O Ano Novo no Japão – Rituais do Oshougatsu

nengajo-2017-1

Rituais de Ano Novo no Japão

Como qualquer outro país, o Japão possui suas tradições para a celebração do Ano Novo. Pode-se até dizer que seja o maior evento comemorativo do ano, com uma rica tradição de costumes, decoração e comida. Além disso, para começar o ano com o pé direito, o povo japonês acerca-se de inúmeras superstições e rituais. Confira alguns dos principais rituais japoneses para Oshougatsu.

Hatsumode


Dentre essas tradições e rituais podemos citar o Hatsumode, que nada mais é do que a primeira visita a um Santuário durante o Ano Novo (初 诣). Boa parte dos japoneses procuram ir no dia primeiro de janeiro, embora não seja uma regra.

Outros preferem ir nos dias que se seguem após o Ano Novo, até o fim do Oshougatsu, até para evitar as grandes filas e multidões que se formam nos Santuários e Templos durante essa importante época do ano.

Mas para que os japoneses vão aos Santuários e Templos no Oshougatsu? Simples, para pedir aos deuses por sorte, conforto e saúde para o ano novo que vai entrar. Durante o Hatsumode é muito comum ver mulheres e homens em trajes típicos japoneses, como quimono e hakama, embora não seja uma regra.

Joya no kane


No dia 31 de dezembro à meia-noite, o Ano Novo é recebido pelo Japão com 108 badaladas à partir dos sinos dos Templos Budistas em uma cerimônia chamada como Joya no Kane.

Mas porque 108 badaladas?

Segundo a tradição budista, o número faz referência aos 108 pecados existentes no Homem. O soar das 108 badaladas, para a maioria dos japoneses, até mesmo os não budistas, significa uma forma de purificação e de saudar o Ano Novo que está chegando.

Omikuji (おみくじ)

Nos templos é comum as pessoas comprarem o Omikuji , uma espécie de oráculo, onde ficam espalhados em uma caixa e que são escolhidos aleatoriamente. Nesse papel vem escrito a sorte da pessoa que escolheu. Existem 12 diferentes destinos possíveis disponíveis, variando do muito bom a muito ruim.

A tradição manda que depois de ler sua sorte, as pessoas amarrem o papel da fortuna em paus, cordas, galhos de árvores, etc em algum lugar no terreno do santuário. Por isso que encontramos centenas e até milhares de papeis pendurados nos galhos das árvores próximas aos templos.

Otoshidama (お年玉)

Otoshidama é uma tradição de Ano Novo que as crianças adoram. Mas também não tem como não gostar, afinal elas recebem dinheiro dos pais e parentes, dentro dos tradicionais “envelopes decorados“, conhecidos também como “pochibukuro” ou “Goshugi bukuro”. A quantidade de dinheiro dado depende da idade da criança, mas geralmente é dado o mesmo valor se houver mais de um filho, para que ninguém se sinta menosprezado.

Susuharai e Osouji (limpeza de fim de ano)

No Japão, faz parte da tradição, praticar Osouji e Susuharai, ou seja, fazer uma verdadeira faxina em casas, santuários ou empresas. Para o povo japonês, é primordial começar o Ano novo com tudo limpo, afinal, limpeza lembra purificação e esse processo muitas vezes se inicia com um mês de antecedência.

Esse é o momento para trocar os tatamis, papeis de paredes das casas, das divisórias ou das portas corrediças. As fábricas e empresas também convocam os funcionários para formar um mutirão para fazer o ousouji, dar uma geral, jogar fora tudo que for velho, quebrado e inútil, para que o novo ano comece com tudo limpo e em ordem.

O Susuharai é um ritual de limpeza parecido com o Osouji. A ideia é varrer para fora das casas, empresas, templos e qualquer outro lugar toda a poeira, sujeira, impureza, fuligem. Acredita-se que dessa forma, estaremos varrendo as manchas físicas e espirituais do ano que está por acabar, para então entrar no Ano Novo com o ambiente purificado e com boas energias.

Susu harai é muito mais do que uma simples higiene. Significa purificação e desapego às coisas velhas e inúteis. Portanto, é o momento para jogar água em tudo, limpar todos os cantinhos da casa esquecidos durante o resto do ano e também jogar fora tudo que não for usar e que está encalhado pelos cômodos da casa.

Nengajo (Postais de Ano Novo)

Se no Brasil, temos o costume de mandar cartões de Natal e Ano Novo, no Japão, os costume é mandar Nengajo, uma espécie de cartão postal, (hagaki) com uma ilustração, que pode ser desde personagens japoneses como o símbolo zodíaco do ano que vai entrar, como exemplo, 2017 é o ano do galo, portanto é comum encontrar Nengajo com esse tipo de ilustração como abaixo:

Quer Aprender Japonês?

15 Comentários

  1. Pingback: O Ano Novo no Japão - Comidas do Oshougatsu | Curiosidades do Japão

  2. Pingback: Kakizome, a primeira caligrafia do Ano Novo | Curiosidades do Japão

  3. Pingback: Superstições Japonesas | Curiosidades do Japão

  4. Pingback: Osōji e Susuharai - A grande faxina de fim de ano | Curiosidades do Japão

  5. Pingback: Tennō tanjōbi - Aniversário do Imperador | Curiosidades do Japão

  6. Marcos de Souza

    Eu, simplesmente, AMO o JAPAO.

  7. Japão em Foco

    Oi Marcos!
    \(^_^)/

  8. Pingback: Maratona do Papai Noel em Kyoto | Curiosidades do Japão

  9. Pingback: Nanakusa Gayu - As 7 ervas da Primavera | Curiosidades do Japão

  10. Pingback: Usokae Shinji - Festival contra mentiras e falsidades | Curiosidades do Japão

  11. Pingback: Quimono, os trajes tradicionais do Japão | Curiosidades do Japão

  12. Pingback: Bonenkai - Festa de fim de ano no Japão | Curiosidades do Japão

  13. Pingback: Fukubukuro - As sacolas misteriosas do Japão | Curiosidades do Japão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *