A transformação de uma japonesa em uma boneca francesa

A transformação de uma japonesa em uma boneca francesa

A transformação de uma japonesa em uma boneca francesa
Até onde você iria para mudar a aparência? Pois saiba que existem pessoas capazes de gastar fortunas em busca da perfeição, ou pelo no que elas acreditam ser a perfeição. É o caso da japonesa conhecida como Vanilla Chamu, que gastou cerca de 10 milhões de ienes (R$ 200 mil) para se tornar uma “boneca francesa”.

Ao todo foram 30 procedimentos estéticos para se parecer com uma boneca francesa. A transformação realmente é assombrosa… nem parece a mesma pessoa. Veja a foto de antes (17 anos) e depois (25 anos) de Vanilla Chamu.

A transformação de uma japonesa em uma boneca francesa

Ela passou a ser conhecida depois que apareceu em um programa da TV japonesa chamada Watashi no Nani ga Ikenai no? (私の何がイケないの)? que traduzindo seria como “Há algo de errado comigo?”. A partir de então, Vanilla Chamu passou a ser chamada de a “Cyborg da Cirurgia Plástica de Osaka”

No show, Chamu falou sobre o dinheiro que juntou a partir do seu trabalho como Hostess e nos gastos em cirurgia plástica para realizar seu sonho de se tornar uma boneca francesa. Ela também comentou que ficou traumatizada quando, ainda garotinha, foi chamada de “Busaiku” (ブサイク), que significa feia em japonês.

Pra piorar a situação, quando relatou ao seu pai sobre o ocorrido, o pai respondeu: “Bom, você é feia mesma, o jeito é deixar quieto.” Isso fez com que Chamu ficasse ainda mais traumatizada. Isso me lembrou da personagem Sakurabo, do dorama Hana Yori Dango, que também fez inúmeras cirurgias plásticas para ficar bonita, depois de ser chamada de feia pelo Doumyouji quando ainda era criança.

A transformação de uma japonesa em uma boneca francesa

Bem, nessa mesma época, Chamu conta que viu uma boneca francesa e decidiu que queria se parecer com uma. O primeiro procedimento estético foi feito assim que ela se formou no colegial e depois seu apetite por cirurgias plásticas não parou mais. Ela disse que não vai parar até que ela se torne de verdade uma boneca francesa.

Chamu parece fazer parte do que é chamado de “kyarakutaa Seikei”, um termo criado para denominar pessoas viciadas em cirurgia plástica, cujo objetivo é se tornarem parecidas com bonecas ou personagens de anime.

Assim como Chamu, temos muitos outros exemplos como a Dakota Rose e Valeria Lukyanova.

Durante o programa Watashi no Nani ga Ikenai no?, muitas pessoas presentes se sentiram perturbadas pela obsessão de Chamu por cirurgias plásticas, alertando-a inclusive que essa obsessão pode até matá-la. Mas ela disse que ainda está insatisfeita com sua aparência e que continuará a fazer tais procedimentos estéticos.

A transformação de Vanilla Chamu realmente é incrível, não tem como negar. Mas essa sua atitude acaba influenciando outras meninas a mudarem drasticamente suas aparência em busca de um estereótipo “perfeito”. Aproveite e veja também o antes e depois de Rolan Ajo que perdeu 20 quilos para fazer Cosplay.

Você acha que ela fez bem em mudar sua aparência tão radicalmente? Será que é válido uma transformação como essa em nome da beleza, mesmo com os riscos de morte que toda cirurgia envolve? E quando esta obsessão pela estética deixa de ser normal e se transforma em uma patologia? O que você pensa sobre esse assunto? Deixe sua opinião! 🙂

Assista ao vídeo com a Vanilla Chamu

Quer Aprender Japonês?

7 Comentários

  1. Ela era tão lindinha, parecia uma indiazinha brasileira. 😉

  2. Leda Watanabe

    Discordo que ela era feia – basta ver suas fotos aos 17 anos – ela já era bonita . Com as plásticas ela ficou muito diferente, sem dúvida, mas ainda acho o traços orientais “muito mais bonitos”. Olhando uma multidão de ocidentais e outra de orientais, comparando, vemos que na de orientais há um número muito maior de pessoas bonitas – em geral eles têm traços delicados/bonitos. Bom, eu acho… 😉

  3. Eu não concordo com essas modificações radicais no corpo, claro que cada um tem sua opinião e necessidade, mas acho que ela devia ter mais confiança nela mesma, e não ficar traumatizada só porque duas pessoas chamaram ela de feia (o que eu não acho que ela era), claro que quando eu vi que o pai, invés de ajudar a filha a superar, ainda REFORÇOU o estigma, fiquei de cara! 😡 😯
    e assim que ela acreditou mesmo que era feia… 🙁
    Eu também acho muito louco isso, de quando uma pessoa faz alguma cirurgia plástica ou qualquer outra alteração no corpo, isso se torna um vício! (claro que não acontece com todas as pessoas) e esse é um dos motivos que me coloco contra…
    Concordo com você, Leda, também acho os traços orientais muito bonitos e delicados! 😉 e acho que todos os japoneses deveriam ver este lado da sua aparência!

    Abraços, Laura ^x^ ^o^ ^-^

  4. Douglas Bezerra

    Ela era muito bonitinha sim com 17 anos, mas ficou mais ainda com 19, porém agora com 25 anos se tornou algo muito artificial. Ele realmente deve ter se sentido muito mal com as coisas ruins que as pessoas disseram para ela a ponto de fazer essas várias cirurgias.
    Na minha opinião as orientais são lindas ^^
    Abraços!

  5. Rodrigo

    Aos 17 e 19 anos ela estava bonita, mas agora está irreconhecível.
    Essa obsessão por esse tipo de cirurgia é algo que me parece muito perigoso.

  6. Carolina

    Que rídiculooooooooooooooooo 😈 :mrgreen:

  7. Japão em Foco

    Oi Pessoal!
    Também achei que ela perdeu a medida! Assim como todos, acho que ela era bonita antes de fazer todos os procedimentos. Não sou contra cirurgia plástica, pois em alguns casos sei que pode ajudar muito a melhorar a autoestima de uma pessoa. Mas tem casos como esse da Vanilla Chamu, que mostram claramente a insatisfação que muitas japonesas tem em relação às suas feições orientais, fazendo com que façam de tudo para deixar a aparência ocidentalizada. É uma pena mesmo, pois acho que as japas deveriam se orgulhar e preservar sua beleza oriental ao invés de rejeitá-la. Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *