10 criaturas interessantes do folclore japonês


10 criaturas interessantes do folclore japonês

O folclore japonês é repleto de monstros estranhos, fantasmas e demônios. Um grande número dessas criaturas pode ser classificada como yōkai ou yūrei. Os yōkai são o que geralmente denominaríamos como “monstros”, embora alguns deles pareçam seres humanos, outros tem ainda a forma híbrida ou se parecem com objetos inanimados tais como guarda-chuvas.

Já os yūrei são fantasmas, muitas vezes presos aqui na terra porque morreram violentamente ou possuem espírito de vingança. Embora existam muitas criaturas folclóricas excêntricas e inusitadas no Japão, citaremos algumas que são especialmente fascinantes.

10 criaturas interessantes do folclore japonês

10. Gashadokuro (がしゃどくろ)

10 criaturas interessantes do folclore japonês
Gashadokuro (がしゃどくろ) é um youkai, uma criatura da mitologia japonesa, descrito geralmente como um esqueleto gigante, geralmente quinze vezes maior do que o normal. Seu corpo é formado a partir dos ossos das pessoas que morreram de fome. Por sentirem muita fome, eles vagam pelo campo tarde da noite, procurando viajantes para comer.

Enquanto seus ossos costumam fazer um som parecido com chocalho enquanto caminham, eles ficam completamente silenciosos ao procurar sua próxima refeição. Uma vez que uma vítima é encontrada, o gashadokuro agarra a sua presa e morde a sua cabeça. Em seguida, ele bebe todo o sangue da vítima até que o corpo seja completamente esvaziado.

9. Ubume (産女)

Ubume (産女) é um youkai japonês ou bakemono, que incorpora o espírito de uma mulher que morreu no parto. Às vezes elas assumem uma aparência jovem e bonita e em outras vezes, tem a aparência de uma mulher feia e velha. Muitas vezes aparecem como geralmente os espíritos japoneses aparecem, usando robes brancas, e tendo um cabelo longo e escuro.

Esses espíritos trágicos vagam pelas áreas próximas a onde morreram. Em algumas histórias, ela é vista em noites escuras, chorando e segurando o que parece ser um bebê em seus braços e se alguém segura-lo, este ficará tão pesado até esmagar a pessoa que o segura. Em outras, ubume atrai crianças com doces e as leva até o local onde seu filho está escondido.

8. Jorogumo (じょろうぐも)

Jorogumo (じょろうぐも) pode ter a parte superior do corpo de uma mulher e a inferior de uma aranha. Outros dizem que na verdade trata-se de uma aranha que pode mudar sua aparência para a de uma mulher sedutora. A Jorōgumo também é conhecida como a dona da cachoeira Jōren, em Izu, província de Shizuoka. Existem muitas lendas a seu respeito.

A mais famosa remonta ao período Edo e segundam contam, uma bela mulher querendo seduzir um homem num barraco, começou a tocar um Biwa, um tipo de alaúde japonês. Enquanto o homem teve sua atenção desviada pelo som do instrumento, ela se ligou à sua vítima confiante, com fios de seda de aranha, a fim de devorá-lo, como sua próxima refeição.

7. Bakekujira (化鯨)


Bake-kujira (化鯨), significa literalmente “baleia fantasma”. Sua aparência é a de um esqueleto fantasmagórico que assombra o litoral japonês. Alguns dizem que é o espírito de uma baleia descontente que foi morta por pescadores, outros insistem que é um deus do mar. Apesar de não atacar humanos, costuma trazer maldições e má sorte nos locais onde aparecem.

Eles costumam aparecer em noites chuvosas perto das aldeias baleeiras costeiras em busca de vingança e curiosamente são seguidos por uma série de pássaros misteriosos e peixes estranhos. Em 1983, uma ossada de baleia intacta foi descoberta flutuando na costa de Anamizu, prefeitura de Ishikawa. Logo, o esqueleto foi nomeado como a “Bakekujira real”.

6. Kasaobake (傘おばけ)

Karakasa-obake (傘おばけ) ou kasa-obake é um youkai japonês, na verdade um tsukumogami, que faz referência a um espírito que origina-se de objetos inanimados com 100 anos de idade, dando-lhes vida. São geralmente representados com um olho, uma língua longa saindo de sua boca e apenas uma perna que calça uma geta, espécie de calçado japonês.

Segundo a lenda, o Karakasa-obake é um guarda-chuva velho, que foi abandonado ou negligenciado pelos seus donos e que após 99 anos de existência se transformou em um Tsukumogami, uma espécie de bakemono (化け物). Eles gostam de enganar e fazer brincadeiras, mas alguns podem se vingar de seus antigos proprietários, atacando-os.

5. Akaname (垢舐め)

O akaname (垢舐め) é um youkai japonês que possui cabelo viscoso e um odor insuportável. Sua anatomia se parece com a de um ser humano, porém, anda de forma rastejante como um réptil de patas e até lembra uma lagartixa, só que ao invés de rabo possui uma extensa língua venenosa que lambe toda a sujeira encontrada em banheiros, incluindo privadas.

Ter um aka-name em casa é desagradável, pois ele é tão feio que, ao avistá-lo, você corre o risco de morrer com o susto. Serve como aviso para que sempre se mantenha o banheiro limpo. Aparentemente, pode até parecer útil, mas na verdade não é, pois costuma espalhar a doença onde quer que vá. Fica a dica então para sempre deixar seu banheiro limpinho!

4. Katakirauwa (カタキラウワ)

10 criaturas interessantes do folclore japonês
O katakirauwa (カタキラウワ) é o youkai que pode assumir a forma de um porco adulto ou um leitão, no entanto possui apenas uma orelha, tem olhos vermelhos e é incapaz de lançar uma sombra. Só pode ser visto à noite em grandes cidades e pulando como um coelho, eles conseguem roubar a alma de uma pessoa, atravessando suas pernas.

Portanto, se você encontrar um, cruze as pernas para evitar que ele passe. Assim, como ocorre com outros yokais, o Katakirauwa só pode ser visto ao anoitecer, quando sai em busca de presas humanas. A lenda sobre este animal demoníaco é transmitido há muitos anos, cuja primeira aparição em uma vila de Amami Oshima foi relatada em pergaminhos antigos.

3. Umibozu (海坊主)

Umibozu (海坊主) vive no oceano e amaldiçoa o navio de qualquer pessoa que falar com ele. Geralmente aparecem no deck dos navios pesqueiros e muitas vezes são confundidos com sacerdotes, porque sua cabeça fica um pouco abaixada parecendo ele está rezando. Os caracteres de seu nome fazem referência à “mar” (umi) e “monge budista” (bōzu).

Possuem a pele bem escura e são muito grandes. Costumam aparecer abruptamente em noites calmas, empurrando ondas, atacando navios ou esmagando-os completamente. De acordo com uma história, se ficar nervoso, o Umibozu pede ao capitão vários barris de comida. Dizem que a única maneira de fazer o monstro desaparecer é não demonstrar medo ao falar com ele.

2. Rokurokubi (ろくろ首)

Rokurokubi (ろくろ首) nasce como seres humanos comuns, mas são amaldiçoados e transformados pelo mau carma de maldades feitas por eles próprios ou por quebrarem vários conceitos budistas. Durante o dia eles tem uma aparência humana, mas durante a noite eles ganham a habilidade de esticar insanamente o pescoço, alcançando uma grande altura.

Durante o dia, os rokurokubi aproveitam a forma humana para viver sem ser notado pelos humanos, espionando suas vítimas. Eles são metamorfos por natureza, e geralmente revelam sua forma verdadeira para os alcoólatras, bobos da corte, pessoas dormindo, ou cegos. Algumas lendas dizem que os rokurokubi comem pessoas e bebem sangue humano.

1. Jubokko (樹木子)

Jubokko (樹木子), também conhecida como árvore vampira que segundo a lenda, cresceram em campos de batalha onde muitas pessoas morreram. Sua aparência não difere tanto das árvores comuns, no entanto é capaz de capturar um humano com seus galhos para sugar o seu sangue. Dizem que quando um Jubokko é cortado, o sangue escorre pelo seu tronco.

Há quem diga também que um ramo do Jubokko pode curar e descontaminar uma pessoa ferida. Segundo a lenda, a árvore desenvolveu um gosto peculiar por sangue após suas raízes terem absorvido uma grande quantidade de sangue derramado ao seu redor. Jubokko é retratada em diversos livros e mangás, incluindo “GeGeGe no Kitaro” de Shigeru Mizuki.

E aí? Gostou de conhecer alguns yokais e criaturas do folclore japonês? Tem algum que você tem curiosidade de saber mais a respeito? Deixe nos comentários! 🙂

Fonte: Wonderlist

Quer Aprender Japonês?

3 Comentários

  1. Ryan

    Seu blog é ótimo, eu adoro a cultura japonesa, e achei o conteúdo do blog muito interessante.

  2. Bia

    muito interessante essas lendas! vou utilizar o conteúdo pra um trabalho sobre mitologia, continuem com o blog ^^

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *