas que curtem o sabor de Calpis, alguns produtos foram lançados como o Kit Kat de Calpis, Calpis Mushi Pan, Vinagre de Calpis, margarina de Calpis, sorvete de Calpis, etc.

7. Alternativas para consumir o Calpis

Kakigori com Calpis (buzzlife.jp)

O Calpis não é consumido apenas como uma bebida. Ele pode ser utilizado de diversas maneiras. No verão por exemplo, é comum despejá-lo sobre o kakigori (raspadinha de gelo) para adicionar mais sabor e frescor. No inverno, há quem goste de diluir o Calpis com água ou leite quentinho para se aquecer do frio.

O Calpis também pode ser um ingrediente em coquetéis. No próprio site oficial do Calpis tem várias receitas disponíveis de bebidas e coquetéis para quem domina o idioma japonês. O iogurte Calpis também pode ser usado como molho em sobremesas e até sobre carnes, como podemos ver nessa receita aqui.

O Calpis é uma bebida super acessível em qualquer lugar do Japão, sendo encontrados em abundância em Jidouhanbaiki (máquinas de vendas automáticas), Konbinis (lojas de conveniência) e supermercados em geral. Você já experimentou o Calpis? O que achou do sabor? Deixe um comentário!

Referências: Wikipedia, Tsunagu Japan, Calpis.net

Quer Aprender Japonês?

11 Comentários

  1. Marcelo

    eu particularmente adoro no verão com bastante gelo.

  2. Shigeaki Nozaki

    Adoro! Não aguentei ler a matéria até o final e fui comprar um lá no combini! hahahahaha!

  3. jorge kazuho

    ..rrss..dentro de 14 anos com trabalhos bastante diversificada :limpezas a caminhoneiro com vendas de produtos brasileiros em diversas regiões deste maravilhoso país e com isso tive a grata satisfação de conhecer muitos lugares e em FOCO ,vendas dos produtos Calpis …

  4. jorge kazuho

    Conhecer pessoas maravilhosas, gravando amizades que deixam saudades. ..

  5. Vivian

    Queria que existisse sem lactose…é triste não poder provar essa delícia! Japão faça Calpis sem a malvada lactose, Onegai!!! (;*△*;)

  6. Ali

    Quem quiser criar um calpis em casa bata no liquidificador:

    100ml de agua
    50ml de leite
    pedacinho de polpa congelada de pitanga
    1clher/chá de açucar

    ?

  7. Livia Reis

    Estava assistindo Himouto! Umaru-chan e citaram essa bebida. Deve ser muito boa *–*

  8. Claudia

    Tive a oportunidade de conhecer o calpis.Amei está bebida e tomei o qto podia.Seria interessante fabricar no Brasil.É gostosa e saudável.

  9. Thiago Tebatini

    Vende Calpis em São Paulo nos supermercados na Liberdade, e também agora na loja Hirota, em vários shoppings.

  10. willian

    delicioso

  11. Celso Werlang Garcia

    Muito bom! Provei uma variedade concentrada, comprada no Hipermercado MITSUWA de Chicago. A gente misturava com água ou água com gás. Delicioso! Pois, é, poderia ser Burajiru-sei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *