Documentário “Japão: Memórias de um Império”


Mémorias de Um Império

Documentário “Japão: Memórias de um Império”

Japan: Memoirs of a Secret Empire (Japão: Memórias de um Império) é um documentário produzido pelo canal americano PBS que aborda o período em que o Japão era governado pelo xogum Tokugawa Ieyasu, uma época comandada por xoguns sedentos de poder, corajosos samurais, gueixas exóticas e artesãos requintados.

Entre os séculos 16 e 19, o Japão passou por um período de caos e violência até alcançar uma era de relativa paz com a derrubada do Xogunato Tokugawa e com o início da Restauração Meiji. Até então, o país se manteve fechado para o ocidente por quase 250 anos.

Este incrível documentário divido em três capítulos, traz à tona a história de um misterioso império, sua relação com o Ocidente e a construção de uma nação forte que se tornaria um dos países mais importantes do mundo.

Parte 1: O Estilo do Samurai

No capítulo “The Way of the Samurai” (O Estilo do Samurai), veremos como foi a chegada dos comerciantes portugueses e missionários cristãos europeus e a unificação do Japão por Tokugawa Ieyasu, dando início a uma dinastia repleta de guerras civis, que vai governar o Japão por mais de 250 anos.

Parte 2: A vontade do Shogun

No capítulo “The Will of the Shogun” (A Vontade do Xogum), Ieyasu estabelece um governo baseado em códigos de ética samurai e obediência e seu neto Iemitsu expulsa todos os estrangeiros do Japão, resultando na rebelião Shimabara de 1637 e no isolamento do Japão por um longo período.

Parte 3: O Retorno dos Bárbaros

No capítulo “The Return of the Barbarians” (O Retorno dos Bárbaros), o Japão reabre suas portas para o ocidente no século 18, com a chegada do comodoro americano Matthew C. Perry em 1853. Com o fim do xogunato, o Japão passa por uma grande reforma política, econômica e cultural.

Quer Aprender Japonês?

2 Comentários

  1. Pingback: Curiosidades sobre a Katana | Curiosidades do Japão

  2. Pingback: William Adams, o primeiro samurai ocidental | Curiosidades do Japão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *