Informações sobre a Página do Japão em Foco que foi Roubada!


Página do Facebook Roubada

Olá Pessoal, venho compartilhar com vocês uma situação bem desagradável mas que tem se tornado frequente na internet. A página do Japão em Foco foi roubada / hackeada. Sim, é uma situação lamentável e aqui fica meu apelo para que tomem muito cuidado.

Apesar de eu trabalhar através da internet há um bom tempo e de tentar me precaver contra esse tipo de coisa, infelizmente cai nessa “roubada”. E passar por essa experiência é muito ruim e não desejo a ninguém, nem pro meu pior inimigo, como costumam dizer.

Bom, provavelmente este post ficará um pouco longo, pois quero mostrar com detalhes como tudo aconteceu e como tentar reverter essa situação, embora eu ainda não tenha revertido posso dizer que estou no meio do caminho. É importante que você leia até o final para entender todo o processo e tentar seguir esses passos caso venha a acontecer com você.

Uma coisa que posso dizer é que a comunicação com o facebook é muito complicada, pelo menos foi o que achei com esse episódio. Sempre imaginei que um acontecimento com essa gravidade fosse prontamente atendido pelo time do Facebook, mas não foi bem assim.

Nesse link do Central de Ajuda do Facebook você vai poder conferir um pouco da minha saga. Mas como diz um famoso provérbio chinês, “A persistência realiza o impossível” e de tanto persistir e de insistir mais e mais um pouco, consegui que o facebook entrasse em contato comigo e abrisse um processo para averiguar o que aconteceu com a página.

Claro, isso não seria possível se tantos amigos aqui também não tivessem ajudado a denunciar o “hackeamento” ao facebook. Agradeço também à aqueles que se dispuseram a avisar outros seguidores através dos comentários dos posts (de muito mau gosto, diga-se de passagem).

Página do facebook Hackeada

Logo que percebi a “roubada” em que me meti, tentei avisar também através dos comentários das postagens que o tal hacker estava compartilhando na minha página, mas isso não durou muito pois logo tive meus comentários apagados e fui bloqueada na página.

Infelizmente isso também aconteceu a muitos outros seguidores que tentaram ajudar, inclusive com um dos editores que “milagrosamente” ainda tinha acesso à página e tentou alertar com um post fixo, mas que também logo foi deletado e excluído da função.

Logo começou a minha saga para procurar uma solução. No Google, há muitas informações desatualizadas que disponibilizam links de formulários de contato com o facebook inativas. Um dos primeiros formulários que tentei foi esse, mas creio que não seja tão efetivo quando se trata de um dono requerer uma conta ou página que foi roubada / hackeada.

Página do facebook Hackeada Roubada - Formulário

Creio que esse formulário pode ser útil quando queremos denunciar páginas por diversos motivos mas para uma solução rápida e efetiva como era o meu caso, não sei se ajudou muito já que o máximo que consegui foi uma resposta automática dizendo: Seus comentários serão usados para melhorar o Facebook. Obrigado por dedicar seu tempo ao relato do problema.

Tentei por diversos meios incluindo este link do facebook.com/hacked, mas no meu caso não adiantou muito pois a minha conta e perfil não fora hackeados e sim a página que foi roubada e que naquela altura já devia estar sendo acessada com outro email e senha.

Página do facebook Hackeada Roubada - Formulário 1

Descobri esse formulário aqui , que parecia o mais indicado para o meu caso. No entanto ao clicar em “Direitos autorais” e em seguida “Continuar com a sua denúncia de direitos autorais”, a página abria para esse link aqui. Mas daí surgiu um outro problema.

Ao selecionar “Perdi o acesso ao grupo ou à Página que costumava gerenciar” o botão “enviar” ou “submit” estava apagado, ou seja não clicável, impossibilitando a denúncia.

Bom, meu próximo passo foi ir até a Central de Ajuda no Facebook. Naveguei por tópicos onde algumas pessoas relataram ter passado por uma situação parecida e fiquei um pouco desanimada por ver que alguns deles postados meses e até anos atrás sequer foram respondidos. Mesmo assim tentei arriscar e abri um tópico por lá relatando meu problema.

Bom consegui uma resposta algumas horas depois, quando a Mari que faz parte da equipe se prontificou a me ajudar me dizendo então para selecionar o último item da lista “Encontrei conteúdo que acredito que infringe meus direitos autorais”.

Esta era a única maneira de conseguir acessar o botão enviar e fazer a denúncia, no entanto a tentativa não deu certo pois logo recebi uma mensagem na minha caixa de suporte do facebook dizendo que a reclamação estava encerrada por ter sido realizada no canal errado.

Bom, parecia que eu tinha voltado à estaca zero até que um amigo, o Fabrício Yutaka Fujikawa, do site cozinhajaponesa.com conseguiu contactar uma pessoa através de um chat disponível no final dessa página facebook.com/business/resources. Infelizmente essa funcionalidade não aparece pra todos. Pelo menos pra mim aparece apenas Suporte Adicional – Pergunte à Comunidade que ao clicar me leva novamente à Central de Ajuda do Facebook.

Não posso garantir pois tentei contactar o facebook de todas as maneiras possíveis, mas creio que pelo chat é possível ter um atendimento mais imediato. Uma pena que nem todos podem ter acesso a esse suporte. Enfim, ele relatou à Catarina, funcionária do facebook sobre o problema que eu estava enfrentando na qual me mandou um email prontamente.

Esse primeiro email foi na manhã da quinta-feira, dia 11 de Outubro de 2018. Relatei o problema à ela por email, mas só fui receber novamente outro email dela hoje de manhã, sábado, dia 13 de Outubro de 2018. Foram 48 horas de espera mas que pareceram uma eternidade haha. Bom nesse segundo e tão aguardado email, ela me pediu pra mandar cópia de um documento pessoal com foto e uma declaração registrada por um tabelião.

Por conta de feriado e fim de semana só poderei fazer isso na segunda-feira, mas pelo menos me deu alguma esperança de que a página pode ser recuperada. 🙂

Mas afinal, de que maneira a página Japão em Foco foi roubada?

Enfim, chegamos na parte mais importante desse post, afinal procurar a solução para um problema é muito bom, mas melhor ainda é não entrar em um.. Bom basicamente o que aconteceu comigo foi que uma pessoa se apresentou dizendo que gostaria de anunciar na página. Todos os dados que ela me enviou pareciam verídicos e confiáveis.

Foram alguns dias de conversa até que ela me enviou um link do Gerenciador de Negócios do Facebook pois disse que as publicações deveriam ser feitas por ali. Por achar que realmente tratava-se de algum aplicativo para anunciantes do facebook, fiz o login e com isso perdi a página instantaneamente. Sei que muitas pessoas vão achar que foi ingenuidade minha…

E foi mesmo haha 🙂 Mas depois de feito não adianta chorar pelo leite derramado! Infelizmente ainda não queremos acreditar na maldade que reina no mundo e que que existem pessoas que se divertem em roubar páginas para fazer esses tipos de publicações grotescas. 🙁

Bem, o resultado foi esse que estamos vendo. Por isso fica aqui meu alerta à todos que usam o facebook, especialmente aqueles que o usam como meio de trabalho pois realmente é punk perder uma página na qual muitas vezes dispensamos tanto empenho para vê-la crescer.

Esse caso tem acontecido com mais frequência que imaginamos. Nesse vídeo, podemos ver o relato de Carlos Ruas, dono da página “Um Sábado Qualquer” que também passou pela mesma situação meses atrás. A página dele tem quase 3 milhões de curtidas e seguidores.


Link de vídeo (YouTube)

Graças à Deus, ele conseguiu recuperar, mas no Central de Ajuda do facebook vi páginas roubadas que ainda não foram devolvidas para o seu dono como essa aqui facebook.com/orquidias123. Outra página roubada recentemente foi a Dr. Bezerra de Menezes.

Notem que o mesmo conteúdo postado na Japão em Foco é bem parecida com o postado nessas duas páginas. E também tenho quase certeza de que a pessoa por trás do roubo da minha e de outras páginas tem relação com a página Top In-Trend Stories .

Se vocês olharem na parte de recomendações do Top In-Trend Stories, verão que muitas pessoas estão comentando que ela é responsável por roubar páginas alheias. Outra página de onde vem as publicações é o NewsKhabar, que também deve pertencer ao mesmo hacker.

Portanto, não adianta denunciar a página do Japão em Foco pois ela pode ser banida do facebook. E as páginas dos Hackers vão continuar pintando e bordando. O ideal seria derrubar a Top In-Trend Stories e NewsKhabar que parecem estar por trás de tudo.

Sei que é muito desagradável ver essas postagens na timeline, então existe uma maneira de bloqueá-las sem precisar bloquear a página do Japão em Foco em si. Como as postagens partem basicamente dessas duas páginas, basta ir até elas e bloqueá-las como mostro a seguir.

Bom amigos, este post ficou realmente longo, mas é porque queria explicar como tudo aconteceu e fornecer algumas maneiras de ajudar quem está passando por isso ou possa vir a passar. Infelizmente no Google tem muitas informações desatualizadas pois em sua maioria são de alguns anos atrás, o que nos faz perder muito tempo nessa busca.

Por isso resolvi criar esse post com o intuito de ajudar ou ao menos orientar quem estiver um pouco perdido e sem ação diante de uma eventualidade como essa.

Deixo meu apelo para que tomem cuidado no facebook e se puderem denunciem a página Top In-Trend Stories. Deve haver uma maneira de deter essa pessoa inescrupulosa que rouba páginas ao que parece, somente com intuito de se divertir com a cara dos outros… 🙁

Provisoriamente criei uma nova página no facebook (facebook.com/Japaoemfoco), assim como também um grupo fechado! Fiquem à vontade para entrar! 🙂 Obrigado pelo apoio de todos!

Quer Aprender Japonês?

3 Comentários

  1. Rodrigo Alves

    É muito importante que os seguidores da Japão em Foco denunciem as duas páginas hackers, especialmente a Top In-Trend Stories. Há outras páginas hackeadas, e não foram citadas neste artigo, e em todas elas, há postagens oriundas da Top In-Trend Stories. Usem o link de denúncia, e escrevam esta mensagem:

    “This page (https://www.facebook.com/topintrendstories/) has been hacking other pages on Facebook”

  2. Mário Pravato Junior

    Vocês conseguiram recuperar a página? Existe mais alguma dica? Acabaram de fazer a mesma coisa em uma página que eu era admin, meu colega que era o dono da página caiu no mesmo golpe do Instant Articles, que é um golpe muito bem feito! O gringo que aplicou o gole já deletou o perfil.

  3. Oi Mário, tudo bem?
    Conseguimos recuperar a página sim.

    Recomendo que entre em contato com o facebook o mais rápido possível.
    Vou deixar 3 links abaixo por onde você pode entrar em contato:
    https://www.facebook.com/help/contact/634636770043106
    (Clique em “direitos autorais” e depois em “Continuar com a sua denúncia de direitos autorais”)
    No meu caso não consegui por este meio embora seja o mais indicado)

    Caso não consiga, tente entrar em contato através do link abaixo:
    https://www.facebook.com/business/resources
    No final dessa página vai aparecer um chat ou pergunte a comunidade.

    Se aparecer um chat você tem a chance de entrar em contato diretamente com algum funcionário do facebook.
    Caso não apareça o chat, o jeito é deixar sua denúncia na comunidade e esperar que alguém da equipe do facebook responda e te oriente como fazer.

    Depois que eu fiz a denúncia, recebi uma mensagem do suporte do facebook pedindo uma declaração registrada por tabelião e cópias dos meus documentos. Após eu enviar os documentos, demorou três dias para a página voltar para mim…

    No total, fiquei sem acesso à pagina por 8 dias pois o roubo calhou de acontecer bem no feriado e fim de semana e como precisava registrar o documento no cartório, tive que esperar até segunda-feira. Infelizmente, o contato com o facebook é demorado, mas não desista, pois com persistência é possível recuperar a página.

    Te desejo boa sorte e se precisar de mais alguma ajuda, é só falar ok
    Um abraço
    Silvia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *