10 Fatos Loucos Sobre o Japão


Japão

Conheça 10 Fatos Loucos Sobre o Japão

Oi pessoal! Hoje resolvi trazer pra vocês alguns fatos e curiosidades relacionados ao Japão e sociedade japonesa que provavelmente vocês não saibam e podem se surpreender. Alguns são sérios, outros inusitados… Mas enfim, pra quem ama o Japão, sempre é legal conhecer coisas sobre esse país tão exótico. 😉

1. Japão tem a dinastia mais longa do mundo!

Família Imperial Japonesa

A dinastia japonesa é a monarquia hereditária continuada mais antiga do mundo. A atual monarquia japonesa começou com o lendário imperador Jimmu, em 660 aC. Ao longo da sua história, o Japão já teve 125 imperadores, incluindo o atual. No entanto, pouco se sabe a respeito dos primeiros 25 imperadores do país.

Os membros da família Imperial passaram a desempenhar funções sociais e civis e deixaram de se envolver em assuntos governamentais após a Segunda Guerra Mundial. As funções do Imperador são passadas de pais para filhos e assim por diante. O atual imperador é o Akihito, que reina desde 1989.

2. Horóscopo do Tipo Sanguíneo

Horóscopo do Tipo Sanguíneo

Os japoneses são fissurados por tipos sanguíneos, por isso não estranhe se algum deles perguntar qual é o seu. Eles acreditam que a personalidade de uma pessoa está ligada ao seu tipo de sangue. Pra você ter uma ideia, até personagens de anime e videogame tem seu tipo sanguíneo ao lado do nome e nacionalidade.

Esse costume se intensificou a partir da década de 70, após um lançamento de um livro que se tornou sucesso de vendas no Japão. Pra saber mais detalhes sobre o assunto, veja este artigo: Ketsueki gata (Horóscopo sanguíneo).

3. Cantores virtuais fazem sucesso no Japão

Vocaloid Japan

Os vocaloids (Cantores virtuais) já são realidade no Japão. A voz é criada por um software que capaz de criar uma voz para um personagem. No Japão, os vocaloids são tratados como personagens, com direito a ter idade, peso, tipo sanguíneo, etc. e fazem mais sucesso do que muitos cantores de carne e osso.

Um grande exemplo é Hatsune Miku que possui composições e performances próprias e faz até concertos pelo Japão usando outra tecnologia avançadíssima, o holograma, que permite que a personagem se apresente ao vivo em frente a uma plateia entusiasmada que pode chegar a mais de 10 mil pessoas. Incrível não?

4. A maldição do Coronel Sanders

Maldição do Coronel Sanders

Existe uma lenda urbana que diz que a equipe de beisebol Hanshin Tigers é amaldiçoado pelo Coronel Sanders, fundador do KFC. Tudo isso porque os torcedores do Hanshin Tigers teriam jogado uma de suas estátuas no rio enquanto comemoravam a conquista do título do campeonato japonês de 1985.

Os Hanshin Tigers só ganharam um campeonato, em 1985, justamente quando a maldição foi supostamente lançada. Depois disso, ficaram quase 18 anos sem ganhar nenhuma partida, até que em 2002, o time venceu a Tunísia na Copa do Mundo. E aí? Será que a maldição do Coronel Sanders realmente terminou?

5. Multa para as famílias de suicidas no trem

Suicídios em linhas de trem

O Japão tem uma das mais altas taxas de suicídio no mundo. A idade mais comum dos suicidas compreende homens de 20 a 44 anos. Saltar em frente a um trem é uma das maneiras mais populares de acabar com a sua vida no Japão. No entanto essa prática tem trazido um grande transtorno para as companhias ferroviárias.

Para dissuadir as pessoas de fazerem isso, as empresas ferroviárias começaram a implementar algumas medidas para reduzir o número de suicídios. Um deles é multar os membros da família pelos transtornos causados pela interrupção do trem devido ao incidente. A multa pode chegar a 1 milhão de ienes.

6. A indústria do Fumo no Japão

A Indústria do Fumo no Japão

O Japão tem um grande número de fumantes, que são incentivados por questões sociais e frouxas leis antifumo. O número de fumantes vem caindo a cada ano, mas a razão principal se dá mais por questões sociais do que pela saúde em si. Em Tóquio e outras cidades, não pode fumar nas ruas, somente em lugares específicos.

Quem não cumprir, pode levar uma multa que varia de 1.000 a 2.000 ienes (aproximadamente entre R$ 20 e R$ 40). Mas o incentivo ainda é grande. Só para se ter uma ideia, a Japan Tobacco, a principal empresa de cigarros no Japão, doou 15 milhões de cigarros aos idosos durante o Keiro no Hi (dia ao respeito ao idoso).

7. Kancho, brincadeira popular no Japão

kancho

Kancho é uma brincadeira muito sem noção que causa constrangimento e desconforto em suas vítimas. Se caracteriza em fazer uma ‘arma imaginária’ com suas mãos e os dedos indicadores para frente. Em seguida ataca-se uma pobre vítima inocente por trás, ao mesmo tempo que grita a palavra “kancho”.

Seria uma brincadeira de criança, mas que também é muito popular entre adultos. Inclusive não é incomum ver essa brincadeira em programas de celebridades. Taí uma brincadeira sem noção que espero que nunca seja incorporado no Brasil.

8. Space Invaders causou escassez de moedas

Space Invaders

Este jogo clássico foi lançado pela Taito para o público japonês em 1978. O jogo teve uma premissa simples: Alienígenas estavam chegando perto de seu planeta, e você tinha que matá-los antes que chegassem até você. O jogo tornou-se tão popular que fez com que causasse uma escassez nacional de moedas de 100 ienes.

O governo teve que aumentar a produção de moeda para acompanhar a demanda! Shigeru Miyamoto, criador do lendário Mario e Zelda, considera o Space Invaders um jogo revolucionário na indústria de videogames, uma vez que foi pioneiro nos jogos com estilo ‘atiradores’, gerou um nível de interesse nunca visto antes.

9. Banheiros no Japão simulam barulho de descarga

Sound Princess

Em muitos banheiros femininos no Japão, há um dispositivo usado para simular o barulho de descarga de um vaso sanitário. O nome do dispositivo chama-se “Sound Princess” e foi introduzido pela primeira vez na década de 80 e desde então se espalhou para quase todos os banheiros públicos femininos no Japão.

Pode parecer muito estranho para a cultura ocidental, mas na verdade foi criado para resolver o problema de desperdício de água. Antigamente, as japonesas enquanto usavam o vaso sanitário, apertavam a descarga frequentemente para evitar que outras usuárias não escutassem os “barulhinhos constrangedores”.

Então criaram o “Sound Princess” que foi introduzido em praticamente todos os banheiros públicos no Japão. Quando aperta o botão do “Sound Princess”, um ruído alto e artificial de uma descarga é acionado. Assim, evita-se o desperdício e o constrangimento das japonesas ao usar o banheiro público.

10. Síndrome de Paris

Paris syndrome

Todos os anos, turistas japoneses que viajam a Paris, tem que ser repatriados depois de serem vítimas da “síndrome de Paris”. Mas o que é a Síndrome de Paris? É um transtorno causado especialmente pelo choque cultural entre os países e identificado pela primeira vez há vinte anos pelo psiquiatra japonês Hiroaki Ota.

Dentre os principais sintomas estão: Delírios, alucinações, ansiedade, tonturas e suores. A causa do colapso nervoso, segundo Ota, é motivada pela frustração gerada pelas expectativas e a realidade parisiense em si, que é bem diferente daquelas mostradas em filmes como Amelie, programas de TV e em revistas de moda.

Alguns turistas japoneses mais sensíveis, se chocam com o caráter rude dos parisienses, gerando esse estranho transtorno. Para ajudar os turistas que sofrem deste mal, a Embaixada do Japão em Paris tem uma linha telefônica que funciona 24 horas, encaminhando-os para um tratamento hospitalar se houver necessidade.

Espero que tenham gostado das curiosidades.
Não esqueçam de comentar!
😉

Quer Aprender Japonês?

4 Comentários

  1. may

    japoneses estão acostumados com o bom atendimento ao publico em geral, seja em lojas, restaurantes, taxis, enfim, em qualquer lugar, imagine chegar em Paris e enfrentar o permanente mau humor e arrogância dos parisienses… dá pra ficar chocado mesmo! eu que o diga!

  2. Cesar Ito Yui

    Esse “kanchô” tem um nome no Brasil, “pula-pirata”, por ser algo parecido com o brinquedo que muita criança já teve.

  3. Ivan Soares イヴァン ・ ソアレス

    Esse kancho já vi muito em animes, essa de Paris foi hilária,criar expectativas pelo que se vê em tv e revistas nunca é bom, vc cria um pré-conceito sobre lugares que nunca visitou!!

  4. Dantas

    HAHAHAHAHAHA morri com a ultima curiosidade,a brincadeira da “arma” já vi em alguns dramas e espero q isso NUNCA aconteça no Brasil. Obrigada pelo post ^^

  5. Shura

    ”…Delírios, alucinações, ansiedade, tonturas e suores…” q exagero O.o

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *