10 Ingredientes Muito Utilizados Na Culinária Japonesa

Ingredientes essenciais da culinária japonesa

10 Ingredientes Indispensáveis Na Culinária Japonesa
Se você é dessas pessoas que são apaixonadas pela culinária japonesa, com certeza deve conhecer os principais ingredientes, condimentos e temperos que fazem parte dessa gastronomia tão única, considerada uma das mais ricas e exóticas do mundo. Caso não esteja muito familiarizado, aproveite então para conhecer 10 ingredientes considerados essenciais na culinária japonesa.

1. Shoyu (醤油)

Shoyu (醤油), como é chamado o molho de soja no Japão, é um dos ingredientes mais utilizados em pratos da culinária japonesa. Shoyu é um molho fabricado a partir de uma mistura de soja, cereal torrado, água e sal marinho, fermentando-os com microrganismos Aspergillus oryzae e/ou Aspergillus sojae. Após a fermentação, a pasta é pressionado, produzindo o molho de soja em questão.

Este molho é utilizado para substituir o sal, acrescentar aroma e reforçar a coloração dos alimentos, sendo um condimento tradicional em países da Ásia como Japão, China, Coreia, Tailândia, Indonésia, Malásia, Filipinas, Taiwan, Singapura, Vietnã, Birmânia e outros países. Acredita-se que o Shoyu tenha se originado na China no segundo século aC e acabou se espalhando por toda a Ásia.

No Japão, o Shoyu é classificado em 3 categorias conforme o método de fabricação: honjozo, kongo-jozo e kongo. No Brasil, o Shoyu (molho de soja) pode ser encontrado em supermercados, lojas de produtos orientais físicas ou lojas online como a Konbini – Produtos Orientais.

2. Saquê (酒)

Saquê, ou em japonês Sake (酒) é um vinho de arroz que pode ser consumido como bebida alcoólica ou então utilizado na culinária japonesa. No Brasil, a marca mais conhecida de saquê culinário é a Azuma Kirin da Tozan. Temos o Saquê Culinário comum que é já é muito conhecido, o Saquê Culinário Ryorishu e Saquê Culinário Licoroso Mirin cada um com a sua especificidade.

O Saquê culinário pode ser utilizado para temperar grelhados, cozidos, e também em pratos agridoces e sukiyaki. Tem ampla utilização na preparação de molhos e pratos. Pode ser encontrado em supermercados, lojas de produtos orientais físicas ou lojas online como a Konbini – Produtos Orientais.

3. Mirin (味醂)

Mirin (味醂) é um ingrediente muito presente em diversos pratos japoneses. É um tipo de vinho de arroz, semelhante ao saquê, porém com um teor alcoólico mais baixo. Basicamente, existem três tipos de mirin; o primeiro é o hon mirin que contém álcool; o shio mirin, que contém álcool e 1,5% de sal e o shin mirin que contém menos de 1% de álcool embora conserve o mesmo sabor.

O mirin é muito utilizado para adoçar pratos, reduzir o cheiro de certos pratos que vão peixe ou para dar um aspecto brilhante em pratos com legumes. O Mirin pode ser encontrado em supermercados, lojas de produtos orientais físicas ou lojas online como a Konbini – Produtos Orientais.

4. Miso (味噌)

Miso (味噌), conhecido no Japão como “Missô”, é um ingrediente tradicional da culinária japonesa feito a partir da fermentação de arroz, cevada e soja com sal. O resultado é uma pasta usada em diversos pratos tradicionais, principalmente para fazer a sopa de missô ou missoshiru (味噌汁), dissolvido em água quente, misturado com alguns vegetais e legumes.

O sabor, aroma, textura e aparência de qualquer tipo específico varia do tipo do missô assim como a região e época que o missô foi feito. O Missô pode ser encontrado em supermercados, lojas de produtos orientais físicas ou lojas online como a Konbini – Produtos Orientais.

5. Dashi (出汁)

Dashi (出汁) é considerado o caldo básico da cozinha japonesa, feito a partir do cozimento da alga kombu e do katsuobushi (lascas de bonito seco). O caldo dashi é muito saboroso, podendo ser consumido sozinho ou como ingrediente em diversos pratos da culinária japonesa, especialmente pratos quentes como sopas, ensopados, molhos para massas etc.

É comum as pessoas substituírem a versão caseira pelo caldo industrializado, feito com o pó Hondashi, da Ajinomoto. Isso ocorre porque os ingredientes tais como alga kombu e katsuobushi são caros além de não serem tão facilmente encontrados. O Hondashi pode ser encontrado em supermercados, lojas de produtos orientais físicas ou lojas online como a Konbini – Produtos Orientais.

6. Vinagre de arroz

O vinagre de arroz é muito utilizado na culinária japonesa e asiática em geral. O vinagre de arroz comum é chamado de Komezu (米酢), no entanto existem outros tipos como o Awasezu (合わせ酢), que é um Vinagre de arroz temperado com sal e açúcar e o Kurozu (黒酢), um tipo vinagre de coloração mais escura muito conhecido por causa de seus inúmeros benefícios para a saúde.

O vinagre de arroz é muito utilizado em diversos pratos, especialmente saladas e conservas como Harusame, sunomono, tsukemono, nimono, bem como em marinadas para abrandar os odores mais fortes de certos peixes e frutos do mar. O vinagre de arroz pode ser encontrado em supermercados, lojas de produtos orientais físicas ou lojas online como a Konbini – Produtos Orientais.

7. Ponzu (ポン酢)

Ponzu (ポン酢) é um molho a base de limão ou de outros citrinos, muito utilizado na culinária japonesa. É de sabor muito ácido, com uma consistência fina e aquosa e uma coloração amarelo-clara. Existem variações como o Ponzu shōyu (ポン酢醤油), que é o ponzu com adição de shoyu (molho de soja).

O ponzu é feito ao se ferver em fogo médio o mirin, o vinagre de arroz, os flocos de katsuobushi e a alga (konbu). O líquido então é resfriado e coado para remover os flocos, e acrescenta-se o suco de uma ou mais frutas cítricas como limão, yuzu, sudachi, daidai e kabosu. Este molho é usado em diversos pratos como Chijimi (panquecas coreanas), carnes, hambúrgueres, etc.

8. Furikake (ふりかけ)

Furikake (ふりかけ) é uma espécie de condimento seco geralmente consumido sobre o shiro gohan (arroz branco). Normalmente consiste em uma mistura de peixe seco e moído, sementes de gergelim, amêndoas fatiadas algas, açúcar, sal e glutamato monossódico. Outros ingredientes podem incluir katsuobushi, salmão, shiso, ovo, e legumes. Confira mais detalhes neste artigo aqui.

9. Wasabi (山葵)

Wasabi (山葵) é um tempero em pasta com sabor extremamente forte, muito utilizado na culinária japonesa. Este tempero é feito a partir da wasabia japonica, uma planta que pertence à família das Brassicacea, cultivada nos planaltos de Amagi, península de Izu, Shizuoka, Hotaka e Nagano.

A primeira utilização da raiz-forte japonesa no sushi, em particular no nigirizushi, foi no período Edo, tendo sido um verdadeiro sucesso, sendo generalizado a outros pratos como as massas e arroz ochazuke. Atualmente, a raiz-forte japonesa é usada para acompanhar sushi e sashimi.

O termo wasabi aparece no Honzo-wamyo, 918, o mais velho dicionário botânico, compilado na era Heian (794-1185), referenciando 1025 espécies de plantas japonesas. O wasabi pode ser encontrado em lojas de produtos orientais físicas ou lojas online como a Konbini – Produtos Orientais.

10. Karashi (からし)

Karashi (からし) é um tipo de mostarda usado como condimento ou tempero na cozinha japonesa. É feito a partir de sementes esmagadas de Brassica juncea, frequentemente misturadas com wasabi. O Karashi pode ser utilizado como parte de um molho quando misturado com maionese ou ketchup.

Karashi é servido com diversos pratos como karashinasu, um tipo de conserva de berinjela japonês, assim como peixe, tempurá, tonkatsu, oden, natto e gyoza. Em Kumamoto, um prato popular é o karashi Renkon, que se caracteriza por raiz de lótus recheada com karashi e servida em fatias.

Quer Aprender Japonês?

0 Comentários

  1. Suchi e o predileto deles o tal do peixe cru.

    Shoyu esse molho né o molho choio no Brasil.

    Saquê sejam sinceros digam logo que e cachaça ,pinga.

    Mirin tipo de vinagre

    Ponzu tá na cara que isso e o irmão do azeite de oliva,sendo que o ponzu e feito a base de limão.

    Karashi e o grão de bico ou farinha de milho.

    Me desculpem mais essa planta wasabi ela pastosa tá parecendo bosta de passarinho.

  2. Nanami

    E você é um grande idiota que não tem mais nada para fazer a não ser debochar da cultura dos outros, já que é uma pessoa vazia e sem conteúdo nenhum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *