17 coisas que o Japão faz de melhor!


Coisas que o Japão faz de melhor

É tão fácil se apaixonar pelo Japão. A natureza exuberante, cultura intrigante e milenar, gastronomia única, arquitetura surpreendente, além das inovações tecnológicas desempenham um papel essencial no planejamento dos viajantes que desejam conhecer o Japão.

E não é raro esses viajantes se surpreenderem com certos detalhes em sua primeira visita ao Japão e pensarem, “Poxa por que não tem isso em meu país também?”

Neste artigo vamos relatar algumas coisas que o Japão faz de melhor. Claro que muitas coisas ficaram de fora dessa lista, pois caso contrário este artigo ficaria gigantesco, mas fique à vontade para compartilhar seu ponto de vista também através dos comentários.

1. Sanitários tecnológicos

Você pode inicialmente ficar assustado com um vaso sanitário que levanta sua própria tampa, aquece seu próprio assento e apresenta uma variedade de opções de botões para limpeza, secagem e perfumaria. Mas uma vez que você experimenta, vai querer um pra si.

Embora o sanitário tradicional japonês (washiki) ainda possa ser encontrado em muitos lugares, os sanitários high tech (washlet) tem conquistado cada vez mais o seu espaço nas casas japonesas e estabelecimentos comerciais. Além disso, apoiar o traseiro em um assento quentinho durante o rigoroso inverno que assola o país é tudo de bom não é mesmo?

2. Máquinas de venda automática

Quando voltamos para o Brasil, sentimos muita falta das máquinas de venda automáticas, conhecidas como Jidouhanbaiki. Essas máquinas podem ser encontradas em toda parte, até mesmo em lugares inimagináveis como no topo do Monte Fuji por exemplo.

E se engana quem pensa que essas máquinas vendem apenas cafés, chás, sucos e refrigerantes. Existem máquinas que vendem uma infinidade de produtos como pilhas, cigarros, arroz, pães, cerveja e até coisas impensáveis como iscas de pesca e roupas íntimas.

3. Trens-bala (Shinkansen)

O trem bala do Japão, conhecido como Shinkansen, é lendário por sua pontualidade e velocidade que pode atingir 320 quilômetros por hora, sem contar os trens maglev que podem até mesmo viajar a uma velocidade impressionante de 500 quilômetros por hora.

O Shinkansen é considerado um dos transportes mais rápidos do mundo, sendo possível chegar em seu destino gastando menos da metade do tempo que gastaria se fosse de carro. O preço para viajar de shinkansen pode parecer salgado mas a comodidade supera tudo.

4. Assentos de trem aquecidos

Dependendo de quando e onde você esteja no Japão, poderá sentir na pele as baixas temperaturas e os ventos congelantes durante o inverno, especialmente entre os meses de dezembro a fevereiro. Mas ao entrarmos no trem, o alívio é imediato e reconfortante. Tudo isso graças aos seus assentos aquecidos e ao vento quente que sopra em nossas pernas.

Talvez no Brasil, esse detalhe não seja tão relevante já que o inverno não é tão rigoroso na maior parte do país. Mas acredite, no Japão esse detalhe é muito importante uma vez que os trens são o tipo de transporte mais utilizados pela população japonesa em geral.

5. Lojas de conveniência

As mais de 50 mil lojas de conveniência do Japão fazem jus ao nome. Conhecido como konbini, eles vendem de tudo um pouco, incluindo bebidas, alimentos, cosméticos, produtos de higiene pessoal e até roupas íntimas. É também o local onde podemos pagar nossas contas, imprimir fotos e documentos, sacar dinheiro, enviar coisas por takyubin, entre outras coisas.

Sem contar ainda que funcionam 24 horas e a maioria delas disponibiliza internet wi-fi de graça. Enfim, este é um lugar mágico que pode ser encontrado em toda parte do Japão, mesmo em lugares remotos. Realmente é impossível não amar as lojas de conveniência japonesas.

6. Lavanderias

As convenientes lavanderias japonesas

Quem mora ou já morou no Japão, sabe o quanto esse tipo de lavanderia é essencial para a população em geral. Chamadas de “Koinrandorī”, as lavanderias japonesas são uma mão na roda no dia a dia especialmente para lavar peças de grande volume como cobertores e futon.

Também são muito úteis para aqueles que moram em apartamentos minúsculos e não tem espaço ou para quem não tem sequer uma máquina de lavar roupas em casa. Seja nos verões quentes e úmidos ou nos invernos frios e gelados, lavar e secar roupas nessas lavanderias tornou-se uma comodidade até mesmo para as donas de casa japonesas.

7. Hotéis Cápsula

Hotel cápsula

O primeiro hotel cápsula foi criado pelo arquiteto Kisho Kurokawa com seu “Capsule Inn Osaka” em meados dos anos 70. Desde então, outros países como a China e Coréia do Sul tem copiado a ideia. Originalmente, os hotéis-cápsulas eram voltados para aqueles que perdiam o último trem e não tinham onde passar a noite ou dinheiro para pagar um hotel convencional.

Hoje em dia esses hotéis-cápsulas podem ser encontrados em vários locais do Japão, especialmente nas grandes metrópoles como Tóquio e Osaka. Passaram também a ser procurados por turistas de outros países por causa do baixo custo e por viajantes curiosos que desejam ter a experiência de dormir em uma instigante e claustrofóbica cápsula.

8. Salas de karaokê

As salas de Karaokê no Japão (Karaoke Box) é com certeza um dos lugares preferidos de muitos japoneses (e de estrangeiros também). São salas privativas com isolamento acústico e tecnologia de ponta que fazem a experiência do karaokê elevar-se para um outro nível.

Muitos estabelecimentos também oferecem salas temáticas, como por exemplo para pessoas que são fãs de anime. O karaokê no Japão é uma excelente maneira de reunir os amigos para cantar, se divertir e comer petiscos. Realmente uma experiência única e vibrante.

9. Anime & Manga

Indiscutivelmente, os animes e mangás japoneses são de primeira linha. As narrativas emocionantes, as artes impressionantes e a ampla gama de gêneros capazes de atender a todos os gostos com certeza é a receita para o sucesso desses ícones da cultura pop.

Tudo isso fez com que os animes e mangás fossem reconhecidos internacionalmente e ganhassem fãs do mundo todo. Séries de animes como Pokemon, Naruto, Dragon Ball, One Piece, entre outros, além de clássicos do Studios Ghibli, como Meu Vizinho Totoro, A Viagem de Chihiro e Túmulo dos Vagalumes definitivamente ganharam nossos corações.

10. Carros Kei

Quando se trata de carros compactos, o Japão não tem pra ninguém. Os carros Kei, também conhecido como keijidōsha, é uma categoria japonesa de modelos de porte mini que gozam de vantagens tributárias e securitárias, além de ter preços mais acessíveis.

Esses carros costumam ter um motor de 660cc e costumam ser mais econômicos em relação ao gasto de combustível quando comparados com carros com motores mais potentes. O imposto anual e o shaken (vistoria obrigatória a cada 2 anos) costuma ser mais barato também. Além disso, por serem compactos, esses carros podem ser estacionados com maior facilidade.

11. Onsen (Hot Springs)

Como o país é vulcanicamente ativo, podemos encontrar milhares de onsen (fontes termais) espalhados por todo canto da Terra do Sol Nascente. E o Japão sabe explorar suas fontes termais como ninguém através de instalações balneares e pousadas tradicionais estilo Ryokan que permitem aos visitantes uma experiência única, agradável e relaxante.

Onsens pode ser usufruído ao ar livre ou em instalações cobertas. No entanto, para nós ocidentais, visitar um onsen pode ser um grande desafio, pois devemos nos “despir” dos nossos pudores literalmente uma vez que é necessário nos despir totalmente para entrar na fonte que na maioria das vezes é compartilhada com outras pessoas (do mesmo sexo).

12. Fast food

Nada de hambúguer e batatas fritas. O Japão tem o melhor fast food típico que você poderia imaginar. Se você quiser conhecer o melhor do fast food japonês, visite os matsuris e experimente a ampla variedade de alimentos vendidos em barraquinhas (Yatai).

Ver a preparação desses alimentos ao vivo também é um show à parte. É impressionante a destreza desses profissionais. Não deixe de experimentar os principais fast foods do Japão tais como Okonomiyaki, takoyaki, Yakitori, Kushikatsu, yakisoba, entre outros.

13. Robótica

Jogue as palavras Robô Japão no Google e você vai se surpreender com os resultados. A cada dia que passa os robôs estão entrando na vida dos japoneses. Eles estão por toda parte, nas fábricas, nos hospitais e asilos e até mesmo nas recepções dos hotéis.

O objetivo é que os robôs ocupem cada vez mais as lacunas no mercado laboral japonês. E o que dizer do robô Pepper, criado pela SoftBank? Ele carismático robô humanoide é notavelmente sofisticado e vem sendo vendido a um preço bastante razoável.

14. Flores de cerejeira

Himeji Castle, Hyogo, Japan

É claro que as flores de cerejeira não são exclusividade do Japão, mas temos que concordar que neste país estas flores ganham uma simbologia diferente de qualquer lugar do mundo. A começar pelo Hanami, uma tradição onde as pessoas fazem piquenique sob as flores.

Se você está no Japão no momento em que as cerejeiras começam a abrir suas flores, geralmente entre o fim de março e meados de abril ou maio, dependendo da região, poderá vê-las por toda parte, especialmente em Parques, Templos, Santuários e até mesmo nas ruas!

15. Fogos de Artifícios (Hanabi)

O show pirotécnico no Japão é considerado uns dos mais bonitos do mundo. É um grande espetáculo, onde incríveis cascatas coloridas fazem lindos desenhos no céu. Os festivais de fogos são muito apreciados pelo povo japonês (e pelos estrangeiros também).

É difícil enumerar todos os Hanabis existentes no Japão, pois são milhares espalhados pelo país inteiro, contando dos pequenos aos grandes. Mas os maiores e mais famosos chegam a 300 Hanabis. E o show pode variar de 30 minutos a 1 hora de duração.

16. Jardins

Os jardins japoneses são incrivelmente lindos e trazem muita paz e uma forte conexão espiritual. Cada elemento de um jardim japonês possui uma simbologia. Por exemplo, os riachos e cascatas simbolizam o ciclo da vida, do nascimento à morte.

As carpas simbolizam sorte, prosperidade e persistência, devido à sua incrível habilidade de nadar contra a correnteza. As pontes simbolizam a transição do mortal para o sagrado e as lanternas, a luz do conhecimento. Enfim, os jardins japoneses não são apenas lugares recreativos. Eles proporcionam um momento único de meditação e contemplação.

17. Mascotes

Se tem um país que sabe fazer mascotes como ninguém, esse país é o Japão. Influenciado pela cultura kawaii, os mascotes estão por toda parte, estampando lojas, hospitais e empresas em geral. Cada cidade e província japonesa tem seu próprio mascote.

Um exemplo é o famoso Kumamon, o simpático ursinho preto de Kumamoto. Até a polícia japonesa tem seus próprios mascotes. Apesar do Japão ser considerado um país sério e frio muitas vezes, são coisas assim que nos fazem nos apaixonar cada vez mais pelo país.

Bom, essas são as 17 coisas que eu acho que o Japão faz de melhor. Claro que poderíamos citar muitas outras coisas, mas quem sabe surja a parte 2. Me ajudem, comentando abaixo, quais as coisas o Japão faz de melhor!!! 🙂

Quer Aprender Japonês?

1 Comentário

  1. Natalice Elizabete Benedetti Nomura

    Obrigada pelas informações que nós fornece sobre o Japão, onde estive há poucos dias, de onde voltei encantada com tudo e para onde pretendo voltar. Suas informações e dicas nos ajudam muito. Gratidão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *