A Sangrenta Batalha de Iwo Jima


Cartas de Iwo Jima

A Sangrenta Batalha de Iwo Jima

A Batalha de Iwo Jima ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial entre os Estados Unidos e Japão. Foi a primeira grande batalha da Segunda Guerra Mundial a ter lugar em um território japonês. Para os americanos, a ilha de Iwo Jima de apenas 21 km² era uma localização estratégica para a construção de uma base aérea.

A batalha durou 36 dias (19 de fevereiro de 1945 ~ 26 março de 1945). Foi uma batalha sangrenta que matou milhares de soldados de ambos os lados. Eram cerca de 110 mil soldados americanos contra 23 mil soldados japoneses. Cerca de 7 mil americanos e cerca de 21 mil japoneses morreram na batalha.

Apesar dos japoneses disporem de boas estratégias de guerra, os americanos estavam em maior número e tinham um amplo apoio naval e terrestre, o que possibilitou a vitória deles, decretada com o hasteamento da bandeira americana no Monte Surabachi, situada ao sul de Iwo Jima, uma pequena ilha a 750 km² de Tóquio.

A Batalha de Iwo Jima * Soldados americanos segurando uma bandeira japonesa [Wikimedia Commons]

Quando os americanos desembarcaram na ilha no dia 19 de fevereiro de 1945, eles acharam que em apenas uma semana tomariam a ilha. Mas eles estavam equivocados. Os japoneses lutaram o máximo que puderam para defender seu território, lançando mão inclusive de estratégias como cavernas e túneis subterrâneos.

Vale lembrar que que se não fossem por essas cavernas e túneis, os japoneses teriam sido dizimados em pouquíssimo tempo, já que a Ilha de Iwo jima, cujo nome é traduzido como “Ilha Enxofre” era totalmente plana e não havia muitos artifícios nos quais os soldados japoneses pudessem se esconder dos ataques. Havia somente o Monte Suribachi (166 metros de altura), localizado na extremidade sul da ilha.

Através desses túneis secretos, os japoneses conseguiam se deslocar de uma área para outra e assim surpreendiam seus inimigos. O General Kuribayashi que comandou os soldados japoneses em Iwo Jima é considerado um homem brilhante pois suas estratégias de batalha tornaram-se famosas dentre as histórias de guerra.

A 1° estratégia era não lutar acima do solo. Eles lutaram a batalha inteiramente debaixo da terra. Eles cavaram rochas e fizeram uma rede de túneis com cerca de 16 km que eram interligados. A 2° estratégia era chamado de “sem sobreviventes japoneses.” O objetivo não era a sobrevivência e sim o desfecho.

A 3° estratégia era que cada soldado matasse 10 americanos antes que eles próprios fossem mortos. Apesar do ataque e defesa japonesa ter sido muito bem arquitetada, os japoneses perderam a batalha resultando na perda de mais de 21 mil soldados. Os que sobraram (mais de 1000) foram capturados e aprisionados pelos americanos.

A ilha de Iwo Jima ficou nas mãos dos americanos por 24 anos, quando em 1968, o Primeiro-Ministro Eisaku Sato foi aos Estados Unidos, e o presidente Johnson devolveu Iwo Jima e outras pequenas ilhas tomadas na guerra, ao Japão. Todos os anos, veteranos americanos e japoneses retornam à ilha para uma conferência.

As Cartas de Iwo Jima

O filme As Cartas de Iwo Jima (Letters from Iwo Jima) de 2005 foi inspirado no livro de Tsuyuko Yoshido, que narra a Batalha de Iwo Jima sob a ótica do tenente-general Tadamichi Kuribayashi. O filme foi dirigido por Clint Eastwood, que também dirigiu o filme A Conquista da Honra (Flags of our Fathers).

É interessante assistir a esses dois filmes pois cada um deles mostra um ponto de vista diferente. Enquanto A Conquista da Honra mostra a visão do episódio sob a visão americana, As Cartas de Iwojima mostra a batalha sob a ótica japonesa e de seus bravos soldados que lutaram até não restar praticamente ninguém.

Confira o trailer de As Cartas de Iwo Jima

Confira o trailer de A Conquista da Honra

Documentário sobre a Batalha de Iwo Jima

Esse documentário mostra bem como se desenrolaram os acontecimentos da Batalha de Iwo Jima. Pra quem tem interesse nesse assunto, vale a pena conferir.

Quer Aprender Japonês?

3 Comentários

  1. Peterson Silva

    Muito Bom Me ajudou Muito!

  2. Act

    Tudo isso mostra que não há vencedores em uma guerra. Brilhante matéria.

  3. Pingback: Os Túneis Subterrâneos de Okinawa | Curiosidades do Japão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *