Fujigoko – A Beleza dos Cinco Lagos do Monte Fuji


Fujigoko Os cinco lagos do Monte Fuji

Fujigoko – A beleza dos 5 lagos que rodeiam o Monte Fuji

A região dos cinco lagos ao redor do Monte Fuji é chamada de Fujigoko (富士五湖) e atraem muitos turistas que querem apreciar a beleza da montanha mais alta do Japão. A partir dos cinco lagos podemos obter vistas deslumbrantes, com bons ângulos para fotografias. Além disso, nestes locais podemos sentir a sintonia da Natureza muito bem preservada.

Além dos cenários únicos que só se pode obter a partir dessas áreas, o Fujigoko também oferece uma série de atividades ao ar livre pra quem ama estar em contato com a Natureza como caminhadas, pesca e passeios de barco. Sem contar muitas outras atrações como parques, museus, onsens (águas termais), áreas para esportes marinhos, equitação, etc.

Os cinco lagos situados ao norte do Monte Fuji são: Yamanakako, Kawaguchiko, Saiko, Shojiko e Motosuko. Os lagos estão cerca de 1000 metros acima do nível do mar e acredita-se que a formação deles se deu após uma grande erupção muito tempo atrás, quando as lavas vulcânicas do Monte Fuji obstruíram um rio e um grande lago, dando origem ao Fujigoko.

Desde 2013, o Monte Fuji está incluído como Patrimônio Mundial da Unesco, assim como outros 25 sítios ao redor dele, nas quais estão incluídos os cinco lagos e templos budistas e xintoístas. Esses locais refletem a essência da paisagem natural e sagrada do Fujisan. Vamos conhecer abaixo, algumas características de cada um dos lagos que formam o Fujigo-ko.

Lago Yamanaka (Província de Yamanashi)

Yamanaka-ko: Superfície 6,57 km² – Profundidade 13,3m – Área 13,87km – Altitude 980,5m

O Lago Yamanakako (山中湖) é o maior dos cinco lagos do Fuji, porém é o segundo lago com melhor infraestrutura para turistas, atrás somente do Lago Kawaguchiko. Este lago também oferece boas vistas para o Monte Fuji, especialmente a partir das áreas menos urbanizadas. Nas proximidades, encontramos alguns hotéis, parques de campismo e restaurantes.

Yamanakako é um local popular também para quem gosta de praticar esportes ao ar livre, bem como esportes aquáticos. Também oferece casas de onsens bem badaladas, como o Benifuji no Yu. Uma das características desse lago é a sua altitude altitude que é a mais elevada dentre os cinco com 980.5 metros. Por outro lado, sua profundidade é a mais superficial.

Lago Kawaguchi (Província de Yamanashi)

Kawaguchi-ko: Superfície 5,70 km² – Profundidade 14,6 km2 – Área 20,94km – Altitude 830,5 m

O lago Kawaguchi-ko (河口湖) está situado em Fujikawaguchiko, província de Yamanashi. Faz parte do Parque nacional Fuji-Hakone-Izu e é considerado o mais popular dos Cinco lagos de Fuji, em termos de visitas dos turistas, especialmente porque é um dos pontos de partida mais utilizados para a escalada ao monte Fuji, durante a época de escalada (julho e agosto).

Em termos de tamanho, ele é o segundo maior lago, atrás somente do seu vizinho Yamana-ko. Está situa a uma altitude de aproximadamente 800 metros, o que contribui para que tenha verões frescos e invernos gelados. É famoso por suas belas vistas para o Monte Fuji, atraindo muitos fotógrafos em busca dos melhores ângulos para os melhores cliques.

Um dos locais mais procurados para tal é o Túnel Momiji. Nas proximidades do Lago Kawaguchiko há muitas atrações e lazer para toda a família, além de uma ótima infraestrutura em hotéis e transportes. Tem vários museus, onsens, o famoso parque de diversões Fuji Q, passeios de barco e um teleférico que leva até uma pequena montanha ao lado do lago.

Lago Saiko (Província de Yamanashi)

Sai-ko: Superfície 2,10 km² – Profundidade 71,7m – Área 9,85 km – Altitude 900 m

O Lago Saiko (西湖) é o menor e menos desenvolvido em termos de infra-estrutura turística quando comparado ao seu vizinho Kawaguchiko. A partir de boa parte do lago não é possível ver o Monte Fuji porque a vista é bloqueadas por outras montanhas e pela densa floresta de Aokigahara, mas no extremo oeste do lago é possível obter belas vistas do vulcão.

Este lago também é conhecido como “Lago Virgem” e suas águas cor de anil transmitem mistério e magnetismo. No local, encontramos áreas de acampamento e outras atrações como passeios de barco, pesca e outras atividades ao ar livre. Várias cavernas, formadas séculos atrás após erupções do Monte Fuji, podem ser encontrados em torno da Aokigahara Jukai.

Lago Shojiko (Província de Yamanashi)

Shoji-ko: Superfície 0,50 km² – Profundidade 15,2 m – Área 6,80 km – Altitude 900 m

O Lago Shojiko (精進湖) fica entre os Lagos Motosuko e Saiko, e é o menor dos Cinco Lagos do Monte Fuji. Assim como seus dois vizinhos, este lago se formou através dos fluxos de lava das erupções do Monte Fuji que acabou dividindo um grande lago pré-histórico em três menores.

Tudo indica que esses três lagos se mantem conectados por vias subterrâneas, pois todos mantem o nível de 900 metros acima do nível da água do mar.

O Lago Shojiko faz fronteira com a floresta Aokigahara e apesar da pouca infra-estrutura turística, o local recebe visitantes desde a Era Meiji, quando foram construídos os primeiros hotéis. As principais atrações são camping, esportes marinhos e pesca. Apesar dos cinco lagos serem propícios à pesca, em Shojiko é possível pescar a carpa Herabuna.

O local é conhecido por ser um retiro muito tranquilo e sossegado. Também é chamado de “a Suíça da Ásia”, por ser um ótimo local para passar as férias de verão. Você pode desfrutar de passeios de barco, jet sky e canoagem. Além disso, é ótimo lugar para a pesca. Antigamente, era comum as pessoas se banharem no lago Shoji como um ritual antes de escalar o Mt. Fuji.

Lago Motosuko (Província de Yamanashi)

Motosu-ko: Superfície 4,70 km² – Profundidade 121,6m – Área 11,82 km – Altitude 900 m

O Lago Motosuko (本栖湖) é considerado o nono lago mais fundo do Japão. Como a temperatura de suas águas não atinge menos de quatro graus centígrados, este é o único dentre os cinco que não congela durante o inverno. A imagem do Monte Fuji na antiga cédula de cinco mil ienes é a vista a partir de Motosuko através das lentes do fotógrafo Okada Koyo.

O lago é de difícil acesso por transporte público e muito pouco desenvolvido em termos de infra-estrutura turística. Mas apesar disso, existe bons hotéis na região. No entanto, é um lugar muito procurado para atividades ao ar livre como camping, caminhadas, passeios de barco e outros esportes aquáticos, tais como pesca, mergulho, iatismo, windsurf, entre outros.

No outono, você pode desfrutar do belo cenário das folhas coloridas. Acredita-se que em outrora, Saiko, Motosuko e Shojiko formavam um único grande lago. As lavas acabaram dividindo o grande em três partes e por esta razão, acredita-se que os três lagos estão ligados entre si uma vez que aparentemente as suas respectivas alturas são as mesmas.

Referências: Japan-Guide.com, Pref.Yamanashi.jp

Quer Aprender Japonês?

1 Comentário

  1. Mariana Tavano

    Qual o melhor jeito de chegar no Lago Motosuko de transporte públcio? Vi que há um ônibus de Kawaguchiko.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *